segunda-feira, 8 de julho de 2013

Resenha: Luxúria












Título: Luxúria
Editora: Lua de Papel
Autor (a): Eve Berlin
Número de páginas: 281 páginas


Sinopse: Quando achava que era hora de parar... Ela então pediu por mais... Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto - e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade - é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita - uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles.

Quem acompanha o blog sabe que gosto muito de romances mais hots, desde que tenham uma história por trás de toda pegação. Confesso que andava um pouco decepcionada com os livros eróticos que li e, quando comecei a ler Luxúria, estava um pouco receosa. Mas o livro conseguiu me surpreender.
Dylan é uma famosa escritora de romances eróticos e está fazendo uma pesquisa para o seu novo livro, onde falará sobre sadomasoquismo. Durante uma entrevista, ela consegue o contato de Alec Walker, um dominante. No primeiro encontro já há faíscas e o leitor meio que pressente o que virá no decorrer das páginas. Alec é um homem extremamente atraente e do tipo que exala masculinidade e segurança. Diante dos questionamentos de Dylan, ele propõe que ela vá um pouco além nas suas pesquisas e se submeta a ele, para que possa escrever com mais precisão sobre o ato sadomasoquista.
A proposta é tentadora, porém Dylan é uma daquelas mulheres acostumadas a estar sempre no comando e a ideia de se submeter a um homem, mesmo que seja Alec, a deixa um pouco receosa. Porém, com a curiosidade e desejos aflorados, ela não resiste e acaba se entregando a uma experiência que vai mudar muita coisa em sua vida.
A paixão entre eles é algo que vai aflorando com o tempo e não daquela forma instantânea que estamos acostumados a ver em alguns romances, sejam eles eróticos ou não. Esse foi um dos pontos que mais me agradou. Há o interesse inicial, afinal estamos falando de duas pessoas atraentes, mas é só com o passar dos tempo que a paixão vem à tona. Ambos possuem seus medos e frustrações, portanto costumam ficar na defensiva na hora de expor um pouco mais de si um para o outro. Dylan é sensível, muito embora mostre sempre a aparência de uma mulher durona e segura de si. Alec, por trás da fachada de homem sedutor, tem um coração generoso e é um cavalheiro. Juntos eles formam um casal que é fofo e, ao mesmo tempo, explosivo (principalmente na cama).
As cenas de sexo são quentes e bem detalhadas. Na verdade, a escrita de Eve Berlin é extremamente detalhista, mas os detalhes não deixam a leitura cansativa. É um livro rápido de ler, que possui uma narrativa boa e personagens que são cativantes. Esse foi o primeiro livro da Eve Berlin que li e gostei bastante.
Como falei acima, o livro me surpreendeu. Não é nenhuma história excepcional, mas também não é daqueles livros "mais do mesmo", onde tentam te enfiar goela abaixo um casal que mal se conhece e já se apaixona perdidamente. As cenas de sexo também são mais fortes, afinal estamos falando de sadomasoquismo, mas não chegam a ser pesadas demais. Apesar de ser um dominante, Alec é um cavalheiro e não um grosseirão que está disposto apenas a ter sua boa dose de prazer. Ele se preocupa com Dylan, cuida dela e a orienta sempre que necessário. Um lindo!
Recomendo o livro para quem curte histórias com muitas cenas eróticas. 

11 comentários:

  1. Bom dia Neyla,

    Esse livro não faz meu estilo de leitura...mas sua resenha esta ótima..parabéns...abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ai amiguinha! Gostei muito da sua resenha, mas ainda não me convenceu.
    Não consigo gostar desse tipo de leitura.
    Enfim, a resenha está perfeita!

    Bjkassssssss

    ResponderExcluir
  3. Olá,tudo bem?
    Eu nunca fui muito fã de romances hots, mas quando encontrei o livro pensei que seria legal dá uma chance para o gênero. O que me surpreendeu é que o livro não é apenas sexo como a maioria dos livros deste gênero, mas este tem uma história bem legal e original. Gostei muito da história e super recomendo!
    Gostei muito da sua resenha ficou muito bom mesmo.
    Bjs!
    http://pocketlibro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito desse livro pois satisfiz algumas de minhas curiosidades e achei que essa história abordou muito mais a fundo esse universo de dominação e submissão tão pouco difundido e às vezes muito mal abordado ou abordado bem superficialmente em outros livros, na época em que o li.... De todo modo, entre os livros da série, esse foi o que menos gostei, se comparado aos demais.... Acho que o 2º e 3º volumes são muito melhores....

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho esse livro,achei super legal pois ele descreveu um pouco melhor o mundo BDSM.Ainda não li as continuações mas está em minha lista :)

    ResponderExcluir
  6. Não curto :p
    Mas também não discrimino, estou lendo o segundo livro de 50 tons, já devia ter terminado a séculos, mas não levo a leitura dele muito a sério, leio para descontrair entre um livro e outro.. Não sou fã desse tipo de livro, mas também não odeio, não sei se leria esse, talvez sim, quem sabe

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. esses livros eroticos não param de sair...
    nova moda definitivamente...
    HUAHUAAHA

    seguindo o blog ^~
    beiijos
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não li nada do genero ainda, apesar de ter 50 tons na estante...
    Todos falam tanto e não sei se vou gostar... #Medo

    Esse é um livro que eu sempre pego na livraria, acho a capa dele linda!!!

    Beijos!
    soueupri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Resenha bem estruturada, abordando pontos relevantes do livro, nos dando uma boa noção sobre o enredo, facilitando o entendimento por parte de quem lê, boa pedida para os leitores compulsivos.

    ResponderExcluir
  10. Resenha ótima,parabéns! O livro erótico aborda a questão da dominação e submissão, para quem não entende nada sobre este mundo deu para ter um panorama geral.

    ResponderExcluir
  11. Resenha ótima,parabéns! O livro erótico aborda a questão da dominação e submissão, para quem não entende nada sobre este mundo deu para ter um panorama geral.

    ResponderExcluir