segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Ligeiramente Casados


À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse Custe o que custar!. Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum. Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias. Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar. Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...
Título: Ligeiramente Casados
Série: Os Bedwyns Livro 01
Editora: Arqueiro
Autor (a): Mary Balogh
Número de Páginas: 288


Quando vi Ligeiramente Casados entre os lançamentos da Arqueiro fiquei empolgada. Primeiro por ser um romance de época, algo que eu amo! E segundo por ter uma capa absurdamente encantadora! Com a curiosidade a mil comecei a leitura. Confesso que estava cheia de expectativas e, justamente por isso, senti medo de me decepcionar. Mas, com o início da leitura vi que meus medos eram infundados e vou contar agora o por quê.
Em meio aos destroços de uma guerra, o coronel Ainda Bedwyn encontra o capitão Percival Morris agonizando. Há alguns anos, o capitão salvou sua vida e agora, antes de morrer, é ele quem lhe pede um favor. Morris pede ao coronel para que dê, pessoalmente, a informação de sua morte à sua irmã Eve. E pede para que ele faça o que puder para protegê-la, custe o que custar. Óbvio que o coronel irá cumprir a promessa, afinal ele deve a vida àquele homem e, além do mais, nunca deixaria de honrar uma promessa. Mas as coisas se mostram ser mais complicadas do que ele poderia imaginar.
Ao chegar ao Solar Ringwood ele conhece Eve Morris, a jovem irmã do capitão. Ela, que aguardava ansiosamente a chegada do irmão, vê-se frente a uma notícia que não esperava receber. Percy era seu único irmão e a dor pela sua perda é enorme. E ele ainda precisa lidar com algo maior: a perda de sua fortuna e do lugar onde vive. A única coisa que pode impedir que isso aconteça é ela cumprindo uma  das cláusulas do testamento de seu pai: casar-se. 
Casar nunca foi algo que o coronel desejasse, mas tendo em vista sua promessa de protegê-la custe o que custar, ele decide casar-se com Eve para que ela não perca tudo e fique desamparada, juntamente com os seus "incapazes". Sem ter outra escolha, ela decide aceitar casar com o coronel. Ambos sabem que esse casamento nunca será consumado e que, quando ele retornar ao seu exército, nunca mais verão um ao outro. Só que o destino resolver pregar uma peça a ambos e, quando o duque de Bewcastle toma conhecimento do casamento do irmão, decide que sua esposa precisa ir para Londres e ser apresentada como Lady Aidan Bedwyn. Cada dia mais próximos, conhecendo-se mais, será que eles ainda levarão adiante a ideia de ter um casamento apenas de aparências?
Não sei dizer o que mais gostei no livro. Para início de conversa, me chamou atenção a personalidade dos personagens. Eve é uma moça praticamente independente, que administra suas terras sozinha e que, com sua generosidade, ajudou diversas pessoas que estava à margem da sociedade e lhes deu emprego e uma oportunidade de sentirem-se úteis. Apesar do bom coração, da maneira gentil e amável com que trata a todos, é também durona e teimosa, o que deixou a convivência com o coronel muito divertida. Ele não é uma das pessoas mais fáceis de lidar. Frio e distante, Aidan é um homem que está sempre com o cenho fechado, como se nunca na vida houvesse dado um sorriso. Pra piorar, é mandão e sua forma hostil, e por vezes irônica, de falar são irritantes. Mas, para minha completa surpresa, a química entre ambos foi forte e eles formaram um casal adorável.
A história é romântica e bem divertida, gargalhei em muitas partes. E temos uma visão glamourosa de Londres, dos bailes e cerimônias de apresentação. Essas passagens sempre me encantam por ser uma época que eu adoraria ter vivido. Também podemos conhecer, embora não tão a fundo, um pouco sobre os irmãos do coronel, que irão protagonizar os outros livros da série. Dou destaque ao Duque de Bewcastle, que é o mais velho e o mais arrogante dos irmãos. De personalidade forte e marcante, ele me ganhou de imediato e já me vejo ansiosa pelo livro dele (que, infelizmente, não será o próximo a ser lançado).
A leitura é rápida e os amantes dos romances de época certamente irão amar. Eu, que sou leitora ávida do gênero, me vi totalmente inserida na história e, ao final, extremamente apaixonada. Com toda certeza, um livro que você não pode deixar de ler.

