segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Resenha: O Amor Mora ao Lado












Título: O Amor Mora ao Lado
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Debbie Macomber
Número de páginas: 160 páginas


Sinopse: Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker. Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes. Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica...

Confesso a vocês: quando iniciei a leitura não estava esperando muito desse livro. Pela sinopse achei a história bonitinha, leve e resolvi me jogar (é sempre muito importante dar uma chance a novos livros). A história é realmente bem leve e agradável, contudo não conseguiu me conquistar e contarei a vocês o motivo disso agora.
Lacey é uma mulher jovem e solitária, que se divorciou a pouco tempo e que, para recomeçar, mudou-se para São Francisco. Seu trabalho é uma droga, ela trabalha demais, ganha de menos e não tem coragem suficiente para pedir um aumento a seu chefe. Não é que ela odeie o que faz, mas muitas vezes acaba por fazer mais do que realmente deveria fazer.
Ela é uma mulher de poucos amigos. Suas companheiras são Jeanne, a primeira amiga que fez depois que mudou-se, e Cléo, sua gatinha de estimação. Lacey tem uma relação afetiva bem fofa com Cleo, com quem conversa e cuida como se fosse uma filha. Lembrou um pouco a minha relação com meus antigos gatos, só que menos super protetora.
Lacey está solteira, mas não é por falta de pretendentes. Seu vizinho, Jack, sempre está convidando-a para sair, mas ela nunca aceita seus convites. E é por causa de uma das muitas discussões entre Jack e sua suposta namorada Sarah, que acontece algo que não estava nos planos dela: Cleo tem sua virgindade maculada pelo gato cafajeste do vizinho brigão. E quer saber mais: ela acaba ficando prenha. Decidida, Lacey vai tomar satisfações de Jack, já que ele é o dono do gato que será pai dos gatinhos de Cleo, e deve ajudá-la no que precisar. Com essa proximidade entre os dois ela vai conhecendo um pouco mais sobre Jack e descobrindo que ele não era tudo aquilo que ele imaginava.
E já que estou falando em Jack, preciso dizer que ele é um lindo! Super fofo, carinhoso, gentil, um amor de pessoa. Só mesmo Lacey, que é muito chatinha, pra ficar de birra com o pobrezinho. Em partes eu até entendia o fato dela ser tão incisiva na questão de não querer mais nenhum relacionamento. Mas em determinadas horas ela chegava a ser chata.
O livro é fininho, a diagramação é linda demais, mas a história é bem fraquinha. Foi uma leitura rápida, leve e só. Tem algumas passagens engraçadinhas, a história é bem dinâmica, mas faltou aquele tchans para me conquistar. Não vou dizer que odiei o livro, por que não é verdade. Eu gostei da leitura, mas não foi nada de excepcional, que você lê e cai de amores.
Recomendo a leitura. Se você está procurando um livro de leitura ágil, pra passar o tempo, O Amor Mora ao Lado é uma grande pedida.

Neyla Suzart

12 comentários:

  1. Não tenho muito interesse em ler livros que focam mais em animais, mas me interesso por esse livro parece ser bom!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie Neyla,
    se a leitura é leve e divertida já sei que vou curtir. Que pena que não te conquistou tanto neh??

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha flor!!
    Eu curti este livro, eu estava precisando de um livro rápido e fácil. Ele veio na hora certa.
    Achei divertido e despretensioso.
    Bem isso que você disse!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Neyla!

    É um livro curto e leve, para mim, não teve nada demais, um romance bem fraco até, mas acho que é por que eu li pensando encontrar algo parecido com A Pousada Rose Harbor, que é um livro que eu adorei!

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  5. Eu li e gostei, bjo!

    Te espero lá no meu cantinho, =D
    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Neyla! Eu achei um livro bem cara de sessão de tarde e fiquei surpresa com ele, até que para poucas páginas aconteceu bastante coisa.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Olá Neyla,

    Esse livro esta na minha lista de espera de leitura e espero gostar dele também...parabéns pela resenha...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br


    ResponderExcluir
  8. Sinceramente, achei essa história para lá de medíocre...... Nunca esperei achar o que achei a respeito, pois, depois de me deliciar com o livro "A Pousada Rose Harbor", pensei que essa história prometia mais.....E, sinceramente, estou fula com a editora novo conceito. Gostaria de entender qual o critério que ela utiliza para a publicação de livros. Por que não publicar a continuação do livro "A Pousada Rose Harbor"??? Afinal, não dá para se contentar com somente com esse, pois, o que mais interessava saber, é o final da protagonista!!!! E ao invés da editora publicar a continuação, resolve publicar essa porcaria de livro, e agora publicará outro, da mesma autora, que não a continuação.....

    ResponderExcluir
  9. Vou adorar conhecer O Amor mora ao Lado.
    Parabéns pelas resenhas, seu blog é lindo.

    ResponderExcluir
  10. Eu sou fã de carteirinha da Debbie. Mas, parece que esse não estará no roll dos melhores, pelo que percebi de sua resenha e de muitas que já li. O que é uma pena, mas por ser da Debbie com certeza irei ler... Adorei sua resenha,pq vc nos mostra o que esperar do livro.Amei a capa do livro, tão lindaaa.

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Nunca olhei para esse livro com atenção por achar que o maior enfoque seria nos bichinhos de estimação... =/
    Mas depois de ler essa resenha, ele não me parece de todo ruim, como eu imaginava... na verdade parece agradável de se passar o tempo, mesmo não sendo do tipo "leitura apaixonantemente envolvente". 8-) Estou curiosa sobre o Jack. ^.^

    #Gostei (Y)

    ResponderExcluir