segunda-feira, 24 de março de 2014

Resenha: A Cidade dos Segredos


















Título: A Cidade dos Segredos
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Sasha Gould
Número de páginas: 256 páginas




Sinopse: Laura foi enviada para o convento logo depois da morte de sua mãe. Passa a maior parte dos dias em silêncio, e, apesar de ser tolerante e obediente, no fundo da alma não consegue aceitar a ideia de viver ali para sempre. Uma noite, sem maiores explicações, Laura é informada de que seu pai a quer de volta em casa. Feliz da vida, ela começa a se preparar para rever sua irmã mais velha, Beatrice, que há algum tempo deixou de responder suas cartas. O que ela jamais imaginava era chegar durante o velório de Beatrice, que morreu em uma situação inexplicável. Agora, o pai de Laura ordena que ela se case com Vincenzo, noivo de Beatrice, um homem muito mais velho e de aparência repugnante. A sociedade Segreta faz um pacto com Laura e promete ajudá-la a se livrar de Vincenzo – e a descobrir quem matou Beatrice. Sem alternativas, Laura é obrigada a depositar todas as suas esperanças nas mãos dessas mulheres enigmáticas. Mas até que ponto se pode confiar na palavra de alguém?

A Cidade dos Segredos não foi aquele livro que eu estava aguardando ansiosa, mas foi o primeiro dos lançamentos de janeiro que peguei para ler. Admito que isso se deu por conta da capa linda e enigmática. Fiquei curiosa para descobrir do que se tratava o livro e, depois de iniciada a leitura, não teve mais como parar.
Laura foi viver em um convento por imposição de seu pai. Trancafiada e sem perspectivas de sair daquele lugar, ela passa seus dias a imaginar como as coisas estão do lado de fora daqueles portões. As breves notícias que recebe é através das cartas de sua querida irmã Beatrice, que está de casamento marcado e que se mostra feliz pelo enlace que está próximo. As lembranças são tudo de mais preciso que Laura possui e isso ninguém pode lhe tirar. Lembrar das brincadeiras e momentos agradáveis que passou ao lado de sua irmã é o que a faz suportar obedientemente sua rotina diária no convento.
Contudo, uma noite ela é chamada à sala da superiora e recebe a notícia de que irá para casa. Não há nenhuma explicação, mas Laura sente uma felicidade sem fim a dominar. Ela finalmente estará livre daquela prisão e poderá rever a irmã que tanto ama. Mas ao chegar em casa, para seu desespero, encontra a irmã morta. Beatrice fora morta em circunstâncias suspeitas, mas ninguém consegue explicar o que houve. Para piorar, Laura foi chamada para fora do convento por seu pai por um único motivo: casar-se com o noivo de Beatrice e salvar a família da miséria.
Sem saber o que fazer, ela se envolve com a Segreta, um grupo misterioso de mulheres mascaradas, que ninguém sabe quem é ou onde realiza suas reuniões. Guiada até elas, Laura tem como único objetivo desfazer o casamento com o abominável duque (antigo noivo de sua irmã), mas acaba envolvida em uma teia de acontecimentos maior do que esperava.
A Cidade dos Segredos é um livro rápido de ler, com uma história bem escrita e um cenário maravilhoso. Porém, a leitura só engatou a partir da página 80. Antes disso, estava arrastada, com tudo acontecendo a passos lentos e sem nada que empolgasse realmente. É ó com a entrada da Segreta na história que tudo passa a ter um novo olhar. O mistério, que antes existia devido a estranha morte de Beatrice, ganha novos ares com a entrada das misteriosas damas mascaradas.
Laura é uma personagem marcante. Apesar de no início da história se apresentar como uma garota submissa e sem iniciativa, mostrou-se no decorrer das páginas ser bastante obstinada e corajosa. É notável o amadurecimento da personagem na trama. Doce, sensível e muito forte, Laura foi o personagem de mais destaque e torci muito para que conseguisse conquistar seus objetivos.
A trama é muito bem escrita, com um clima de mistério constante e um final surpreendente. Se você já leu, sabe do que estou falando. Nunca em minha vida eu poderia imaginar o motivo real da morte de Beatrice e quem estava por trás desse trágico acontecimento. A narrativa de Sasha Gould é envolvente e todas as cenas são descritas com uma precisão de tirar o fôlego.
Esse é o primeiro livro de uma série e estou ansiosa para ler os próximos. Como a história teve um "fechamento", fico imaginando o que me aguarda no próximo volume que, espero, seja lançado em breve. Se você ainda não leu, leia. Com certeza não vai se decepcionar.

9 comentários:

  1. Oie Neyla
    já tinha lido algumas resenhas desse livro, mas nenhuma esclareceu tão bem o enredo como a sua. Agora sim fiquei curiosa, porque falou em mistério por trás de morte, falou meu nome rs
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Neyla,
    li este livro tb faz pouco também e apesar de achar que seria ruim eu curti tb.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Menina, essa foi a primeira resenha positiva que li deste livro, rsrs.
    Mas confio na sua opinião, vou ler sim e acho que vou curtir!!
    Me convenceu de novo ;)
    Adorei!!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. amei a resenha , estou muito louco para ler esse livro, bem beijos
    e ate a próxima
    livro-azul.blogspot.com.br
    @livroazuis

    ResponderExcluir
  5. Oi, Neyla :)

    Essa é a primeira resenha que leio de Cidade dos Segredos, aliás, ainda nem conhecia o livro. Pela sua resenha, acho que iria curtir a leitura. A história é bem instigante e misteriosa. Além disso, gostei da personagem Laura. O livro deve ser ótimo!
    Anotei a dica!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oiee ;)
    Essa capa é belíssima, tenho interesse em ler a série. Mas nem sei quando farei isso exatamente por ser série e não ter nenhum livro. Que pena que só engatou mesmo depois da página 80 mas pelo menos engatou /0/ e teve uma boa leitura daí em diante.

    ResponderExcluir
  7. Eu ando tão sem tempo para ler, que quando pego um livro e não consigo passar da página cinquenta, eu já passo para outro. Não tinha lido sobre esse livro ainda, mas gostei demais da capa. A sinopse também parece legal!
    Valeu a dica preciosa!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Neyla!
    Adorei a forma como a autora utilizou as descrições de Veneza na narrativa e tive algumas surpresas ao longo (e no final) da leitura, mas para mim a história foi pouco impactante, não "rolou química", embora reconheça que há muitos elementos que possam agradar a outros leitores.
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  9. Olá Neyla,

    Terminei de ler esse livro na semana passada e logo terá resenha dele no blog, gostei bastante da leitura e também recomendo....parabéns pela sua resenha....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir