quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Perdendo-me

VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.
Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?



Título: Perdendo-me
Série: Losing It
Autor(a): Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288


Perdendo-me foi uma surpresa para mim. Lembro que, quando o recebi, entortei o bico. Meu pensamento era: "Lá vem mais um desses livros de fórmula batida e história chata.". Depois de algumas decepções com livros desse gênero, confesso que não esperava muita coisa dele. Porém, logo nos primeiros capítulos ele me surpreendeu e, apesar de não ter sido uma leitura excepcional, valeu muito a pena.
Bliss está no último semestre da Faculdade de Artes Cênicas e é a única da sua turma que ainda é virgem, posição essa que a incomoda. Acontece que Bliss é o tipo de pessoa que quer estar sempre no controle da situação e sexo é algo que ela ainda não se sente preparada para fazer. Porém, por querer tanto mudar seu status, ela decide que a melhor forma de perder sua virgindade é com alguém que ela nunca mais verá na vida.
Acompanhada por sua melhor amiga, Kelsey, elas vão a uma boate e lá Bliss conhece Garrick. Lindo, atraente e dono de um sotaque inglês extremamente sexy, ele é o tipo de cara que toda garota deseja. E é claro que não passaria despercebido por Bliss. A atração entre ambos é grande e é claro que as coisas irão se encaminhar para o óbvio: sexo! Porém, na hora H, quando já estavaM nus e no apartamento de Bliss, ela se desespera e dispensa o bonitão com uma desculpa esfarrapada.
Ainda se sentindo frustrada (como é que ela pode ter agido feito uma idiota na frente daquele gato?), mas tendo como consolo o fato de que nunca mais o veria, ela retorna às aulas e, adivinhe só quem será seu novo professor? Garrick.
A trama começa a se desenrolar a partir desse fato, mas não pensem que o livro se atém somente a esse fato. Alguns conflitos são inseridos na história, porém o que mais se destaca é a forma divertida como tudo acontece e foi isso que me fez gostar do livro. Estava esperando uma história sem graça, com uma protagonista que fosse cheia de conflitos internos e um romance que fosse ralinho e insosso. Me surpreendeu ter uma protagonista atrapalhada e divertida, e que apesar de ter suas neuras, não é nem um pouco chata. 
Isso não quer dizer que o livro seja perfeito. A história é extremamente previsível e logo quando começamos a ler já sabemos o que vai acontecer, quais conflitos serão abordados e como será o final. Eu não tenho nada contra os clichês, mas as vezes sinto falta de uma trama mais original. A escrita da autora é fluida, ágil, mas em algumas partes eu a achei meio "verde". Torço para que ela tenha amadurecido um pouco mais sua narrativa nos próximos volumes.
Como falei acima, o que diferencia Perdendo-me dos muitos livros do gênero que já li, é o humor inserido na história já que sem ele a história teria se tornado mais do mesmo. Gostei da experiência e pretendo ler os próximos livros da série. Recomendo.


9 comentários:

  1. Oi Neyla! Gostei deste livro por ter este lado mais divertido, a maioria dos livros do gênero traz um casal trastornando e este aqui apresentou duas pessoas normais, o que deixou a trama mais leve.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Interessante! Como a Cida apontou aíem cima, fazem falta os casais de pessoas normais ahah É normal a escritora estar verde em um trecho ou outro, também espero que ela melhore - o que nem sempre acontece: já li um ou dois livros que a autora regredia... Enfim,ótima resenha!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Neyla!
    Eu curti assim como você este livro. Realmente é bem previsível, mas o humor presente nele torna a leitura dinâmica e muito agradável.
    Estou ansioso pelo segundo livro e espero que seja ainda melhor.
    Adoro as capas de cada livro. <3
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  4. vi opiniões bem divergentes sobre Perdendo-me. No começo fiquei a fim de ler, depois desanimei, depois resolvi que se ele aparecer dando bobeira, eu leio, nem que seja emprestado, mas por ora mesmo, tenho outras leituras mais 'urgentes'...
    A premissa de relação aluna*professor me interessa, mas... bem, espero que eu goste do livro, caso o leia... xD
    tô meio confusa hoje, mas xD enfim... xD
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Eu também já li esse livro e gostei bastante *-* achei bem fofo
    Sua resenha ficou ótima!
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  6. Oi, Neyla!

    Há meses que eu quero ler esse livro, mas o que me faz hesitar é isso: o medo de ser mais do mesmo. Li resenhas positivas e negativas, o que fez com que eu enrolasse ainda mais para comprá-lo. Fico contente em saber que tem um diferencial, especialmente por ser justamente o lado cômico. Acho que darei uma chance!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Neyla,
    li este livro faz pouco tempo e achei muito bom. Achei bem legal a narrativa do autor.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ainda estou com aquela visão de que o livro não me agradaria, Neyla. Não curto livros com essa temática e não suporto coisas clichês com aquele mimimi de sempre. Gosto de tramas que trabalham o psicológico do leitor e fico fascinada quando isso acontece e envolve-nos.
    Bom, essa obra tem lá o seu diferencial, mas não para mim. Até leria se o tema não fosse esse, e essa capa não me chamou a atenção de início rs.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher, kit de marcadores e 3 ganhadores.

    ResponderExcluir
  9. Oi Neyla. Tenho que confessar que esse não é um daqueles livros que me atrairiam pela capa ou sinopse, mas agora que li a sua resenha fiquei super interessada. Adoro livros que tenham humor inseridos em sua trama. Acho que eu ficaria roxa e não saberia onde me esconder se o carinha que eu sai e fugi fosse o meu novo professor! kkkkk :P Adorei! :D Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir