quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Nove noites e um sonho de outono










Kelley Winslow está vivendo seu sonho. Aos 17 anos de idade, ela se muda para Nova York e começa a trabalhar em uma companhia de teatro. Ela ainda é, claro, apenas uma assistente e eventual substituta, mas um dia as coisas começam a mudar: a atriz que interpreta a protagonista Titânia em “Sonho de uma noite de verão”, de Shakespeare, sofre um acidente, e ela tem uma chance de assumir o papel principal. Nesse mesmo dia, ela passa a perceber que o mundo mágico é mais real do que pensava. Ela conhece um lindo jovem chamado Sonny Flannery, a atração entre os dois é imediata, mas o rapaz é, na verdade, um dos guardiões do portal do Samhain, que dá passagem para o outro mundo. A cada solstício de inverno, o portal se abre, mas a cada nove anos ele permanece aberto durante as últimas nove noites do outono. E é nesse breve tempo que ela, ao descobrir sua verdadeira descendência, se vê ameaçada por uma terrível trama, que coloca em perigo o mundo real, o mundo encantado e a promessa de viver um amor verdadeiro.
Título original: Wondrous Strange
Páginas: 320
Editora: Editora Gutenberg
Editora origem: International Editors’ Co.
Coleções: Série Três Atos 



Olá, queridos,
Nove noites e um sonho de outono é uma grata surpresa! Um misto de realidade onde a fantasia natural se infiltra na vida das pessoas. Não bastasse essa temática, ainda é inspirado em Shakespeare... como não amar? Ele foi lançado em comemoração aos 450 anos de Shakespeare. 
O livro começa nos apresentando a Kelley Wislow, 17 anos, abandonou a escola de teatro e mudou-se para Nova York com o sonho de ser atriz, estava na quinta semana de ensaios da peça Sonhos de uma noite de verão, de Shakespeare, mas era apenas uma atriz substituta, seu primeiro emprego aos 17 anos. Para a sua surpresa, a atriz principal tem um problema e terá que ser substituída por ela interpretando o papel de Titânia. Divide um apartamento com sua amiga e é uma garota comum. Foi criada pela tia porque seus pais morreram em um acidente de carro. 
Paralelo a isso, vamos conhecer Sonny Flannery. Ele é um Jano, capaz de sentir cada alma viva onde estivesse e guardião do Portal do Samhain. 
Após um dia desastroso na vida de Kelley ela resolve ensaiar no Central Park, o seu caminho vai se cruzar com o caminho de Sonny e a partir dai a divisão entre realidade e imaginação se tornará bem confusa na vida dela. 
“Ele quis pedir desculpas. Oferecer-lhe a vida por aquela grave ofensa. Humilhar-se diante dela. A criatura que estava diante dele, gloriosa como as estrelas, devia ser venerada e temida. (...) A luz dela se derramava sobre ele, e ele sabia que era terrivelmente indigno...”
Vamos descobrir que o Central Park é apenas um disfarce para esconder o único portal que resta entre o mundo mortal e o Reino Encantado, escolhido por ser um local de preservação da natureza logo, um habitat natural para os seres mágicos. Havia 4 portais espelhados pelo mundo, mas Auberon, rei do Inverno, decidiu fechá-los após a transgressão de um mortal. Mas como nada é perfeito, houve uma falha em seu encantamento e assim, todos os anos, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e o nascer do sol do dia 1º de novembro, o Portal de Samhain, que ficava no Central Park se abria por uma noite, mas a cada nove anos ele permanecia aberto por 9 noites seguidas!
Para proteger o portal Auberon decidiu os melhores mortais para a tarefa, que foram raptados e criados no Reino Encantado, selecionando treze deles que formavam os Guardiões Janos, Sonny é o melhor deles. 
Com uma linda capa, diagramação muito bem feita e tradução impecável, a Gutenberg está de parabéns por esse lançamento!
Primeiro livro de uma trilogia que tem como fundo peças de Shakespeare, Nove noites e um sonho de outono é um juvenil bem original e maduro. Sem clichês, triângulos amorosos, brigas entre colegas, mas apresentando problemas reais de todo adolescente como as relações familiares e com muito romance e encantamento. A autora nos guia pelo mundo encantado das quatro Cortes dos Seres Mágicos, onde conhecemos a rainha Mab e suas Bruxas da Tempestade, a história fascinante da Caçada Selvagem, seres mágicos como os bucca, cavalos fantásticos, fadas e tantos outros em mundo com aventura, mistério, magia e muito romance. Recomendo!!!


5 comentários:

  1. Oie Adriana,
    Ohhh já amei pela capa, e quando disse Shakespeare já ganhou mais um pontinho. Adorei a resenha.
    Vou add na minha lista de desejados.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu acho essa capa um escândalo de linda!!

    Gostei da premissa, gostei por ser um livro adulto sem clichês... gostei de tudo e da resenha também!!

    Bjksssssss

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Adriana.
    Eu não conhecia esse livro, mas uma história com plano de fundo tendo Shakespeare como inspiração e abordando assuntos reais deve ser fascinante.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  4. Oi Adriana.
    Parabéns pela resenha, ficou muito boa. Realmente essa obra parece ser fantástica. Falou em seres mágicos já me ganhou! :D :D Achei bem interessante que a mesma apesar de tratar de temas adolescentes não traz um triângulo amoroso. Até que enfim. Não me entenda mal, até gosto de trios, mas é que ultimamente os encontro em quase todas as obras e está ficando meio batido isso.
    Adorei a resenha e adorei a premissa do livro. Já o incluí na minha listinha de próximas leituras. Bjoks da Gica.

    Uma Leitora Aquariana

    ResponderExcluir
  5. Olá Neyla,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, achei a premissa bem interessante, não gostei da capa, mas fiquei curioso com a história, boa dica....abraço.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir