sexta-feira, 18 de abril de 2014

Resenha: Enfeitiçadas





 
 
 
 
Série: As Crônicas das Irmãs Bruxas - Livro 01
Livro 01 - Enfeitiçadas 
Autor(a): Jessica Spotswood 
Editora: Arqueiro - Páginas: 272
Lançamento: 2014 - ISBN: 9788580412307
 
 
 
 
 
 
Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido?Prepare-se para se encantar com os jovens pretendentes de Cate, abominar o ódio e a repulsa que os Irmãos dedicam a meninas e mulheres, e aguardar ansiosamente pela sequência de As Crônicas das Irmãs Bruxas.
Quando Enfeitiçadas foi lançado, fiquei curiosa com a história. Sempre gostei muito de tramas que envolvem bruxas, apesar de achar que algumas são nada originais, com um enredo bem “batido”.  Essa, porém, me surpreendeu e o motivo vocês logo saberão.
Cate é a mais velha de três irmãs e, desde a morte de sua mãe, tomou para si a responsabilidade de cuidar de Maura e Tess (a caçula da família), orientando-as sem levantar maiores suspeitas. As três garotas são bruxas e, devido à caça às bruxas que ainda há na cidade, elas precisam ser cuidadosas. Óbvio que elas às vezes saem da linha, mas Cate tenta ao máximo não levantar suspeitas dos Irmãos da Fraternidade.
Mas nem todo o cuidado é capaz de fazer com que elas não sejam alvos de comentários. As irmãs não são convidadas a chás, nem tampouco saem de casa. Por conta disso, é contratada uma governanta, que irá ajudá-las com roupas, modos próprios para damas, dentre outra coisas, como prepará-las para a decisão de seguir a Irmandade (o lado feminino da Fraternidade) ou casar-se. Elena, a governanta, é jovem, bela e misteriosa. Logo ganha a antipatia de Cate e a amizade de Maura (a irmã do meio). Sempre muito solícita e cheia de sorrisos doces, Elena também esconde uma personalidade forte e tem um forte ar de mistério sempre a envolvendo.
Em meio a isso, Cate recebe um misterioso bilhete e, devido a esse fato, descobre um antigo diário de sua mãe. Nele, além dos pensamentos da mãe, há também uma carta endereçada a ela, onde a mãe conta sobre uma antiga profecia que dizia o seguinte: Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Assustada, Cate teme que ela e suas irmãs sejam as meninas mencionadas. Para deixá-la ainda mais atordoada, uma parte da profecia transcrita por sua mãe na carta, está danificada e ela não sabe o que mais a aguarda.
Óbvio que nem tudo são espinhos na vida dessa garota. Há espaço também para o amor. Mas não pensem que nem assim as coisas se tornam fáceis. Aos 17 anos, Cate precisa decidir o que fazer de sua vida. Casar-se com um amigo de infância e assim manter-se segura? Seguir a Irmandade? Ou ir de encontro a razão e viver um romance proibido e perigoso, que pode custar-lhe sua segurança e das irmãs?
Enfeitiçadas me conquistou nos primeiros capítulos e eu me vi totalmente inserida na história. É um livro de fácil leitura, que é narrado em primeira pessoa (por Cate) e que tem um bom ritmo de leitura, não sendo arrastado ou rápido demais.  Quando terminei a leitura fiquei inconsolável, já que o livro acaba em uma parte crítica e eu preciso saber o que vai acontecer.
Gostei muito das personagens, em especial de Cate. Me vi um pouco nela, principalmente por seu excesso de preocupação (eu fico preocupada com facilidade e, assim como ela, as vezes me privo de certas coisas por conta disso). Achei-a forte e decidida, cheia de responsabilidades e de uma maturidade enorme. Tess também me ganhou, apesar de não ter tido tanto espaço como Cate na trama. Já Maura é um caso a parte.  Eu tentei compreender aquela carência extrema, o jeito chato e a arrogância. Em certas passagens até consegui vislumbrar algo de bom nela, mas no geral, eu não gostei da personagem. Não que ela seja ruim. Mas com certeza não cativa, mesmo buscando entender tudo o que se passa com ela.
Esse é o primeiro livro de uma trilogia e, como já falei antes, estou ansiosa pelo segundo volume, Amaldiçoadas. Se você ainda não leu, leia. Com certeza não irá se arrepender!


9 comentários:

  1. Oie Neyla
    eu amo enredos sobre bruxas, por isso fiquei eufórica quando a arqueiro anunciou este lançamento. Não gostei tanto assim da protagonista, e por isso sofri pra terminar o livro rs
    só o romance e a mitologia salvou. Ainda assim quero acompanhar a trilogia.
    Bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Neyla!
    Assim como você, acho o enredo nada original por isso sempre acabo deixo de lado livros com essa temática. Tenho lido tantas resenhas positivas de Enfeitiçadas que estou começando a mudar de ideia já que fiquei bem interessada pela história.

    Beijos,
    http://www.epilogosefinais.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Neyla,

    Ainda não tenho esse romance, mas já adicionei na minha lista de desejados =)

    http://www.viajenaleitura.com.br/

    ResponderExcluir
  4. O final é de matar um, não é? Também fiquei para morrer com ele!
    Não sei porque tanta gente deixou de gostar desse livro e disse que ele é lento e chato e tal.
    Achei a leitura muito gostosa e rápida. A autora soube prender bem o leitor e não achei maçante em momento nenhum.
    Vai entender a cabeça desse povo!
    Enfim, louca pela continuação, exatamente como você!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que bom que gostou tanto do livro,
    eu ainda não li, mas estou curiosa diante de tantas críticas positivas.
    Espero poder lê-lo em breve.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, prima! :D
    Já tinha visto livro, e até achei a capa maravilhosa, porém confesso nunca ter parado para ler uma resenha - a sua foi a primeira - e eu acabei ficando com vontade de lê-lo.
    Realmente é bem difícil achar um história sobre bruxas original, e essa parece ser boa, ainda mais por ser no século passado.

    Beijos,
    Gabriella Suzart

    ResponderExcluir
  7. Que bom que você gostou do livro. Eu gosto muito desse tema, e tinha ficado muito interessada nele, mas acabei lendo umas resenhas bem negativas e desanimei. Agora me animei de novo heheheh.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi Neyla adoro leitura e este enredo então è mara.
    Vou ler o livro com certeza.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Oie!!! Eu não tinha visto essa resenha, rs.
    Eu li e amei, e você também amor ♥ Isso é tudo!!!
    Adorei as personagens e o enredo. E que final??? Fiquei doida pra ler o próximo!!

    Resenha lindaaaaaaaa

    Bjkas

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir