segunda-feira, 12 de maio de 2014

Resenha O Presente

















Título: O Presente
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Cecelia Ahern
Número de Páginas: 317





Sinopse: Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos... Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber... Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.


Sempre tive muita vontade de ler os livros da Cecelia Ahern e após ler muitas resenhas dizendo que O Presente é o livro mais "fraquinho" dela, decidi começar por ele para evitar comparações e decepções. E fiz bem, por que se esse é o mais fraco e me encantou tanto, já fico na ansiedade de ler os demais.
A história começa quando um garoto de 14 anos é detido na delegacia por jogar um peru congelado contra a janela da casa do pai e sua nova família. Apesar da atitude tempestuosa, ele não é um garoto ruim, só está magoado por não ter a oportunidade de passar o Natal com a família reunida. Se sentindo tocado com a história do garoto, o policial Raphie decide lhe contar uma história.
A história que Raphie conta ao garoto é sobre Lou, um empresário bem sucedido e viciado em trabalho,que sempre deixou a família em segundo plano. Apesar de ser casado com a mulher que ama, de ter dois filhos e uma família muito bonita, Lou não dá a eles o devido valor. Mantém distância dos pais, não brinca com os filhos e, como se ainda fosse pouco, trai a esposa.
Em uma manhã, relativamente fria, ele oferece um café a um mendigo, um gesto estranho vindo dele. Não que Lou seja uma pessoa horrível, mas se ele não dá atenção à família, por que daria a um simples mendigo? Os dois começam a conversar e ele fica sabendo que aquele rapaz,que tem aproximadamente sua idade, é extremamente observador. O mais engraçado de tudo é que ele observa as pessoas através dos seus sapatos, referindo-se a eles pela marca ou cor do solado (o que eu achei engraçadíssimo).
Após esse "encontro", Lou decide dar a Gabe um emprego. O rapaz é inteligente, astuto e rapidamente conquista a simpatia de todos na empresa. Porém, consegue deixar Lou incomodado com muitos de seus comentários. Ele não é grosseiro e nem agressivo, mas fala coisas que deixam Lou intrigado e este começa a se perguntar se foi, realmente, uma boa ideia contratar Gabe para trabalhar na empresa.
O Presente foi, realmente, um presente na minha vida. É uma história simples, onde não há mocinhos e nem bandidos, só um homem que colocou tudo de mais importante em sua vida de lado, para dedicar-se àquilo que achava importante. Não consegui sentir raiva de Lou, só muita compaixão. Apesar de ter tudo aquilo que é necessário para sua felicidade, ele não enxergava. Para ele, dinheiro e uma carreira sólida era o que realmente importava. E, assim como ele, existem muitas pessoas que pensam da mesma forma e foi isso que deixou a história ainda mais tocante na minha opinião.
Gosto muito de histórias que se passam na época do Natal e me encantei com a narrativa da autora. Ela conseguiu me inserir na história, aguçar a minha curiosidade e me fazer pensar em muitas coisas. Me emocionei em diversas partes, achei a trama muito bem elaborada, com personagens que marcam e com uma lição que deveria ficar gravada no coração de cada um de nós.
Os capítulos finais foram de pura emoção e quando terminei a leitura estava em meio a um turbilhão de sentimentos e pensamentos. Com certeza é um livro que todos deveriam ler.

11 comentários:

  1. Ah, Neylinha, se vc sentiu tudo isso com a leitura, então o livro tem tudo pra me encantar também! Adoro quando consigo me colocar no lugar dos personagens e sentir o que eles estão passando. Adorarei ler, com certeza.

    ResponderExcluir
  2. Oi Neyla! Que bom que você gostou, eu não consegui me conectar com essa história, prefiro O Livro do amanhã, mas admiro a forma como a autora sempre nos passa uma lição de vida em suas tramas, sempre são leituras válidas.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Tentei PS Eu Te Amo e O Presente e não consegui gostar de nenhum dos dois... não sei o que aconteceu, mas me sinto um ET pois a maioria gosta de Cecelia ou gosta pelo menos de um livro. Vou dar um tempo e tentar novamente ;)

    ResponderExcluir
  4. Oie Neyla,
    Adorei sua resenha. Tb me senti assim ao ler este livro. É lindo neh? E bem diferente!!

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Amore, este é sim o livro mais fraco, mas a culpa de eu ter achado isso é toda da autora!!
    Quem mandou ela escrever livros incríveis!!
    Você precisa ler logo os outros!! Vai amar muitooooo!!!
    Adorei a resenha!!

    Bjkas

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, amiga! Estou louca para ler o livro, mas me recuso a ler antes do Natal, rs, é algo meu, sabe, pois ler na época de Natal, dá mais emoção para mim. Bem, li O Livro do Amanhã da autora e adorei, a escrita dela é legal e os personagens são ótimos, acho que O Presente vai me conquistar. :D

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  7. Este livro é lindo, não é a toa que sou fã da autora e sempre curto tudo o que ela escreve. Li no final do ano passado e foi um dos melhores de 2013.

    Bj, Van - balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie Neyla
    assim como você sempre quis ler algo da autora, e sempre fico adiando. Também solicitei esse livro, e queria ter lido na época do natal :( mas vou dar uma chance, e ler o quanto antes
    Bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  9. Que bom que gostou tanto desse livro,
    não imaginava que ele fosse tão arrebatador,
    apesar disso não tenho muita vontade de lê-lo.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. falta ler só esse da autora e eu adoro, pois além de uma boa história posso refletir
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Adorei ler a sua resenha, não tinha certeza se esse livro seria bom mesmo, mas depois de ler a sua resenha, com certeza vou comprar o livro e ler bem rapidinho ;)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir