segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Resenha: Do seu lado


Título: Do seu lado
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Fernanda Saads
Número de páginas: 315 páginas

Sinopse: Após um longo tempo de terapia para se recuperar de um fora, Sarah parece estar bem. Quer dizer, ela já recuperou seu peso normal e consegue pensar em outras coisas além de Bruno. O problema é que no fundo ela vive fantasiando o dia em que esbarra com ele na rua e: pimba! Ela está linda e radiante e ele percebe a mancada que deu. Seus planos são simples: reconquistar Bruno e depois dar o troco que ele merece. Mas o destino lhe prega uma peça quando Nestor, seu chefe, pede que ela visite um novo cliente e, de repente, tudo vira de cabeça para baixo. Lá está ela de frente para o seu antigo amor, que parece mais irresistível do que nunca! Enquanto isso, seu melhor amigo, Igor, sempre presente e irritantemente perfeito, não suporta vê-la cair nas garras do bonitão outra vez. Sarah terá que lutar contra os próprios conceitos para descobrir o verdadeiro sentido do amor.

Do seu lado é um daqueles livros com história leve, que te envolvem desde o primeiro capítulo e que a leitura flui de uma forma super natural. Através das páginas, vamos conhecendo Sarah, uma arquiteta sonhadora e cheia de manias, que mora sozinha e trabalha numa empresa de arquitetura, junto com seu melhor amigo, Igor. Um dia, em uma reunião com um cliente da firma que trabalha, reencontra seu ex-namorado, Bruno. O relacionamento deles acabou de uma forma nada amigável. Ela descobriu suas traições e, por conta disso, passou a fazer terapia.  Tudo que Sarah mais quer é se vingar do ex. E vê, nesse reencontro, a oportunidade de reconquistá-lo e poder dar o troco.
Sarah é uma daquelas mulheres que de tanto pensar fixamente em algo, acaba ficando cega para as coisas que estão ao seu redor. Sua fixação em Bruno é tão grande que sua vida vira de ponta cabeça e só após um grande baque, começa a perceber que suas escolhas, antes tidas como acertadas, não são tão certas assim.
Me identifiquei bastante com a personagem (e acredito que muitas mulheres também irão se identificar), suas confusões, seus pensamentos a mil e a forma, um tanto quanto desesperada, como encara alguns fatos de sua vida.
Igor é outro personagem marcante. É o bom moço, educado e extremamente fofo. Acho que toda mulher quer um Igor do seu lado. Ele é extremamente cativante. A relação de amizade entre eles é muito fofa. Ele faz de tudo para agradar, é amigo para todas as horas e agüenta todos os chiliques com a maior paciência.
Outro personagem, como Fátima, uma nova rica e cliente de Sarah, foi a principal responsável pelas minhas risadas no decorrer da história. Com seu jeito extravagante e franco, ela me conquistou desde o primeiro momento e teve um papel muito importante na vida de Sarah.
Do seu lado é um livro gostoso de ler e com uma protagonista que é igualzinha a qualquer uma de nós, o que torna a leitura muito mais interessante. Comecei a ler numa tarde e quando vi já estava na metade do livro. Os capítulos, por serem curtos, dão uma agilidade maior a leitura e a narrativa é tão boa que não dá vontade de parar.
Ri bastante com algumas situações, tive vontade de dar uns tabefes em Sarah, fui compreensiva com ela e suas crises... e, principalmente, torci muito para que ela tivesse o seu tão esperado final feliz. Afinal, como toda e qualquer pessoa, ela merecia o seu.
Recomendo o livro, principalmente para quem gosta de um bom chick lit. Sem dúvida  uma ótima pedida!

6 comentários:

  1. Oi Neyla!
    Eu achei o livro bom.
    Senti falta de maior desenvolvimento de algumas cenas e melhor detalhamento do espaço/tempo, mas foi uma boa distração.
    Beijos... Elis Culceag.
    www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  2. Boa noite,

    Li e resenhei esse livro no blog e gostei demais e compartilho da sua opinião, super recomendado....parabéns pela resenha...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. O livro me surpreendeu bastante, fui lendo e lendo e no final já tinha acabado, ele foi completamente devorado! A personagem acaba nos irritando no começo, com essa obsessão maluca por Bruno, que dês do começo a gente vê que é um canalha! Mas ela precisa disso, precisa quebrar a cara mais uma vez para aprender. E Sarah é daquelas que vão evoluindo ao decorrer da estória.

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Neyla, muito boa a sua resenha! Já ouvi falar desse livro e na Bienal eu vi a autora no stand da editora. Muito simpática. Se eu soubesse que o livro era tão bom, teria comprado e e pedido autógrafo. Comprar eu vou, o autógrafo é que não vou conseguir por hora.
    Um beijo querida, parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  5. Apesar de já ter lido algumas resenhas não tão positivas sobre esse livro, tenho interesse de lê-lo.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  6. Eba seguidor 902. quase nos mil hein...
    Esse livro minha parceira de blog resenhou, muito bom...

    Não conhecia seu blog ainda, conheci através do To Pensando em ler.
    Adorei seu cantinho, te convido a conhecer o meu e me seguir também.

    Me visita?
    Guilherme Kunz
    @guilhermehck
    http://tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir