segunda-feira, 7 de abril de 2014

Resenha: Tipo Destino














Título: Tipo Destino
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Susane Colasanti
Número de páginas: 288 páginas







Sinopse: Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências — incluindo pizzas e meninos — são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason… Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era! Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele. Então, Erin viajou durante todo o verão… “Este livro me deu vontade de mudar minha vida.”

Vou falar a verdade para vocês: venho adiando a leitura desse livro faz tempo. O motivo era a história ser de "traição". Logo na capa (que é linda e bem sugestiva) temos a seguinte frase: "E se sua alma gêmea fosse o namorado de sua melhor amiga?". Logo imaginei que não iria gostar do livro, ainda mais com o meu histórico com os livros da Susane (eu até gosto dos livros, mas levo um tempão lendo). Mas dessa vez fui surpreendida.
Lani e Erin são melhores amigas uma da outra e donas de personalidades bem diferentes. Enquanto Lani é quieta e um pouco mais tímida, Erin é extrovertida e muito popular. As duas dividem o gosto pela astrologia e sempre lêem o horóscopo do dia para saber o que as aguarda. Quando Erin se apaixona por Jason, Lani dá a maior força à amiga. Porém, com o passar do tempo, ela vai percebendo que eles quase não possuem química alguma. Já ela e Jason parecem ser feitos um para o outro. O inevitável acontece: Lani percebe que está apaixonada pelo namorado da melhor amiga. Para piorar (ou não) a situação, Erin vai viajar durante o verão e, com a amiga distante, muita coisa pode acontecer. E agora, o que ela vai fazer?
Tipo Destino é uma história adolescente, que retrata com muita precisão os dramas vividos nessa época. Confesso a vocês que, ao contrário de muita gente, não senti que a Lani roubou o namorado da Erin. Não foi algo planejado, simplesmente aconteceu e foi isso que me fez torcer pelo casal. Óbvio que me coloquei várias vezes na pele de Erin e, apesar de não ter gostado de algumas atitudes dela, eu a compreendi. Quando estamos com raiva, infelizmente, fazemos coisas que depois nos arrependemos.
Gostei muito dos personagens, não só dos principais como também dos secundários. Algumas vezes achei a Lani meio boba, sempre fazendo as vontades de Erin, ficando sempre à sombra da amiga. Meu personagem preferido foi Blake que, apesar de ser um personagem secundário, me conquistou por ser sempre muito direto e ter sempre os melhores conselhos.
Esse é o terceiro livro da Susane que leio e dessa vez me surpreendi. A escrita da autora está mais amadurecida e ela conseguiu, finalmente, me ganhar. A história não tem nada de fantástica, mas é tão gostosa de ler que é difícil largar o livro. Gostei da forma como a autora conduziu o drama dos personagens, com muito leveza. Eu adorei a história, principalmente por ter conseguido me sentir tão próxima das meninas e de seus problemas. Tipo Destino é mais emocionante que os outros livros da autora, mas não esperem grandes acontecimentos. No geral, é um livro clichê e bem previsível, mas o melhor dela que eu li até hoje. Perfeito para ser lido após uma livro com história mais forte. Recomendo!

11 comentários:

  1. Aí sim!!! Criei coragem para ler este livro!!!
    Se te surpreendeu, pode ser que me surpreenda também. Fora que essa frase da capa também me deixou com um pé atrás.
    Vou encarar sem medo!!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  2. Neyla minha flor acredita que li sua resenha com sua voz no meu ouvido??
    Os livros da Susane estão na minha lista tem um tempo e com sua resenha vou ver se providencio logo a leitura.
    Se surpreender com um livro que não dávamos nada é maravilhoso né??
    Amei a resenha, me instigou a ler logo!
    Abraços :)

    Gel Borges
    http://www.gelborges.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Neyla,
    tb não esperava muito do livro, mas curti. Tb achei um dos melhores da autora até o momento.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. O livro não é do meu agrado não. Essa coisa de triângulo amoroso nunca fez parte do meu quadro de preferências.
    Mas tua resenha ficou excelente. Confesso que me surpreendeu muito seu ponto de vista. Fiquei até tentada a ler só pra saber onde você quis chegar com tudo isso. Até porque, pelo visto você tem o mesmo pensamento que eu e acabou gostando do livro.
    Adorei seu blog, visite o nosso, será uma satisfação. Se gostar e tiver interesse em seguir, só nos avisar que iremos retribuir com muito carinho.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
  5. Oi tudo bem? Q bom q vc gostou do livro.... Vejo muitas resenhas dos livros dessa autora e no geral são mt negativas mas tenho vontade de ler alguma coisa dela..
    Forever a Bookaholic

    ResponderExcluir
  6. Olá Neyla,

    Li livros da autora e achei bem fraco e estou meio receoso com esse, mas sua resenha animou um pouco, vamos ver...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. li esse livro, curti pela jovialidade, mas confesso que quis esganar a Erin e a Lani
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu não gostei do livro. Até que é bom mas deixa muito a desejar perto dos livros que tenho lido ultimamente. É o segundo que leio dela e acho a autora em fraca. Vai ver por eu ter passado do publico alvo dela.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Neylinha, querida, o tema foi justamente o que me atraiu para o livro, apesar do bichinho ainda aguardar sua vez, rsrs. Gosto de ler sobre relações assim, que se deterioram com escolhas impensadas, especialmente entre adolescentes, o que é bem frequente. Agora que vc diz que a autora amadureceu e que vale a leitura, vou passá-lo na frente de outros.

    ResponderExcluir
  10. Oi Neyla!
    Minha filha gostou tanto desse livro que me deixou curiosa pra ler (ela também não achou que a Lani roubou o namorado da Erin). Mas eu vou ler primeiro o outro, "De repente acontece", cuja sinopse me atraiu mais.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir