quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Nós Vimos: Guardiões da Galáxia


Uma equipe com quase cinquenta anos de criada, várias formações ao longo de sua existência e que nunca teve tanto prestígio a ponto de se destacar entre os mais vendidos. Até a saga Aniquilação a equipe não tinha espaço nem entre as equipes do universo cósmico da Marvel, mas ali tudo mudou. Uma nova formação com personagens incomuns e desajustados começaria a ganhar público com seu carisma e aventuras espaciais diferenciadas. Em uma jogada arriscada, se valendo do sucesso de seus projetos anteriores e da confiança do público, a Marvel Studios resolveu apostar em Guardiões da Galáxia como abre alas de sua expansão. O resultado disso? - BINGO! -  Acertou novamente, Marvel.

Da Marvel, o estúdio que trouxe franquias globais campeãs de bilheteria como Homem de Ferro, Thor, Capitão América e Os Vingadores - The Avengers, chega uma nova equipe — os Guardiões da Galáxia. Uma aventura espacial com muita ação, Guardiões da Galáxia da Marvel expande o Universo Cinemático Marvel para o cosmo, onde o impetuoso aventureiro Peter Quill, o Senhor das Estrelas, se vê como objeto de uma caçada implacável após roubar uma misteriosa esfera cobiçada por Ronan, um vilão poderoso com ambição que ameaça todo o universo. Para fugir do determinado Ronan, Quill é forçado a fazer uma complicada aliança com um quarteto de desajustados: Rocket, um guaxinim atirador, Groot, uma árvore mutante humanoide, a mortal e enigmática Gamora e o vingador Drax, o Destruidor. Mas quando Quill descobre o verdadeiro poder da esfera e o perigo que ela representa para o cosmo, ele deve fazer seu melhor para reunir seu grupo desorganizado para uma última e desesperada resistência para proteger a galáxia.

Com roteiro e direção de James Gunn, Guardiões da Galáxia chega para renovar os ares e trazer uma adaptação com uma pegada totalmente original para as telonas. Respeitando ao máximo o conceitos e históricos dos personagens, e sem fugir da proposta de universo unificado que Marvel vem construindo, Gunn cria um filme com personalidade e força singulares. O filme aposta no estranho e renova as produções do estúdio com sua irreverência. Inclusive o desfecho acontece de maneira totalmente inesperada (não o quê em si, mas a forma que acontece). O clima da obra a todo momento nos remete a filmes de outras épocas, em especial os anos 70 e 80, com referências visuais e outras apresentadas no roteiro. 
As personagens são bem construídos (dentro de suas limitações, já que seria impossível aprofundar demais em suas origens) e interpretados de maneira inspirada por todo o elenco. Apesar de claramente Peter Quill ser o protagonista principal, Rocky, Gamora, Groot e Drax tem seus momentos para explorarem suas próprias histórias e mostrar suas habilidades. Guardiões da Galáxia é um filme de equipe do modo mais literal possível não tendo espaço para apenas uma estrela brilhar. E esse mesmo fenômeno acontece com os antagonistas. Apesar de Ronan ser a principal pedra no sapato dos heróis, ele não é a única ameaça dando espaço para Nebula e seu ódio de tudo, e para o anti-herói Yondu e sua desavença com o Senhor das Estrelas.


Para não perder o costume os efeitos visuais são incríveis. A computação gráfica de nível elevado só não se destaca no filme por a maquiagem conseguir manter também em alto nível dando aos personagens características únicas que vão além da personalidade. Com certeza esse é o filme mais colorido da Marvel com suas várias espécias e vestimentas vibrantes representando a variedade no espaço. O 3D é um elemento que funcionou bastante com a produção e mesmo nas cenas de ação funciona perfeitamente. Contudo, quem assistir em salas convencionais não sofrerá com a perda do efeito. 
A trilha sonora praticamente é um personagem a mais na trama. Digo isso porque toda a seleção de música usadas no filme são parte da coletânea Awesome Mix Vol.1 - uma fita cassete com música selecionadas pela mãe de Quill - uma das últimas lembranças que o personagem tem consigo da terra e da qual não desgruda por nada no mundo. Em vários momentos a trilha é parte integrante das cenas e não apenas um pano de fundo, inclusive gerando situações por causa dela. Vale a pena destacar que a seleção de músicas é espetacular e totalmente retrô (já que são de antes de 1988 quando Senhor das Estrelas é tirado da terra): com nomes como Marvin Gaye, The Runaways, David Bowen e Jackson 5.
O filme com certeza absoluta será um dos mais divertidos que irá assistir esse ano, pois consegue dosar perfeitamente ação, dramas pessoais, comédia e aventura sem quebrar ritmo cada qual seu devido momento. Mantendo para o espectador uma experiência extremamente positiva, capaz de agradar pessoas de dos mais variados gostos e idades (mas vale lembrar que o filme tem classificação 12 anos e algumas piadas não são para o público infantil). Guardiões da Galaxia é diversão descompromissada e garantida, vale a pena conferir e se encantar por esse grupo tão exótico de heróis. 

