terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Um Toque Masculino: 9º Julgamento




Informações Técnicas

Titulo: 9º Julgamento
Autor(es): James Patterson e Maxine Paetro
Série: Clube das Mulheres Contra o Crime
Editora: Editora Arqueiro
Ano: 2014
ISBN: 9788580412321
Número de páginas: 192
Menor Preço: R$ 19,90 http://migre.me/hIfuJ




Sinopse: Um maníaco impiedoso. Uma jovem mãe e seu bebê são cruelmente mortos dentro do estacionamento de um shopping. Sem testemunhas ou indícios da identidade do assassino, só resta à sargento Lindsay Boxer e ao seu parceiro, Rich Conklin, uma única pista: três letras escritas com batom vermelho no para-brisa do carro das vítimas. Um assalto sangrento. Em outro canto da cidade, a esposa de um astro de cinema é acordada por um ladrão que está fugindo com milhões de dólares em joias e pedras preciosas. Antes de conseguir chamar a polícia, ela é friamente assassinada e São Francisco fica em estado de histeria. A morte está próxima. Lindsay é convocada para o novo caso e tenta conciliar as duas investigações e o noivado com Joe Molinari, sempre afetado por seu relacionamento íntimo com Conklin. Em meio a toda a adrenalina, a sargento é obrigada a colocar a própria vida em risco para salvar a cidade antes que a lista de vítimas aumente.


A dupla James Patterson e Maxine Paetro não dá descanso para a Lidsay Boxer e suas companheiras do Clube das Mulheres Contra o Crime. Em 9º Julgamento (único livro da série que não entendi a referência do título) a detetive tem que lidar com dois casos que mal sabe ela estão intimamente ligados: os assassinados te mulheres e crianças de colo, e a morte da esposa de famoso ator de Hollywood onde o único suspeito é um ladrão de joias conhecido pela alcunha de Hello Kitty. Além disso a agora noiva Linsay Boxer precisa enterrar de vez a atração por seu parceiro para poder se casar com Joe Molinaro. 
Os casos desse livro foram uns dos que mais gostei durante a série, não que fossem complexos, mas pela pressão que a detetive tem que lidar: cobrança da chefia e da alta sociedade em um caso e a série de assassinatos de mães e crianças pequenas que perturba sua mente a cada nova morte. Esse segundo caso afeta com maior força todo o clube, principalmente Claire que recentemente teve a pequena rose. A trama se desenvolve de maneira ágil, a ação impulsiona a leitura e aumenta no leitor uma fome por justiça (ao menos no meu caso foi assim). E o desfecho da trama é diferente do esperado, mas extremamente prazeroso.
Não há muito desenvolvimento dos personagens já conhecidos, apenas a relação entre Cindy e Conklin evolui efetivamente e passa de um relacionamento quente para algo mais sério. Alguns personagens como Claire e Yuki pouco participam da trama, porém os antagonistas recebem devido destaque e são melhor trabalhados que antigos antagonistas da série.  
Repito isso em quase toda (ou toda) resenha dos livros da série, já sai no piloto automático: A narrativa é dinâmica, sem enrolação. Essa velocidade dá mais adrenalina a trama e poupa o leitor dos pormenores sem interesse. Aquele velho esquema se mantem firme intercalando primeira (capítulos da heroína) e terceira pessoa (capítulos dos "vilões") e a familiaridade não se quebra. E sim isso é bom.
O extra Ao Som Dos Sinos é bem simples, e se passa antes do casamento da Detetive Boxer com Joe. O caso é rápido, não é um mistério: a detetive tem que lidar com um informante que ameaça matar a própria mãe. Ao menos isso é passado a principio. O conto é de certa forma inesperado e a situação narrada é cômica.
Venho acompanhando a algum tempo e sou suspeito para falar, mas a série Clube das Mulheres Contra o Crime tornou-se uma das minhas favoritas. Não por ser surpreendente ou inovadora, mas por garantir a minha diversão com uma história simples e dinâmica durante uma tarde, ou algumas viagens de ônibus. Se você está em busca de uma distração bem escrita, essa é minha indicação.

                                                                                                                                                   

6 comentários:

  1. oie
    eu amo essa série. E olha que só li um livro, mas amo tudo o que a mente do James cria. Como diz minha amiga: queria casar co o cérebro dele rs
    O que me deixa desanimada é a série não ter sido lançada em sequencia. Sei que tem outros volumes lançado por outra editora, mas vou atrás de todos.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Ace,
    li somente um livro desse série e não curti muito, então não me arriscaria ler este, mesmo com todos os seus elogios.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado ver dois comentários com experiências tão opostas, e ambos com apenas um livro. Eu gosto da série, acho uma boa diversão, sem pretensões, nada que canse com a leitura. Eu leio principalmente entre leituras mais pesadas e cansativas (vocês fazem isso geralmente com romances leves XD).

      Excluir
  3. Estou lendo tantas resenhas dessa serie que já estou até com vontade de ler hehehhehe. O ruim é que é enorme para ficar comprando os livros separados e sempre que vou comprar algum dou prioridade para os que eu estou querendo mais no momento.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Até fiquei com vontade de ler o livro depois da sua resenha, mas não sei se me arrisco a ler outro dos suspenses do James não... Os que eu li foram meio decepcionantes, prefiro ficar com os romances do autor.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Ace,

    Esse livro esta na minha lista de desejados, sou suspeito para falar e sua resenha me deixou com mais vontade de ler.....parabéns...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir