segunda-feira, 15 de abril de 2013

Resenha: A escolha





Título: A escolha
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Nicholas Sparks
Número de páginas: 303 páginas











Sinopse: Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?

Eu adoro Nicholas Sparks e isso não é segredo pra ninguém. Como uma grande fã de romances, eu simplesmente viajo nas páginas de seus livros e suspiro com suas histórias de amor. Sou daquelas que chora, que ri, que torce pelo final feliz e que, quando o final não é tão feliz assim, se revolta e diz: "Não acredito que isso aconteceu!" Até hoje eu nunca tinha ficado sem derramar litros de lágrimas em um livro do Nicholas Sparks. Mas aí... eu li A escolha e tudo mudou!
Gabby e Travis são vizinhos e se conhecem de uma forma não muito agradável: suspeitando que o cachorro de Travis (um boxer chamado Moby) tenha engravidado sua collie (Molly), Gabby parte para cima do vizinho com acusações. Extremamente fora de si, ela acusa o vizinho de irresponsabilidade por deixar o cão dele solto e ele ter engravidado sua cadelinha. Fora de si, ela mostra-se surpresa ao notar que Travis diz ter absoluta certeza de não ser Moby o responsável pela gravidez de Molly.
Ao levar Molly ao veterinário, Gabby descobre que Travis é veterinário e que a razão dele ter tanta certeza de que Moby não é o responsável pela gestação de sua cadelinha é pelo fato dele já ser castrado. Totalmente envergonhada, Gaby se dá conta do quanto foi injusta tirando satisfações de Travis sem ao menos dar a ele a chance de se defender.
Por conta da gestação de Molly, ambos começam a se falar com mais frequência até que dão início a uma amizade. Gabby mudou-se a pouco tempo para a cidade. Trabalha em um hospital, namora Kevin e sonha em casar. Travis é veterinário, solteiro e ainda não encontrou uma mulher especial que o faça pensar em casamento. Juntos, eles dão inicio a uma amizade que, mais adiante, torna-se amor. E juntos, constroem uma relação sólida, que nem mesmo a uma grande adversidade é capaz de destruir..
A história é muito bonita e o clima de romance está presente em todas as páginas, como em toda história criada por Nicholas Sparks. O problema é que eu não consegui me envolver com a história, nem com os personagens. Por mais fofo que seja a relação entre Gabby e Travis, eu não consegui me apegar a eles, nem nutrir algum tipo de simpatia. Em suma, não me envolvi tanto como esperava e isso contou muito na minha avaliação.
Não é que a história seja ruim. Não é. Ela é linda, com um drama forte e um final que surpreende por fugir ao padrão Nicholas Sparks. Eu fiquei extremamente surpresa com o desenrolar da trama. Mas faltou algo mais para mim. Nem mesmo as cenas de mais forte emoção conseguiram arrancar uma lágrima sequer minha e isso foi um pouco decepcionante.
Quero deixar claro que recomendo a leitura. Como já afirmei antes, a história é belíssima e tenho certeza de que agradará a todos aqueles que são fãs de um bom romance. Não funcionou comigo, mas pessoas próximas a mim  (que eu emprestei o livro) leram e amaram o livro. Acredito que não estava numa fase favorável à leitura, talvez em um outro momento a leitura poderia ter me agradado mais.
Tudo que posso dizer é que leiam e tirem suas conclusões. É uma história de amor linda, uma lição de vida e que, com certeza, vai surpreender você.

11 comentários:

  1. "A Escolha" é meu livro preferido do Nicholas Sparks. *-* (Um dos poucos, porque acabei enjoando das histórias dele =/)
    Engraçado, este também não me fez chorar muito. Apenas algumas lágrimas aqui e ali. Haha
    A história é realmente linda! O Travis é fantástico.
    Ótima resenha, Neyla!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    menina eu tenho trauma de Nicolas Sparks rsrsrs Todos os livros dele são depre total.

    Mas gostei da sua sinceridade qto ao livro, mas acho que não leria.

    bjos

    http://blog.vanesasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Até hoje, só li um livro de Sparks, 'O melhor de mim', já leu? Achei muito emocionante e me surpreendi no final, acho que é um dos livros que mais chorei. To pra ler 'Diário de uma paixão' que deve ser lindo também. Fiquei com bastante curiosidade para ler apesar da história não ter me chamado muito a atenção quanto as outras. Adorei a resenha :)
    Beijão ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dinha!
      Já li sim O melhor de mim e ameii! Diário de uma paixão é o meu preferido, cada virada de página eram litros de lágrimas. Para mim, ele foi PERFEITO! Espero que vc goste também :)
      Beijos

      Excluir
  4. Comentei tem poucos dias em uma resenha do mesmo livro, achei que tinha sido aqui. alkmslakms Enfim...
    Flor, esse livro em incomodou quando o Nicholas dividiu maldosamente em duas partes o livro, quero dizer, ele deixou a primeira parte muito doida, muito grande, e a segunda, que ao menos para mim foi a melhor, em pouquíssimas páginas!
    Mas o livro é muito bom, um dos meus preferidos!
    Clicando Livros

    ResponderExcluir
  5. Concordo com você a história é muito bonita, mas, não simpatizei com os personagens por isso acho que junto com O Milagre, A Escolha foi o livro de Sparks que menos gostei.

    ResponderExcluir
  6. Sempre digo que vou ler um livro do NS, mas acabo adiado, este em particular me chamou a atenção pelo fato do final, como você disse ser diferente; Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Se faltou alguma coisa para você, para mim não falta nunca, kkkkk. Pensa numa fã puxa-saco!!!
    Amo Nicholas, então fica difícil achar algo de ruim. Tipo, fico meio cega mesmo. Não consigo criticar, é mais forte que eu.

    Adorei a resenha, como sempre!!

    Ah! Indiquei você numa TAG lá no blog. Vou ficar feliz se você comentar e fizer também, claro!!

    http://topensandoemler.blogspot.com.br/2013/04/tag-arco-iris-literario.html

    Bjkasssss

    ResponderExcluir
  8. Adoro Nicholas, apesar que já está um pouco manjado este tipo de entredo né? Sempre tem uma doença e bla bla bla... Mas gosto da maneira como ele valoriza a família!!!

    ResponderExcluir
  9. Adoro Nicholas <3 Louca para ler esse livro!

    ResponderExcluir
  10. Gostei desse livro, mas ele não me arrebatou. Como você disse, faltou algo... O problema com Nicholas é que alguns de seus livros são realmente ótimos, então, ao menos no meu caso, quando pego uma obra para ler, sempre faço grandes expectativas, só que às vezes, a trama não é tão satisfatória assim... Mas de todo modo, não consigo deixar de ler Nicholas, e a cada lançamento, lá estou eu, correndo para adquirir o livro, o mais rápido possível..... Acho que só me refreei um pouco após ter lido "O Melhor de Mim", que detestei.....Então, demorei a comprar o próximo livro que foi lançado, mas depois disso, o ritmo voltou a ser o usual.....

    ResponderExcluir