Ps. A Cena extra desse filme não acrescenta em nada para quem não conhece o Universo Marvel mais a fundo. Se você não é uma dessas pessoas provavelmente se frustará ao vê-la. Não crie expectativas.

                                                                  TRAILER                                                                    


Guardiões da Galáxia
Título Original: Guardians of the Galaxy
Lançamento/Duração: 2014 - 121 minutos - Gênero: Aventura
Direção:  James Gunn
Roteiro: James Gunn, Nicole Perlman
Elenco: Chris Pratt, Zoë Saldana, Bradley Cooper, Vin Diesel, Lee Pace, Dave Bautista, Benício del Toro, Josh Brolin, Glenn Close, John C. Reilly, Karen Gillan, Djimon Hounsou, Michael Rooker


9 comentários:

  1. Esse é um filme que não tenho vontade de ver. Ate assisto quando passar na tv, mas no cinema prefiro assistir outro hehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. TEnho vontade de assistir ao filme, mas preciso achar uma sessão legendada o que está difícil

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    poxa estava bem curiosa com este filme. Acho que vou gostar sim, mas vou dar preferência ao planeta dos macacos rsrsr

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Este filme é um clássico como há muito não se fazia.

    ResponderExcluir
  5. Tinha expectativa ruim para Guardiões da Galáxia e boa para Planeta dos Macacos. Achei Planeta dos Macacos uma merda e Guardiões da Galáxia melhor do que Vingadores. Está no nível de um Star Wars pela singularidade.

    Ah, falar que vai esperar passar na TV para assistir deve ser ato de falho que significa:
    1- Falta de grana.
    2- Preguiça e Falta de Grana.
    3- Desejo de auto afirmação como (pseudo)critica culta de cinema e... falta de grana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente vou fazer algo que você não fez: respeitar a opinião alheia. Assisti a ambos os filmes e não concordo quando a Planeta dos Macacos ser uma merda, mas aí cada um na sua. Concordo quando a singularidade de Guardiões da Galáxia, realmente um filme muito bom.
      Em segundo, mas não menos importante: Ninguém é obrigado a ver um filme apenas por nós gostarmos. Para nós que gostamos TODOS deveriam ver e sentir como nos sentimos, mas não é necessário (e nem justificável) tentar ofender as pessoas que não partilham da nossa opinião. Ainda mais de forma anônima.
      Espero que volte a comentar e opinar por aqui, mas de forma menos radical da próxima vez.
      Abraços!

      Excluir
  6. Queria ver, Ace. Parece um filme incrível e sou apaixonada por esses estilos. Confesso que gosto de assistir os extras, mas vou me ater a vontade, rs. A Marvel faz filmes excelentes, embora tenha deixado a desejar nesse quesito. Isso não me importa muito, afinal, nem tudo é perfeito e deve ser levado em consideração que eles são os melhores. Adorei seus pontos em análise e com certeza vou ver. To babando aqui.

    Ah, outra coisa, eu li esse comentário aí, o último e li o seu. Fiquei totalmente indignada, primeiro porque nem sequer se apresentou, usou o anônimo para comentar. Não teve coragem de dar a tapa para bater. Só aí já perdeu o meu conceito. Sem contar que opinião cada um tem a sua, mas nesse caso desse anônimo aí.. Anonimato não se opina, se esconde.
    Sua resposta foi fantástica.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    ResponderExcluir
  7. esses filmes tem mesmo muitos efeitos, quem ve acho que fica encantado e abobalhado ao mesmo tempo pois são tantos efeitos que tornam tudo mais real e fantástico!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Ace,

    Acho pela sua resenha que esse filme deve ser o máximo e mais um Marvel nos cinemas...legal, excelente dica...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir