segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Resenha: Simplesmente Ana












Título: Simplesmente Ana
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Marina Carvalho
Número de páginas: 304 páginas

Sinopse: Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.

Ana não conheceu seu pai. Desde pequena ela ouve a mãe contar a mesma história: ela foi fruto de um relacionamento que ela teve quando estava na Inglaterra fazendo intercâmbio. Sua mãe a criou sozinha, mas fez muito bem o papel de pãe (pai e mãe), dando a ela uma vida boa e uma ótima educação. Ana tem 20 anos, mora em Belo Horizonte e é estudante de direito.
Mas com o destino não se brinca e eis que um belo dia, Ana se depara com uma mensagem em seu facebook (são tempos modernos, né?) de um tal Andrej dizendo que é seu pai. Ela não acredita de imediato, claro (nem eu acreditaria), mas depois de conseguir informações de que ele é realmente seu pai, vem mais uma surpresa: Andrej é o rei da Krósvia e ela, uma princesa.
Passado o susto inicial, Ana decide aceitar o convite de seu pai. Ela irá passar seis meses na Krósvia, para conhecer o lugar, os parentes e ser apresentada como filha legítima de Andrej aos cidadãos daquele lugar. Não foi uma decisão fácil de ser tomada, já que ela terá que deixar a mãe, os avós, amigos e Artur, seu ficante, no Brasil. Além, claro, de trancar a faculdade e ir para um local desconhecido com um pai que acabou de conhecer. É ou não é uma grande mudança?
Com seu jeito simpático, Ana logo agrada a todos na Krósvia. Quer dizer, todos menos Alexander, enteado de Andrej que parece não gostar nadinha de ter Ana por perto. Apesar de gato e educado, Alex não faz muita questão de ser simpático com Ana e, sempre que pode, arruma um jeito de implicar com ela. 
Mas nós sabemos que por trás de uma implicância sempre tem um sentimento mais forte e nessa história isso não é diferente. Apesar de negar para si mesma, é notável que Ana está caidinha por ele e que ele também sente algo por ela. Porém, como sempre tem que ter um porém, entre Alex e Ana existe um empecilho chamado Laika. E se você achou que Laika era um cachorro, bem vinda ao clube! A "nome de cachorro", como Ana carinhosamente apelidou, é a namorada do bonitão. Muito bonita e nada simpática, ela vai protagonizar com Ana um triângulo amoroso intenso, daqueles onde as mocinhas só faltam lançar raios com olhos na adversária.
Simplesmente Ana é um livro muito fofo. A história é leve e divertida, bem como os personagens que são uma graça. Eu gostei bastante da leitura e passei momentos muito bacanas acompanhando Ana na Krósvia e sua paixonite por Alex. O livro é narrado em primeira pessoa, o que eu adorei, já que me sinto muito mais íntima da personagem.
Ana é um poço de simpatia e Alex é um lindo! Juntos eles formam um casal perfeito e torci demais para que eles tivessem um final feliz. Sou adepta dos finais felizes, vocês sabem disso, e meu sofrimento só termina quando o casal consegue finalmente ficar juntos. Então pensem no quanto eu penei com as idas e vindas da história? Mas super valeu a pena por que os últimos capítulos foram perfeitos! *-*
A escrita de Marina é maravilhosa. Sem muitos rodeios, simples e que flui muito bem. Fiquei encantada com o cenário criado por ela, bem como pela história que é encantadora.
Leitura mais que recomendada para todos aqueles que buscam uma história fofa e envolvente.

10 comentários:

  1. Oi Neyla,
    tb adorei este livro. É lindo e um conto de fadas bem modernos.
    Confesso que não gostei quando a cabeça dura da Ana jogou tudo para o alto, mas o jeito que eles se entenderam valeu a pena rsrss

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Neyla.
    Eu já li esse livro e ele é encantador, uma leitura deliciosa, os personagens me conquistaram me tirando de uma ressaca literária, amei.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  3. Tá aí um livro que de deixa muito curiosa. Sua resenha tá tão fofa, em compensação já li umas que dão até medo de pegar o livro na estante pra ler.
    Agora que fiquei morrendo de vontade de tirar minhas dúvidas. Tenho que saber o que vou achar.

    Amei flor!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha. Fiquei me achando aqui. rsrsrsrs
    Obrigada pelo carinho.
    Beijos!
    Marina Carvalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda! Vc merece todo esse carinho e muito mais! *-*
      Obrigada vc, Marina, por escrever uma história tão linda. <3
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Neyla,
    “Simplesmente Ana”, parece ter uma trama encantadora; Espero poder lê-lo em breve e gostar tanto quanto você.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi abusada, rsrs.
    Ficou empolgada heim!
    Bj!

    ResponderExcluir
  7. Nessas férias eu leio esse livro, é sério! Já perdi as contas do tempo que ele está na minha lista de leituras, me parece ser muito encantador, um verdadeiro conto de fadas moderno. Bjs...
    anna-gabby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Neyla, tudo bem?
    Estou morrendo de vontade de ler o livro da Marina, mas tem tantos na frente rsrs A capa é linda e a cada resenha positiva dele fico com ainda mais vontade de lê-lo! Ele está aqui na estante pronto pra ser lido, e ainda nessas féries, lerei ele! ;D

    Beijos,
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi neyla poderia visitar esse blog http://sendomeniina.blogspot.com.br/ obrigado

    ResponderExcluir