quinta-feira, 14 de março de 2013

Nós Vimos... - Oz: Mágico e Poderoso




Ace: O post de hoje é um pouco diferente, ele foi feito a quatro mãos e contendo duas opiniões sobre o mesmo filme. Achei que seria interessante tentar algo assim e logo a seguir vão poder ver no que deu. Mas primeiro eu, Ace, vou deixar meu amor falar um pouquinho.

Neyla: E eis que em um belo sábado ensolarado, decidimos ir ao cinema. Não tínhamos nada em mente, mas acabamos escolhendo um filme que havíamos visto o trailler e que parecia ser bem legal: Oz: Mágico e Poderoso. Não estávamos esperando muito do filme (traumas do último filme que vimos e que foi um fiasco), mas ele se revelou uma boa diversão.

Ace: Então este bom rapaz aqui se pergunta: sobre o que é o filme? Então: Oscar Zoroaster Phadrig Isaac Norman Henkel Emmannuel Ambroise Diggs ou Oz, é o mágico de um pequeno circo itinerante do Kansas, e vive usando seus truques para impressionar as pessoas e conquistar as mulheres. Oz é um homem egoísta que acredita estar além da realidade medíocre em que se encontra, até um amor de seu passado o encontra e vemos que o homem ainda tem coração. Contudo uma confusão, causada por uma de suas muitas investidas românticas por aí, o obrigam a fugir do circo voando em um balão.
Após uma estranha viagem o mágico tem uma chance de reconstruir a vida no mundo encantado de Oz.  Lá ele encontra o que mais gosta,  lindas mulheres, riquezas e uma certa "profecia" sobre a se tornar rei. Mas as coisas não são tão fáceis quanto parecem e Oz acaba descobrindo que sua aventura naquele mundo mágico está começando.

Neyla: Eu estava sem saber o que esperar da história. Nós sabemos muito bem o quanto um trailler pode ser ilusório. Eles nos mostram o filme de uma forma que você pensa: "Não posso deixar de assistir por que esse filme vai ser demais!". Aí, quando assiste, acaba se decepcionando por que não era nem um terço daquilo que parecia ser (é, eu estou traumatizada). Com Oz foi diferente. O trailler não conseguiu passar muito da história e quando comecei a assisti me surpreendi.
Aí você se pergunta: "E por que você falou que viu o trailler e achou legal?". Minha resposta com certeza vai soar infantil, mas é a pura verdade: "Vi o trailler em 3D e fiquei que nem criança, encantada por aquele cenário lindo".
Com uma história que parece ter saído de um livro de contos de fadas, vamos conhecendo um pouco mais sobre o reino de Oz e seus habitantes que vivem assombrados por uma bruxa má. Somente o poderoso mágico seria capaz de destruir a bruxa e manter a paz do reino.
Logo ao chegar, Oz encontra Theodora, uma jovem ingênua e irmã de Evanora, a bruxa do Leste. É através de Theodora que ele fica sabendo de tudo que acontece em Oz e sobre Glinda, a bruxa do Sul, que matou o próprio pai e que vive a assombrar o reino de Oz.
Sendo considerado aquele que viera para salvar o reino, Oz parte em sua busca pela bruxa do Sul junto com Finley e é a partir daí que a história começa a desenrolar de verdade.
Gostei bastante da parte gráfica do filme e dos cenários belíssimos. 


Ace: Para mim, a atuação de James Franco como Oz é um espetáculo a parte. Franco tem a cara exata para um adorável trapaceiro que o personagem tanto necessitava, as expressões faciais e o "sorriso de homem que não presta"  dão ao personagem um tom cômico mesmo quando está aprontando uma das suas.
Os personagens de computação gráfica roubam as atenções quando estão em cena. O carisma de Finley, o macaco alado, e da boneca de porcelana deixa os outros personagens para trás da tal forma que o Ace saiu do cinema querendo um macaco alado para si. Já as atuações femininas não foram tão bem e a Neyla vai dizer porque.

Neyla: Sinceramente, nunca vi três mulheres tão apáticas em cena. Faltou carisma e uma boa dose de emoção na atuação das três, em especial de Glinda, que estava sempre com a famosa “cara de paisagem”. Apesar de ter porte de princesa e um rosto bondoso, esperava um pouco mais de audácia e atitude. 


Ace: Chato como sempre sou separei alguns pontinhos: o roteiro não me pareceu muito bem trabalhado e alguns personagens da primeira etapa da trama aparecem e somem sem muita explicação. Mas a história se mantém redonda, carregada de humor e diversão. Os efeitos digitais são muito bem produzidos e trazem para Oz um aspecto fantástico e alienígena, no sentido real da palavra. Nós não vimos o filme em 3D, mas dava pra perceber onde os efeitos eram aplicados mesmo numa sala convencional, e apostamos que a experiência de ver em uma sala dessas deve ser ainda melhor.

Neyla: Existem várias cenas das quais eu, Neyla, gostei;  as do início do filme, com Oz apresentando-se no circo, e a da batalha final foram as melhores em minha opinião. Achei extremamente engenhosas as soluções encontradas pelo mágico para derrotar as bruxas.
Oz é um filme leve, bem infantil, até mais do que eu imaginava que fosse, e isso é um ponto a ser levado em consideração na hora de decidir assisti-lo. Não vá esperando cenas mais fortes, por que não vai encontrar.
Ace: Concordo. Para mim, Oz foi um filme bem agradável e divertido. Sorri e e quase chorei (sim sou do tipo emotivo), mas a falta de ação diminuiu o sabor da sopa mágica que estava sendo fervida neste caldeirão. Por fim, recomendo que se quiserem assistir vão sem pretensões e aproveitem o show.

Neyla e Ace Barros

7 comentários:

  1. Oie,
    o filme parece ser bom, mas não achoh que iria no cinema para vê-lo rs

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Neyla e Ace! :)

    Ah, estou louca para assistir este filme, desde que começaram as filmagens. Espero que seja tão bom quanto eu espero.
    Que pena que o roteiro deixou a desejar. =/

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ainda não tive a oportunidade de ver esse filme. Gosto de versões atuais de histórias que marcaram a minha infância, mas da última vez que fui ao cinema fui ver Dezesseis Luas. Preciso, obrigatoriamente, vê-lo e enfim, estou me perdendo em minhas considerações devido a euforia para ver o filme. - Felipe (A Hora do Livro)

    ResponderExcluir
  4. Gostei do modo interativo de vocês na postagem. Não sei se iria ver o filme, pois não é bem meu estilo, gosto de algo mais com ação, mas gostei da analise de vocês dois, deu para ter uma ideia ampla do que esperar do filme ;)

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  5. Estou bem curiosa para assistir OZ, acredito que irei me divertir bastante.
    Gostei da resenha *-*

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de assistir Oz, mas tenho medo de me decepcionar =/
    Gostei desse tipo de postagem, foi legal, interativa e nada confusa >.<
    Bianca
    http://umuniversofantastico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ahnn que legal, da até pra imaginar Neyla e Ace, um de frente pro outro, discutindo suas opiniões. Com vocês se cumpriu aquele texto "Namore um cara (ou) menina que lê" Muito bom isso, parabéns para os dois.

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir