terça-feira, 2 de abril de 2013

Um Toque Masculino: Filhos do Éden - Herdeiros de Atlântida







Título: Filhos do Éden - Herdeiros de Atlântida
Editora: Verus Editora
Ano: 2011
Autor (a): Eduardo Spohr
Número de páginas: 476
Onde comprar: EXTRA - CASAS BAHIA - BUSCAPÉ




-
Após o sucesso de A Batalha do Apocalipse e acompanhar as respostas positivas dos fãs com aquele cenário fantástico, o escritor Eduardo Spohr decide expandir sua criação. Porém o autor opta por não continuar o primeiro livro, mas sim criar coisas novas naquele cenário. Daí surge a série spin-off Filhos do Éden. E tudo começa em Herdeiros de Atlântida.

"Há uma guerra no céu. O confronto civil entre o arcanjo Miguel e as tropas revolucionárias de seu irmão, Gabriel, devasta as sete camadas do paraíso. Com as legiões divididas, as fortalezas sitiadas, os generais estabeleceram um armistício na terra, uma trégua frágil e delicada, que pode desmoronar a qualquer instante.
Enquanto os querubins se enfrentam num embate de sangue e espadas, dois anjos são enviados ao mundo físico com a tarefa de resgatar Kaira, uma capitã dos exércitos rebeldes, desaparecida enquanto investigava uma suposta violação do tratado. A missão revelará as tramas de uma conspiração milenar, um plano que, se concluído, reverterá o equilíbrio de forças no céu e ameaçará toda a vida humana na terra.
Juntamente com Denyel, um ex-espião em busca de anistia, os celestiais partirão em uma jornada através de cidades, selvas e mares, enfrentarão demônios e deuses, numa trilha que os levará às ruínas da maior nação terrena anterior ao dilúvio – o reino perdido de Atlântida."

Uma dupla incomum é enviada a terra para trabalhar juntos em uma missão dada pelo Arcanjo Gabriel. Levih, um ofafim, um pacífico anjo da guarda, e Urakin, um querubim, um anjo guerreiro, precisam encontrar a capitã rebelde Kaira, uma ishin, uma casta de anjos que controlam elementos, e concluir a missão dada a ela antes de seu desaparecimento. Mesmo tão diferentes a dupla mantém uma relação bacana e equilibrada. E ao enfrentarem opositores no inicio da jornada descobrem que algo de errado está acontecendo.
Rachel, uma feliz estudante universitária tem dinheiro, o namorado que sempre desejou, e embora os pais sejam ausentes a vida é muito boa. Exceto por pesadelos que vem tirando-lhe o sono. No entanto tudo muda quando Levih e Urakin entram em sua vida para protegê-la  de anjos que querem lhe fazer mal e fazê-la lembrar de quem realmente é e o que havia descoberto que é tão importante para o inimigo. Para isso precisam confiar em um querubim exilado Denyel, servo do inimigo Miguel, um sujeito de caráter questionável, mas que por viver a muito tempo na terra conhece vários segredos.
Além da trama principal existe outra trama ocorrendo durante todo o livro, a história do Primeiro Anjo, mas a mesma só deve fazer sentido ao decorrer da série, pois há muita informação escondida.
-
Kaira, Denyel, Levih e Urakin - Arte de André Ramos
-
Diferente do primeiro livro do autor que é repleto de explicações e ambientação mais complexa, por ser um livro que precisava apresentar um cenário rico em detalhes e contar uma história, Filhos do Edén tem mais liberdade para desenvolver a trama e os personagens. Cada um dos protagonistas tem características diferentes, mesmo os de mesma casta, e mais evidente entre os de castas diferentes. Além disso todos os anjos apresentados neste livro são mais humanizados, mais frágeis, em comparação aos poderosos de A Batalha do Apocalipse. Levih é extremamente agradável e social, um personagem carismático e cativante, diferente do rude companheiro Urakin que mais parece uma parede. Kaira é a mais humana do grupo por conta da vida que levou como Rachel. E de frágil se torna forte e determinada no decorrer da história. Denyel é o tipico bad boy de filmes americanos, que por sinal usa como referência para a vida que leva em seu exílio, incluindo cheio de vícios humanos e comportamento duvidoso que algumas mulheres até podem achar sedutor (digamos que Denyel é aquele tipo bom cafajeste). 
Todo o desenrolar da história lembra muito um roteiro de cinema com ação, aventura, romance, e companheirismo. Tudo sem abandonar a linha principal do livro, o mistério de Kaira e tudo que o envolve. Pode parecer apenas que estou sendo chato como sempre, mas entrar mais profundamente nos detalhes sem estragar a leitura é difícil. Ainda mais quando falamos de algo que gostamos, e Herdeiros de Atlântida é um desses casos. É difícil não gostar de um personagem ou não se chatear com o desfecho de alguns deles. 
Acredito que Eduardo Spohr tenha evoluído bastante de um livro para o outro na questão de narrativa e apesar de ainda caprichar nos detalhes, principalmente os históricos, a leitura é mais fluida do que em A Batalha do Apocalipse. Esse é um daqueles livros que você pode ler ou presentear alguém sem medo, pois a diversão é garantida, e tenho certeza que tem alguém aí que concorda comigo.
Até a próxima, e que os anjos estejam contigo! Se estiver preparada (o) para uma aventura é claro.

