sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Um Toque Masculino: Eu, Alex Cross


Eu, Alex Cross


Há algum tempo atrás quando li meu primeiro livro de James Patterson, fiz a resenha dele e falei na postagem que ainda esse ano sairia um filme baseado em um dos livros da série do detetive Alex Cross. O filme em questão é  Alex Cross e é claro eu não podia esperar o filme chegar sem antes ler o livro. 

No dia do seu aniversário, em meio a uma festa com a família e seus melhores amigos, o Detetive e Psiquiatra Alex Cross recebe uma ligação perturbadora. Sua sobrinha que não via há anos, Caroline Cross, está morta e o departamento de policia de Washinton tem o corpo... Ou o que sobrou dele após ter passado por um triturador de madeira...
Alex entra com tudo na investigação, controlando sua raiva ao máximo para levar a justiça o assassino da única filha de seu falecido irmão. As pistam o levam para uma série de outras mortes, e a descoberta da uma suposta ligação entre as mortes e vários poderosos figurões americanos, torna essa caça ainda mais perigosa.
Como se isso fosse pouco, Alex tem que lidar com a fragilidade de sua avó, Nana Mama, que sofre de problemas muitos sérios em alguns órgãos internos e acaba entrando em coma.

O detetive Cross está novamente em uma caçada pessoal, dessa vez em território conhecido e não está sozinho.Por não ser o primeiro, muito menos o segundo dessa série, a relação familiar dos Cross pode parecer confusa, assim como suas caracteristicas que não são novamente apresentadas. No entanto isso não vai atrapalhar a leitura de ninguém, esse é o segundo livro que leio e não fiquei com perguntas sobre essas coisas.
Para poder se dedicar totalmente ao caso Alex conta com o apoio de sua namorada, a Detetive Briana, especialmente quando sua avó adoece repentinamente.Com a ajuda de seus contatos, Cross se desdobra para encontrar pistas sobre a morte da sobrinha e cuidar de sua avó que o criou desde a morte dos pais. É descoberto que a sobrinha fazia parte de uma rede de prostituição de luxo e, grandes nomes do governo e magnatas são seus principais clientes. A investigarão se torna mais perigosa quando o FBI se mostra interessado no caso e pior quando um nome é descoberto: Zeus.
É dificil falar de Eu, Alex Cross sem dar grandes spoilers, então vou falar dos detalhes de leitura. A divisão de capítulos curtos e a diagramação aos moldes Dan Brow, feitas pela Editora Arqueiro tornam a leitura simples, rápida e agradável. Alex Cross é um personagem humano, com sentimentos, e com falhas, não uma maquina como estamos acostumados a ler. Seu humor oportuno e seu amor pela familia ajudam a quebrar o lado cruel do livro. O enredo apesar de bastante clichê e previsível em certos pontos, é bem produzido e gostoso de ler. O autor consegue usar a troca de pontos de vistas em alguns capítulos sem confundir o leitor.
Eu, Alex Cross é um livro perfeito para aquela leitura de fim de semana, ou até mesmo lido em viagens curtas, seu tamanho e numero de paginas favorecem o leitor. Além do fato de ser um livro muito bom.
James Patterson e Alex Cross conseguiram me conquistar de vez com essa história, e agora vou ver O Clube das Mulheres contra o Crime em ação em 4 de Julho, e dar meu veredito final sobre Patterson. Como estamos em Setembro, nos vemos assim que eu voltar dessa viagem no tempo. Até mais! (Piada Horrorosa!)

Ace Barros

PS. O filme pelo que parece, apesar de afirmar ser baseado no livro Eu, Alex Cross, contará uma história totalmente diferente da narrada nele.O trailer já está disponível no youtube, e aqueles(as) que já tiverem lido podem ver com seus próprios olhos.

4 comentários:

  1. Ace!
    Arrasando na resenha, hein?
    Gosto muito do estilo desse autor e se tiver oporunidade, ceteza que assistirei o filme, mesmo com enredo diferente.

    Neyla!

    Não, não esqueci de você... é apenas pouco tempo para tantas coisas...
    Vim desejar um início de mes maravilhoso e que todos seus desejos sejam concretizados no decorrer dos dias.
    "A prova mais clara de sabedoria é uma alegria constante." ( Michel de Montaigne )
    MUITO AMOR NO CORAÇÃO!
    Blogueiras Unidas 1275!
    Luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  2. Olá Neyla, desculpe por ter sumido um tempo do seu blog e até do meu, é que eu fiquei sem internet em casa e não podia postar nada novo no meu blog e nem comentar nos blogs que eu sigo, como o seu, mas agora tudo já voltou ao normal.
    Eu tenho muita vontade de ler os livros do James Patterson, não apenas porque ele é muito elogiado mas porque eu adoro suspense policial, e como o filme baseado no livro já está quase saindo agora é o momento perfeito para ler este.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi gente!
    Deste autor só li O Diário de Suzana, ão tive a oportunidade de conhecer o lado policial dele, que sei ser o predominante.
    Fiquei empolgada após ler esta resenha, parece ser um ótimo livro.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. O livro deve ser demais! Já quero muito, muito ler! *-*

    Amei a postagem e o blog, flor. Já estou super seguindo! :)

    Tem sorteio lá no blog de Maquiagens e Esmaltes. Participe! =)

    http://luuhkawaii.blogspot.com.br/2012/08/sorteio-2-kit-de-maquiagens-e-esmaltes.html

    Um beijo, Luuh C.
    luuhkawaii.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir