segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Primavera de Cores

A Primavera chega a Florianópolis e com ela vários acontecimentos que irão marcar para sempre a estação das flores. Um clima de mistério envolve Helen e seu futuro. Um sonho tenebroso encontra seu repouso da noite e trará muito mais que um descortinar de acontecimentos vindouros, mas a revelação do seu próprio destino. Enquanto Helen firma sua esperança nas promessas de um sonho, ela passa a ser perseguida por dramas que acometerão não apenas sua trajetória, como também a das pessoas mais importantes de sua vida. A estação será marcada por suspense, romance e emoção. Uma tocante história com uma lição inesquecível sobre o perdão, a liberdade, o valor das amizades e o poder do amor.
Título: Primavera de Cores
Série: Foi Assim Que Te Amei
Autor: Adriana Brazil
Editora: Novo Século
Nº de Páginas: 296


Foi Assim Que Te Amei é uma das minha séries favoritas da atualidade. Quem leu as minhas resenhas de Outono de Sonhos e Inverno de Cinzas sabe o quanto sou apaixonada pela história e pelos personagens. Os livros me cativaram pelo romance puro e, principalmente, pela escrita de Adriana que é extremamente envolvente. E as coisas não mudaram em Primavera de Cores.
O inverno passou e a primavera chegou para encher de cores e flores a vida de Andrew e Helen. Juntos, após tantos empecilhos, eles não poderiam estar mais felizes. Andrew está de volta à faculdade, a história do Príncipe e a Plebeia vai virar peça de teatro, a saúde dele está cada dia melhor e, na sua vida pessoal, tudo começa a ficar melhor. Mas esse mar de rosas está prestes a ser abalado.
Tudo começa com um sonho estranho e premonitório, onde Helen vê tudo seu redor mudar e se transformar em algo sombrio. A sensação ruim a angustia, mas ela não consegue imaginar o que aquele sonho representa, mas pressente que algo está para acontecer.
E realmente acontece. Ciúmes, brigas, acidentes e lágrimas. Karen, que teve uma participação apagada nos dois primeiros livros, mostrou-se uma verdadeira víbora descontrolada e invejosa. Decidida a separar Helen e Andrew, ela vai tentar de tudo (e é tudo mesmo) para conseguir alcançar seus objetivos. Fiquei boquiaberta ao ver o quão baixo ela pode ir para separá-los. E sabem o pior? É que conheço várias "Karen" que, podem não fazer o mesmo, mas com certeza fariam algo parecido para ter aquilo que querem.
Eu, que esperava uma livro regado a sorrisos, me surpreendi com a quantidade de acontecimentos tristes que acontecem. Me surpreendi com muitos fatos, me emocionei, chorei, me irritei, foi uma leitura intensa. E eu não esperava nada de diferente vindo de Adriana. Sua escrita continua incrível, encantadora e apaixonante. É impossível não se apaixonar por essa história de amor doce e terna, que aquece o coração.
Como já falei ali em cima, nesse volume Adriana realmente inovou e me deixou surpresa com o rumo que a história tomou. Na parte da ação, com direito a invasão de casa e perseguição de carros, eu quase dei um pulo da cama. Foi fantástico! Porém, achei que ela poderia ter explorado melhor alguns dramas, deixado mais questões em aberto, ter feito com que o leitor sofresse um pouquinho mais. Vocês sabem que eu gosto de sofrer em relação a livros e eu queria tanto, tanto, tanto que alguns finais felizes só viessem depois de mais sofrimento. Mas enfim, mesmo sem o prolongamento do sofrimento que eu tanto desejava, a história me conquistou.
Se você é romântica, assim como eu, se gosta de um romance meloso, fofo e lindo, precisa ler esse livro (e os demais livros da série, claro). Estou ansiosa demais para ler o último volume da série, afinal Adriana deixou um grande mistério no ar. Pelo visto, mais surpresas vem por aí.
Livro mais que recomendado!

9 comentários:

  1. Oi Neyla! Tenho os dois primeiros e ainda não li, na verdade acho que vou esperar sair toda a série e ler de uma vez, confio na sua opinião para romances e acredito que vá ser aquela leitura delicinha. E tem até mistério? Muito bom.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oie, gostei muito da resenha. A Adriana escreve mesmo muito bem, emociona a gente com facilidade mesmo.

    E você queria ainda sofrer um pouco mais?? Ai que dor!!!! rsrsrs

    Adorei flor!! Essa série é sua cara mesmo ♥

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro um romance, então acho que a leitura fluiria pra mim. E cara, eu adoro livros que me façam sofrer também! hahaha Parece que quando tudo se acerta, é mais gostoso de ler né? quando tem aqueles sofrimentos tensos demais! kkk
    Fiquei curiosa pra ler a série!
    Beijos

    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir
  4. Oi neyla

    Nunca li nada da Adriana, mas sempre vejo resenhas bastante positivas sobre seus livros. Gosto muito de histórias que mexem com as nossas emoções esse parece ser o livro certo.
    Por ser uma série prefiro esperar para ler tudo de uma vez, mas assim que tiver chance vou querer conhecer melhor essa história.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Eu não conhecia essa série.
    Fiquei interessada, principalmente por conter cenas de ação.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  6. Oie Neyla =)

    Tenho o primeiro livro dessa série em casa, mas ainda não consegui ler ele =(
    Só leio resenhas positivas e sei que vou precisar preparar meus lencinhos rs...
    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  7. A Adriana Brazil tem este poder mesmo, de captar todos os nossos sentimentos...

    Sim esta é a série mais linda que já li, sou apaixonada por toda a turma de Floripa.
    Assim como Outono de sonhos e Inverno de cinzas, Primavera de cores é fantástico... e as cenas sempre despertaram em nós, muitos sentimentos.
    Sem falar que o casal Helen e Andrew está uma fofura só, apaixonantes como sempre.
    O mistério que ficou no ar, me deixou com um gostinho d quero muito mais livros da Adriana Brazil!!!
    Parabéns pela resenha, Neyla.

    ResponderExcluir
  8. Estou doida para ler essa série. Tudo que leio a respeito da autora são elogios.
    Confesso que não gosto de tanto drama, tanta tristeza, mas a narrativa parece compensar tudo. Aliás, adoro autores com habilidade de mexer com nossos sentimentos, nos fazer sorrir, chorar, etc.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Neyla. Nunca li nada da Adriana, mas fiquei bem curiosa com essa sua resenha. Amei! E realmente existem muitas Karens por aí, mas a gente tem que fazer o nosso melhor né. Adorei a resenha. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir