segunda-feira, 23 de junho de 2014

Resenha: Os Solteiros








Título: Os Solteiros
Editora: Novo Conceito
Autor (a): Meredith Goldstein
Número de Páginas: 256





Sinopse: Hannah é diretora de elenco em Nova York e ainda chora pelo ex que a abandonou. Rob não é muito bom em assumir compromissos, mas nos tempos da faculdade quase namorou Hannah — e não se esquece disso... Vicki tem um trabalho lucrativo (embora tedioso) como designer de interiores de uma grande rede de supermercados, e é uma depressiva crônica. Nancy leva uma vida dupla, e Joe é um quarentão que adora namorar mulheres mais jovens... Não há como negar: juntos, eles podem comprometer seriamente os planos de Bee de ter o casamento mais elegante da cidade. Da união desses personagens apaixonados resulta um romance divertido e doce sobre vidas entrelaçadas, relações de amizade e o incontestável amor.

O casamento de Bee será um evento daqueles. Extremamente organizada, a noiva não mede esforços para que tudo saia de acordo com as suas exigências. Ela só está sentindo um pouco de dificuldade na hora de alocar seus cinco convidados solteiros. Não que ser solteiro seja um problema, mas alguns deles têm algumas exigências que tornaram difícil reservar um lugar na maioria das mesas. Mal sabia ela que, mesmo com todo o cuidado, esses solteiros dariam um "show" a parte no seu glorioso dia.
A primeira convida é Hannah, melhor amiga da noiva e sua madrinha de casamento. Ela é diretora de elenco, trabalha em Nova York e tem a estranha mania de escalar elencos imaginários para fazer o papel de pessoas conhecida ou desconhecidas suas (algo que eu achei extremamente irritante, diga-se de passagem). Para completar, ela ainda pensa em seu ex-namorado e essa será a primeira vez, após o término, que irão se reencontrar. Detalhe: ele estará acompanhado de sua atual namorada. 
Vicki é amiga de Hannah e trabalha como decoradora de interiores. É depressiva e anda sempre com uma luminária, que comprou em uma loja online de equipamentos médicos. Além disso, é viciada nos romances de V.C. Andrews e sempre está com um em sua bolsa. Logo ao chegar no hotel em que ficará hospedada, conhece Joe, tio de Bee. Joe é um quarentão, bonito e não muito bem visto pela família, já que age feito um garotão. Seu relacionamento com o irmão e cunhada não é dos mais agradáveis, mas gosta muito da sobrinha e por isso irá comparecer ao casamento.
Já Rob desistiu da viagem, supostamente, para não deixar sua cadela em casa sozinha ou na companhia de seu irmão. Ele ainda não superou um antigo namorico que teve com Hannah no passado e, na maior parte do tempo, deixa transparecer que esse é o verdadeiro motivo de não ter ido a festa.
Por último temos Phill, que só compareceu ao casamento para representar a mãe que é amiga dos pais do noivo. Embora não tenha nenhum tipo de vínculo com os personagens já citados, ele também tem lá os seus problemas. Recém separado da namorada, ele ainda nutre sentimentos por ela mas não sabe o que fazer para reconquistá-la.
Vocês sabem que não gosto de falar mal de livro, mas dessa vez não terei para onde correr. Então, vamos às queixas. Os capítulos do livro são mesclados, algo que eu gosto muito, contado a história de cada personagem. Acho que esse tipo de divisão em capítulos deixa a leitura mais gostosa e ágil, mas dessa vez não deu certo e acabou deixando tudo ainda mais confuso. A trama tinha tudo para ser divertida, mas acabou se mostrando tediosa e sem graça. Os personagens, apesar de serem bem construídos, são chatos e a leitura se transformou em um verdadeiro martírio.
A história só começou a me empolgar na página 185 e essa empolgação morreu na página 244. Para completar, o livro tem o tipo de final que eu não curto, então nem preciso dizer que até nisso me decepcionei.
Se não fosse por Phill eu teria abandonado a leitura logo nos primeiros capítulos. Em minha opinião, ele foi o personagem menos chato da história e o que chegou mais perto de conquistar a minha simpatia. Apesar de ser um homem sem iniciativa e bobo para a idade, ele conseguiu me arrancar alguns poucos risos e merece essa menção honrosa.
Como sempre digo, apesar do livro não ter sido uma boa experiência para mim, pode ser uma boa para você. A única coisa que digo é: não vá com grandes expectativas para não se decepcionar.


12 comentários:

  1. Estou com esse livro aqui
    Mas ainda não tive tempo de ler
    Já estou seguindo *~

    Beijos
    |•| http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ixi, que horror. Parece uma coisa bem confusa, hein? Já fiquei, logo ao ler a sinopse e depois a resenha... Imagina com o livro? Realmente não me chamou a atenção e, desculpe, mas não lerei mesmo.
    Mesmo assim gostei da sua resenha, é ótimo quando vemos que uma pessoa escreve exatamente o que pensou durante a leitura... Como você! Parabéns.
    Beijos!

    Amor em Ler
    Estou sorteando um Vale Presente de R$ 50,00 lá no meu blog. Que tal você participar aqui?
    Também está rolando outra promoção, em parceria com vários blogs, onde estaremos sorteando 10 kits contendo livros + mimos. Se quiser saber mais, só clicar aqui.

    ResponderExcluir
  3. Oi Neyla,
    menina eu estava bem curiosa para ler este livro, mas agora você me desanimou um pouco. Bom saber que vou com menos empolgação.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Vixi Amiga...
    Também achei que esse seria um livro super divertido...
    Pena que não te conquistou viu!
    Dá uma raiva quando esperamos algo e quando vamos ler não tem nada a ver... =/

    Mais sorte com a próxima leitura!

    Beijokinhaaas!
    http://aestranhaestantedagi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ai amiga!! Eu estava em dúvida se leria este livro... acho que não vou ler não.
    Se você que é fã do gênero bem mais do que eu, imagine se eu ler o que vou achar?!!!!!!!

    Uma pena. Gostei da capa e achei o título bem sugestivo, mas acho que vou pular este.

    A resenha está perfeita!! Adorei!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Neylinha, também não curti não viu, ainda bem que o livro foi curto! Affff

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá Neyla!
    A capa e a sinopse me atraíram muito... Mas foi só isso. A sua resenha tirou qualquer encanto que tinha sobre o livro, rs.
    Espero conhecer melhor a obra algum dia, mas não estou nem um pouco a fim de fazer isso agora.
    É triste quando os personagens não se encaixam :/
    Ótima resenha!
    Beijos,
    Ana M.
    http://www.vicioemlivros.com/

    ResponderExcluir
  8. Logo que o livro foi lançado, o barulho foi grande, diziam ser muito bom e tal, mas daí foram surgindo as resenhas e o povo começou a dizer que não era assim tão bom, e eu decidi colocar o livro para ser lido mais adiante, fazer o que né.

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. to tão animada pra ler esse livro, até comprei, mas só to lendo resenhas meio negativas!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá Neyla,

    Esse livro esta na minha lista de espera de leitura e não sabia muito o que esperar dele até ler a sua resenha, agora sei que não posso esperar muito...vamos ver....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Neyla! Menina que sufoco foi essa leitura, eu não li ainda, mas já estou sem nenhuma expectativa, por pior que seja uma história, sempre conseguimos tirar algo bom, mas pelo visto este não foi o caso, acreditava em algo leve e divertido, uma pena não ser o que parece.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  12. OI Neyla

    Eu olho para capa desse livro vejo esse título, leio a sinopse e fico tão sem vontade de engatar uma leitura. Tudo nele me desanima.
    Achava que seria algo mais divertido, mas pelo jeito é melhor não arriscar pelo menos por enquanto.

    Beijos
    http://mundo-de-papel1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir