segunda-feira, 8 de abril de 2013

Resenha: Preces e Mentiras




                                                          

Título: Preces e Mentiras
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Sherri Wood Emmons
Número de páginas: 366 páginas
Onde comprar: 









Sinopse: Quando Bethany, de 7 anos, conhece sua prima de 6 anos, Reana Mae, é o começo de uma relação desajeitada que salva ambas de uma solidão profunda. Todo verão, Bethany e sua família vão de Indianapolis para West Virginia’s Coal River Valley. Para a mãe de Bethany, essas viagens até lá a lembram de sua infância pobre e composta por minas de carvão, um lugar do qual ela desejou escapar. Mas seus amados familiares e a amizade de Bethany e Reana Mae continuavam trazendo lembranças. Mas conforme Bethany cresce, ela percebe que a vida nessa comunidade pequena e unida não é tão simples quanto pensava... que as cabanas na beira do rio, que guardam muito da história de sua família, também geram fofocas escandalosas... e aqueles mais próximos a ela guardam segredos inimagináveis. No meio das florestas densas e da beleza silenciosa do vale, esses segredos estão finalmente sendo revelados, com uma força suficientemente devastadora para acabar com vidas, fé, e a conexão que Bethany pensou que duraria para sempre.

Sempre achei difícil falar a respeito de um livro que gostei bastante. Na maioria das vezes tem muito a ser dito e, no final, não consigo passar nem metade daquilo que achei sobre o livro. Provavelmente isso irá acontecer falando sobre Preces e Mentiras que, por enquanto, é o queridíssimo do ano! Eu amei o livro de tal maneira que sempre que posso, pego ele para ler algum trechinho, só para "matar saudades". 
Bethany é uma garotinha adorável. Ela tem 3 irmãs mais velhas e, todas as férias de verão viaja para West Virginia com sua família. Lá, à beira do rio, moram os parentes de sua mãe, entre eles Jolene e sua filhinha Reana Mae, que é grande amiga de Bethany.
A amizade entre as duas é muito lindinha. Durante as férias, são companheiras de brincadeiras e, após o retorno da família de Bethany a seu lar, as duas trocam cartas. O laço entre ambas é bem forte e eu as via como irmãs.
A família de Reana não é tão bem estruturada quanto a de Bethany. Enquanto a segunda tem uma família sólida, moldada nos bons princípios, Reana tem como exemplo uma mãe que bebe, fuma, veste-se de forma vulgar e "flerta" com outros homens, e um pai que está sempre ausente, trabalhando em outras cidades. Reana é uma garotinha pequena e magricela, muito introspectiva e que sofre maus bocados nas mãos de Tracy, uma das irmãs de Bethany. Apesar de sua aparência angelical, Tracy nada  mais é do que um espinho em forma de flor. Dissimulada e com um temperamento que é pura maldade, Tracy logo despertou minha fúria e não teve nada que me fizesse ter simpatia por ela.
Conforme o tempo passa, a amizade entre Bethany e Reana vai se consolidando cada vez mais. Porém, Reana vai mudando, muito do seu cotidiano passa a interferir em sua vida e ela passa a se tornar uma mini Jolene, com suas roupas curtas e apertadas.
A partir do ponto de vista de Bethany (que é a narradora da história), vamos conhecendo um pouco do drama vivido pelas famílias de ambas, descobrindo segredos e, no meu caso, criando laços fortes de afeto pelas duas garotas. Através das páginas, vamos acompanhando o desenvolvimento das personagens, até chegarem a adolescência e, posteriormente, à idade adulta. 
O livro aborda temas bem delicados e a leitura é simplesmente maravilhosa. Eu não conseguia parar de ler e me vi totalmente inserida na história. A narração em primeira pessoa dá uma maior mobilidade e os capítulos, apesar de não serem curtos, são divididos de uma forma que após terminar um ia correndo para o outro, para saber o que aconteceria.
Como falei antes, eu AMEI o livro! Quando comecei a ler não esperava muito dele, mas ele me ganhou logo no primeiro capítulo. Esse é o primeiro livro da Sherri Wood Emmons e me ganhou por completo. Com certeza irei acompanhar outros trabalhos da autora já que, em minha opinião, ela soube conduzir com maestria, uma história sensível e emocionante.
Super recomendado!

9 comentários:

  1. Também tenho muito receio em falar de um livro a qual gostei bastante, pois fica aquela sensação de que queremos falar mais e mais, e o pouco que escrevemos parece não chegar aos pés da leitura, rsrs. Enfim, estou com o livro e agora com a sua ótima resenha, estou mais ansiosa para lê-lo ;D

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  2. Eu não tinha solicitado este livro. Mas não resisti e solicitei esses dias, justamente por causa de uma outra resenha que eu nem lembro onde vi. Não me chamou a atenção a sinopse, porém as resenhas são ótimas.
    E a sua só me deu mais certeza que vou gostar do livro.
    Linda!
    Eu gosto desses temas mais delicados, irresistível!!

    Bjkassssss

    ResponderExcluir
  3. Oi Flor
    Estou morrendo de vontade de ler!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Desde que lançou esse livro que eu quero ler, agora me deu mais vontade ainda. Eu também passo sempre por isso, quando gosto muito do livro e vou fazer a resenha fica aquela sensação de que não consegui passar o quento o livro é bom e o leitor deve ler também.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olhando a capa e lendo a sinopse eu não tinha vontade de ler, mas depois de ler a sua resenha fiquei super curiosa, gosto de livros com o nível de trama e drama que esse livro parece ter.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Neyla,

    Esse livro esta na minha lista de espera e depois da sua resenha fiquei ainda mais curioso...parabéns...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie,
    nossa que bom que gostou tanto do livro, eu ainda não tive a chance de lê-lo e confesso que pela capa ele não me chamou atenção, mas agora que li sua resenha fiquei curiosa rs

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Esse livro ainda não tive oportunidade de ler
    Mas sempre falam tão bem dele
    E sua resenha não nega isso

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Estou com muita vontade de ler essa história.... No início, quando o livro foi lançado, não dei muita importância para ele não, mas, lendo uma resenha aqui, outra ali, minha opinião foi mudando.... Adorei a resenha e, certamente, vou ler o livro

    ResponderExcluir