terça-feira, 23 de julho de 2013

Um Toque Masculino: A Fada






Título: A Fada
Autora: Carolina Munhóz
Editora: Fantasy - Casa da Palavra
Páginas: 256
Edição:
Ps. Esta é 3ª Edição se contar as outras duas em que foi publicado em outras editoras.






As vezes fico meio triste quando vejo a dica que separamos ser menosprezada por alguns leitores e leitores aqui no blog. Se indicamos é porque vale a pena ao menos tentar ser lido, independente de ser do seu perfil ou não. Não adianta nada julgarmos e dizer um grande não sem ler nem ao menos um capitulo (fazer isso numa livraria nem custa dinheiro), por isso resolvi dar o exemplo e partir para um livro que tem um perfil diferente do meu.

"Aos 18 anos, a jovem Melanie Aine recebeu um duro golpe, o falecimento de seu pai. Como se isso não bastasse, a menina descobriu que não era um ser humano. O destino, porém, lhe reservava ainda mais surpresas. Melanie Aine descobriu ser parte fundamental de um mundo fantástico, cercado de magia, onde ela vai ter de andar com cuidado sobre uma tênue linha entre amor e fúria, vida e morte.
O premiado livro de Carolina Munhóz, autora de O inverno das fadas, traz a história de uma jovem que teve sua vida completamente transformada aos 18 anos. Uma história repleta de lutas emocionais, criaturas mágicas e eventos sobrenaturais. Os desafios vividos por sua protagonistas revelam uma história de descobertas e superação que prenderá o leitor até o fim." 

De forma não totalmente linear o livro conta a história de descobertas da inconstante Melanie Aine, ou Mel. A sinopse é um pouco exagerada, o que se apresenta no livro é um pouco mais dramático e menos apocalíptico. O foco principal da trama é Mel e seus problemas, o tal destino da recém descoberta fada move a história, mas não é tão importante quanto a garota. Seu lado fada, magia, seres encantados e todo um novo cenário fantástico são apenas ferramentas nas mãos da autora para tornar tudo mais sólido e crível. Carolina Munhóz conseguiu fazer isso, a história me conquistou, principalmente o final e o conto extra, mas ao todo achei A Fada um livro mediano.
O mundo criado por Carolina Munhóz é atrativo e interessante, poderia ser melhor explorado, mas é deixado em segundo plano por conta da trama da personagem. Melanie Aine é um personagem, na minha opinião, desinteressante e chato. Não é a questão do romance com o bruxo Arthur Wales ou por eu não ser o público alvo que digo isso, mas por ela ser inconstante e reunir as piores características de uma TPM durante todo o livro. Foi difícil para mim passar por toda a insegurança da garota, mas a beleza do final do livro é recompensadora, nos momentos finais a autora faz tudo valer a pena.
Além de Mel, poucos personagens são apresentados sendo Arthur Wales o segundo personagem em destaque. Arthur é um jovem traumatizado e também um tanto esquisito, mas é a ligação de Mel com a W.I.C.C.A e toda parte em que o mundo mágico e o humano se misturam. É com ele que ela descobre o amor e um pouco mais sobre seu passado e futuro. Por conta dessa aproximação é que vemos os outros seres mágicos que habitam o mundo criado por Munhóz.
O material extra, o conto Outra Vez a Escuridão, mostra a evolução entre a escrita da autora já que o conto foi escrito muito tempo depois do livro A Fada, além de em poucas páginas conseguir prender sua atenção de uma maneira intensa com uma bonita e triste homenagem à talentosos artistas que morrem aos 27 anos. Fadas nem sempre são boas e as Leanan Sídhes estão aí para provar.
Agora quero ver você fazer o mesmo e dar uma chance a um bom livro mesmo que não faça seu perfil. Não vale a pena julgar um livro pela capa.

Ace Barros

8 comentários:

  1. Realmente se fosse apenas pela capa, eu não leria esse livro, mas gostei do enredo após ler sua resenha, então se surgir uma oportunidade lerei com certeza.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da Carolina Munhóz, mas tenho muita vontade.... Curto esse gênero literário e gostei da resenha... Certamente vou ler esse livro... Só espero que a protagonista não seja muito irritante!!! ("...mas por ela ser inconstante e reunir as piores características de uma TPM durante todo o livro") Urgh!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ui Ace, bem verdade viu. Eu colocaria em vermelho o primeiro parágrafo desse post. Eu tenho uma certa curiosidade el ler os livros da Munhóz, justamente pela temática: fadas. Ceta vez vi num programa que em sua adolescência, Carolina foi muito 'rejeitada' e que se inspirou em suas experiencias para fazer algumas personagens, se não me engano, a principal.
    Ótimo desafio você nos deixou, vou pensar a respeito e escolher um livro que não faz o meu perfil para ler.

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adotei sua sugestão e destaquei o primeiro parágrafo. ;)

      Excluir
  4. Hey
    Gostei da dica, tudo que envolve fadas... adoro!
    Tenho curiosidade para ler algo da autora... fadas <3 hahah

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Ace!
    Fadas são sempre um assunto interessante, valeu as colocações.

    Neyla!
    Obrigada por visitar o blog e deixar seu recadinho, retribuo com carinho!
    Desejo um final de semana de prosperidade!!
    Blogueiras Unidas 1275!
    Paz, amor e muita luz!
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  6. Esse livro tem uma capa linda, de morrer mesmo. Vi alguns comentários bem positivos, mas vi uns negativos também. Curti a resenha, e me ajudou a entender alguns pontos críticos.

    Beijinhos
    clicando livros

    ResponderExcluir