Ace Barros

11 comentários:

  1. Flor!
    Não tinha me interessado pelo livro, mas sua resenha me fez pensar em ler!

    Tem meme para você no blog
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Eu até pensei em comprar esse livro outro dia, mas não comprei. Agora me arrependi. Eu li o outro livro e até gostei da história, mas do livro não. Achei a leitura tão difícil, as passagens do tempo eram muito rápidas e eu demorava para me situar. Se esse tem mais detalhes dos ambientes e personagens acho que vou gostar mais.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já li os 2 livros do Eduardo, ABDA e FDE e sou fã desse escritor, amei os 2 livros. As histórias são bem detalhada, você sente que está no cenário que ele está descrevendo. Em FDE apensar de ter o mesmo cenário de a ABDA, eles são bem diferente, a história caminha por um outro rumo, e a gente nota que a história é mais focada nos personagens e não exatamente na guerra. E é realmente difícil falar sobre o livro sem soltar spoiler, na minha opinião o livro é muito bom e vale a pena. E posso dizer que o Ablon tem uma pequena aparição em FDE.
    Bjus!

    ResponderExcluir
  4. Ai que medo. Não me bata por favor.
    Eu comprei o primeiro livro e nem consegui terminar de ler. Sério. Gosto muito do autor, que é um fofo, mas não gostei do primeiro livro dele, aí eu nem tive vontade de ler este.
    Achei a capa bonita e tudo mais, só que ainda não deu aquele tcham necessário para ler o livro.
    Enfim, sua resenha está perfeita, iluminada eu diria. Só me faltou o tcham, mas isso não é culpa sua, é da lua!! rs

    Bjkasssss

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Eu não sei se realmente quero ler esse livro. Muitos criticam muito e até dizem que o primeiro livro é cansativo.
    A premissa parece ser legal, mas nada que me deixe desesperado.
    Bom saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Esse livro parece ser bem legal, eu ainda não li o primeiro, mas já vi resenhas positivas e outras nem tanto. Então estou na dúvida ainda, mas se surgir a oportunidade de ler a obra, com certeza vou ler ;)
    Parabéns pela resenha
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  7. Oie querida,
    li esse livro faz pouquinho tempo e gostei bastante. Achei ele um pouco previsível e como vc disse alguns detalhes ele ignorou, mas realmente a leitura flui bem :)

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro
    Mas parece ter uma historia bem emocionante
    Vou procurar saber mais ;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu quero muito ler este livro *-* a estória parece ser incrível.
    Beijos

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Bom dia,

    ão tenho muita curiosidade em ler esse livro, mas a sua resenha ficou ótima...parabéns...açs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu adoreeeeeei esse livro! Estou super ansioso para a sequencia *-*

    ResponderExcluir