domingo, 22 de abril de 2012

Espelho, espelho meu


Espelho, espelho meu é uma releitura de Branca de Neve e os Sete Anões. A história, contada pela rainha má (Julia Roberts) é leve e com algumas poucas modificações na história original.
Branca de Neve (Lilly Collins) é uma bela garota, órfã e que vive num castelo com sua madrasta má (Julia Roberts). Isolada do mundo, Branca não sabe o que acontece no seu reino que, após o desaparecimento de seu pai, é governado pela sua madrasta.
Ao completar 18 anos e incentivada pela empregada do castelo, Branca de Neve sai para conhecer a realidade do reino e fica assustada com as condições de vida dos moradores.
Decidida a dar um basta naquela situação, Branca de Neve pede ajuda ao belo príncipe (Armie Hammer). Mas mal sabe ela o quanto isso vai lhe custar. Decidida a casar com o príncipe e livrar-se da falência, sua madrasta não medirá esforços para conseguir o que deseja.
Ao lado dos Sete anões, Branca de Neve passa a lutar para ter de volta o trono que lhe é de direito e salvar o reino das garras da rainha má.
O roteiro é original e, de uma forma geral, gostei do filme. Os anões, em minha opinião, são os personagens mais cativantes da história. Gostei de todos, mas confesso que Napoleão, Rango e Tampinha foram os que mais me chamaram atenção. Tampinha foi responsável por arrancar as minhas risadas com seu jeitinho todo especial.
O que não me agradou foi a atuação morna de Lilly Collins. Sei que Branca de Neve é uma das princesas mais apagadas dos contos de fada, mas não precisava apagar tanto a personagem daquele jeito. Nem mesmo nas cenas de ação ela conseguiu se sobressair.
Claro, é uma questão de opinião. Algumas pessoas gostaram da atuação dela, mas para mim, deixou um pouco a desejar nesse quesito.
O figurino é lindo. As cores são vivas e alegres, e os modelos um tanto inusitados. Mas gostei bastante, principalmente dos vestidos da rainha má (que são perfeitos) e do vestido final da Branca de Neve.
Uma dica: ao final do filme tem um clip com a Lilly Collins cantando I believe in love e é muito fofinha a dança dos anões. Vale a pena esperar um pouco para ver.
Alguém já assistiu? O que achou?
Um beijo enorme a cada um de vocês e comentem ;)


7 comentários:

  1. Ainda não assistir, mas pretendo !! *-*

    ResponderExcluir
  2. Oi Neyla!
    Estou muito a fim de assistir esse filme.
    Obrigada pela dica do final do filme, porque o pessoal acende a luz do cinema e se a gente não sabe, vai embora e perde esses extras.
    Beijos... Elis Culceag.
    www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  3. TiTive uma opinião muito...Feia sobre esse filme. Na verdade euNão assisti esperando que fosse grande coisa. E não era mesmo. Achei a atuação da Julia Roberts digna de vergonha alheia, a Lily Collins não tem carisma nenhum e bom...Milhões de outras coisas.
    O filme que eu to esperando mesmo³ é o Branca de Neve e o Caçador, apesar de não curtir nem um pouquinho a garota-de-crepúsculo, mas acho que a Charlize Theron vai ser uma rainha má a altura.
    taiyounorakuen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Neyla,
    No começo eu não estava com muita vontade de assistir essa versão da Branca de Neve, mais como só tenho lido opiniões positivas sobre ela, a minha curiosidade venceu o meu receio, por isso eu assistirei em breve.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  5. Ainda não assisti esse filme, e não sei se vou assistir,rs.
    Pelas resenhas parece meio filme de criança, sei lá..
    Não parece ser mt engraçado,nem diferente. =/

    ResponderExcluir
  6. Olá!!!
    sigo seu blog já faz algum tempo e qro lhe convidar para participar do sorteio de inauguração do meu novo blog, o Tá no Dia a Dia!!! Passa lá e participa, ok???!!1
    bjssss
    http://tanodiaadia.blogspot.com.br/2012/05/sorteio-de-inauguracao.html

    ResponderExcluir