13 comentários:

  1. Oie Neyla =)

    Ah!!! Eu estou morrendo de vontade de ler esse livro *---*
    Espero ter oportunidade em breve!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  2. ai Neyla ja tava de olhão cumprido nesse livro antes da resenha, agora então, estou quicando na cadeira! quero muito!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adoro o gênero e curto ainda mais quando tem a ver com famílias.
    De fato, as personalidades dos personagens são bem distintas e interessantes. Gosto muito quando as mulheres são fortes e determinadas.
    A trama parece leve e divertida, levando o leitor a se apaixonar por cada detalhe.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu particularmente sou viciada nos romances de época da Arqueiro e de todos só falta esse! Mas eu não tinha a menor ideia do que esperar do livro até ler sua resenha, que, aliás, está ótima!Ao que parece o livro não é nada entendiante e eu adoro protagonistas fortes! XD

    Beijocas, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Neyla, toda vez que passo numa livraria e vejo esses livros eu penso em você!!
    É muito sua cara, toda fofura do mundo!!!

    Já curti muito isso tudo, mas ultimamente não. Nem tem motivo, acho que é só o momento mesmo.

    Porém adorei a resenha, e se fosse pra eu voltar a ler esses gênero, voltaria com Ligeiramente Casados.

    Primeiro por ser em Londres, depois por ser divertido. Não tem como eu não curtir!!

    Amei!!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  6. Oie Neyla
    esses romances históricos são muito amor. Dá vontade de acompanhar todos!! E por ser ambientado em Londres, deu ainda mais vontade de ler.
    Bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  7. Terminei esse livro ontem, e posso dizer, não é ruim. Mas a autora não conseguiu me vender a história de jeito nenhum. Nem mesmo no final do livro, quando eles estavam prestes a se confessa, eu ainda não estava convencida de que eles tinham se apaixonado. Porque eles não tinham! Não tem nada na história, nem um capítulo si quer que me mostre sinais de "eu estou me apaixonando".

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie Neyla,
    menina para tudo.
    Eu quero este livro!!!

    adorei sua resenha.

    dica mega anotada!!

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Neyla

    Tenho lido algumas resenhas não tão empolgadas sobre esse livro. As pessoas estavam cheias de expectativas por causa do sucesso dos outros históricos lançados e acabaram se decepcionando. Eu estou disposta a arriscar, amo um bom romance de época e quero conferir essa história.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  10. Ei Neyla,

    Acabei de ler esta resenha em outro blog hahahah
    adorei o livro, parece ser lindo!
    Sua resenha ficou ótima!
    Eu não sou amante deste tipo de leitura pq eu ainda não li, mas acredito q vou gostar!

    Bjos!!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Ainda não li nenhum dos livros desta série mas tenho muita vontade. Gostei muito da resenha, me interessei muito pelo enredo, pois adoro romance histórico e fiquei curiosa para saber como será o desfecho. Deve ser mesmo apaixonante. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com.br | Participe do sorteio no blog (aqui)!

    ResponderExcluir
  12. Oi Neyla! Uma das minhas próximas leituras, sou apaixonada pelo gênero, são aqueles livros que eu abro na certeza que vou gostar, sempre suspiro muito imaginando viver nesta época.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  13. Olá Neyla,

    As resenhas que leio desse livro são muito positivas, também aprecio romances de época e vejo que esse não deixa a desejar...parabéns pela resenha...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir