terça-feira, 16 de outubro de 2012

Um Toque Masculino: O Reino


  Clive Cussler: O Reino


"Os Fargos são especialistas em caçar tesouros e não pessoas. Mas, então, um barão do petróleo de Texas os procura com uma pedido pessoal: um investigador amigo dos Faros estava em uma missão para procurar o pai do barão, porém, agora ele também está sumido. Sam e Remi seriam capazes de procurar pelos dois? Apesar de não ter adicionado muita informação sobre o caso, Fargos concorda em começar a procura.

O que eles encontrarem irá além do que eles imaginaram. Em uma viagem que os irá levar a Tibet, Nepal, Bulgária, Índia e China, os Fargos serão envolvidos com um mercado negro de fósseis, um baú centenário e o ancião do Reino Tibetano de Mustang, um dirigível do século anterior... e um esqueleto que poderia virar a história humana de cabeça para baixo."

A um tempo atrás eu fiz a resenha de outro livro deste mesmo autor, Clive Cussler. O livro no caso era "O Espião" e apesar de gostar, alguns motivos me deixaram a espera de outra obra para me provar o valor do escritor. E a Editora Novo Conceito me deu essa oportunidade com "O Reino".
Igualmente ao livro anteriormente citado, O Reino não é o primeiro livro da série, mas diferente de O Espião você consegue ser introduzido perfeitamente ao universo da obra e criar uma relação maior com o casal aventureiro, os Fargo. Ambos muito carismáticos, Sam e Remi são aventureiros por natureza, fazem o que fazem por amor a história e a emoção, pois são tão ricos que vivem confortavelmente e ainda fazem doações para diversas entidades de caridade e museus no mundo. Apesar de estarem casados a anos, durante todo o livro trocam declarações e elogios, até nos momentos menos propícios a isso, como quando Remi está com o rosto todo arranhado e Sam a elogia. Pode parecer meloso mas é assim que quero ser também daqui a alguns anos casado com a dona deste blog. (Te amo minha vida.)
O bilionário Charlie King, é o responsável por dar inicio à aventura do casal ao pedir um favor pessoal: encontrar um amigo dos Fargo, o investigador Frank Alton, desaparecido enquanto tentava descobrir o real paradeiro do pai de King, desaparecido há pelo menos 30 anos. Os Fargo aceitam o caso, mas não imaginavam que iriam deparar-se com muito maior e que seu "contratante" não era quem aparentava ser, muito menos o restante da família.
O livro segue um ritmo de aventura com bastante emoções e se assemelha a um filme de aventura clássico como Indiana Jones, As Minas do Rei Salomão e A Múmia. Clive descreve cenas, diálogos, cenários e até os cortes e transições de cena de uma forma dinâmica que acaba fortalecendo a impressão de que estamos vendo um belo filme. Acabamos viajando por varias culturas e lugares a cada passo que os Fargo dão em busca do segredo escondido na obra, e as partes investigativas e históricas conseguem nos prender. Apesar de seguir a narração em terceira pessoa e incluir alguns capítulos com foco no vilão, Clive consegue manter o dinamismo e não cai no padrão que costumo chamar de padrão "Dan Brown".
Posso afirmar que depois de terminar o livro finalmente consigo ver a razão de tantos elogios ao autor. O Reino é uma aventura muito divertida e altamente recomendada, mesmo para aqueles que não curtem o gênero. Então preparem seus equipamentos e partam com o casal de explorados mais legal de todos e até a próxima.

Ace Barros

Notaram algo diferente nessa postagem? É, eu também, mas não sei o que foi.

7 comentários:

  1. Boa noite,

    Esse livro esta na minha lista de espera e estou bem curioso...paabéns pela sua resenha...tem resenha nova no blog...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ace!
    Muito boa resenha.
    Estou com o livro aqui para leitura e agora vou dar prioridade.

    Valeu!

    Luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Como assim Padrão Dan Brown?? aoskdoas rashei.. achei que esse livro era estilo Scotland Yard... mas adorei a resenha.. e quero ler assim que possivel... queria na verdade o kit da NC... mas vou aguardar.. beijos..

    Me visita?
    Guilherme Kunz
    www.tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li “O Espião”, mas parece que “O Reino”, tem um enredo mais interessante.
    Adorei o banner novo, vai mudar o layout também?
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim, sim. Olha! Já está no ar o novo layout!

      Excluir
  5. Coments Respondido em http://tematoa.blogspot.com.br/2012/10/cinquenta-tons-de-cinza-e-l-james.html
    Me visita?
    Guilherme Kunz
    www.tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ótima resenha!
    Ainda não tinha visto este livro, mas gosto do gênero e me interessei.
    Só a capa que não me agradou muito.

    ResponderExcluir