segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Simples Perfeição

Woods teve sua vida traçada desde o berço. Cuidar dos negócios da família, casar com a mulher que os pais escolheram, fingir que riqueza e privilégios eram tudo de que ele necessitava. Então a doce e sensual Della apareceu e conquistou seu coração, abrindo seus olhos para um novo futuro. A vida do casal seguia para um final feliz, até acontecer um imprevisto: a morte do pai de Woods. Da noite para o dia, o rapaz herda o império Kerrington e, embora sempre tenha almejado essa posição, precisará de toda ajuda possível para provar que está à altura de tanta responsabilidade. Della está determinada a ser o apoio de que Woods necessita, mas os fantasmas do passado ainda estão presentes e mais intensos do que nunca. Pressionada pela ex-noiva e pela mãe de Woods, ela toma a decisão mais difícil de sua vida: abdicar da própria felicidade pelo homem que ama. Mas os dois terão a força necessária para seguir em frente um sem o outro? Concluindo a sedutora história de Woods e Della,
Simples perfeição é o romance mais surpreendente de Abbi Glines e mostra que encontrar alguém pode ser um golpe do destino, mas descobrir a perfeição ao lado dessa pessoa requer aceitar a si mesmo e superar os piores obstáculos a dois.
Título: Simples Perfeição
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288


Quem acompanha o blog sabe que Rosemary Beach é uma das minhas séries preferidas e que eu rasgo todas as sedas do mundo para a Abbi Glines por que ela me encantou com seus personagens e me viciou em seus livros! <3 Sério, eu praticamente devoro os livros dela e cada vez quero mais e mais. E com Simples Perfeição não foi diferente. Neste livro vemos a continuação da história de Woods e Della que se iniciou em Estranha Perfeição, livro que tem um final daqueles de arrancar os cabelos e que nos faz desejar ardentemente a continuação.
Após a morte do pai, um homem que exalava poder pelos poros, Woods se vê finalmente livre para fazer aquilo que deseja: poder tocar a frente os negócios da família e ficar ao lado da mulher que ama. Mas se ele achava que as coisas seriam fáceis, está redondamente enganado. Além de Angelina, que não se conforma com o fim do noivado, há também a mãe de Woods que não aceita a união do filho com uma mulher qualquer.
Em paralelo, acompanhamos Della e seus dramas. No primeiro livro conhecemos um pouco do seu histórico familiar e vemos o quanto ela sofreu desde muito nova. Os pesadelos, que eram constantes antes, diminuíram um pouco a frequência, mas ainda a incomodam. Como se não bastasse todo os seus conflitos internos, ainda precisa lidar com a fúria de Angelina e da mãe de Woods. Essa última por preferir a antiga noiva do filho e achar Della imprópria para ele.
Simples Perfeição é um deleite aos olhos. Eu, que sou apaixonada por essa série incrível da Abbi, me vi vidrada nas páginas, que por sinal viravam sozinhas. Abbi se superou e a trama foi muito além do trivial romance. Ela inseriu uma boa dose de drama nas páginas finais e me deixou com os olhos marejados. Foi, sem sombra de dúvidas, um excelente encerramento para a história de Woods e Della, onde ela amarrou bem as pontas relacionadas ao casal, mas nos deixou com outras tantas dúvidas sobre outros personagens. Além, claro, de nos brindar com rápidos vislumbres do que irá acontecer no próximo volume, que contará a história de Grant.
Apesar de ter amado o livro (dei 5 estrelinhas bem feliz), preciso dizer que Della ainda me incomoda muito. Na resenha de Estranha Perfeição deixei claro meu desapontamento com as atitudes dela. Porém, com o decorrer da história, fui vendo-a com outros olhos e cheguei até a nutrir uma certa simpatia. Entendam, não é que eu a odeie, mas acho que falta atitude e carisma para a tornar uma personagem bacana. Della não tem o mesmo brilho de Blaire, que apesar de ser uma garota com um passado doloroso, tem atitude, é firme e corajosa. Sei que ambas têm personalidades diferentes, mas não consigo sentir pela Della toda admiração que sinto pela Blaire.
Apesar de não ser o meu preferido, esse é sem dúvidas, um dos livros mais legais da série. Ele segue o mesmo padrão dos demais, tendo capítulos narrados em primeira pessoa e intercalados entre os personagens. algo que adoro já que posso ver os dois lados de uma determinada situação. Abbi não perde tempo com floreios e descrições minuciosas que por vezes se tornam maçantes. A narrativa é ágil e a leitura flui de forma intensa. Sou fã dessa série e acho que é uma das melhores do gênero atualmente.
Nem preciso dizer que recomendo, né? Se ainda não conhecem Rosemary Beach, não sabem o que estão perdendo! Alerto apenas para que leiam na ordem de lançamento para evitar possíveis spoillers. No resto, leiam e aproveitem (e depois me contem o que acharam).

7 comentários:

  1. Eu tenho vontade de retomar essa série só por causa do Woods.
    Nos primeiros livros da série eu me apeguei a ele... mas não sei pq não dei continuidade.

    Resenha tão delícia quanto o Woods, rsrsrs

    Bjkssssss

    Lelê

    ResponderExcluir
  2. Neyla, ainda não li estranha perfeição mas desde paixão sem limites Woods é meu personagem preferido! Tenho certeza que vou amar a história dele!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  3. Amo essa serieee!!!! E pra mim esse foi um dos melhores livros ja publicados. Realmente me surpreendeu. Espero que os próximos sejam lançados logo hahahaha
    Quanto a Della...ela é fruto de uma criação estranha e de dramas enormes na sua vida, temos q levar isso em consideração.
    ótima resenha!!!
    beijos, amore

    www.ilusoesnoturnas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    estou doida para ler este livro, parece ser muito bom e os demais da autora ainda não me decepcionaram.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Neyla, eu não gostei deste volume, achei que a autora deixou muitas pontas soltas, como o sumiço da Angeline. Também não gostei de como ela resolveu o problema psicológico da Della e nem da tragédia que ocorre no final do livro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. Não tenho vontade de ler essa serie. Já não tinha antes, e agora a pouco li uma postagem falando sobre o quanto os livros são machistas. Dai que me desanimei de vez. Mas que bom que você gostou.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Olá Neyla,

    Essa série é um sucesso, mas como não faz muito meu estilo não vou fazer nenhum comentário, mas vi que gostou bastante, abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir