quinta-feira, 16 de abril de 2015

Saída de Emergência & Editora Arqueiro - Abril

Salve leitores da encantada terra do Coisas de Meninas!
Hoje venho trazer para vocês os lançamentos das Editoras Arqueiro e Saída de Emergência para o mês de Abril. Vem coisa bacana aí, acho que vocês irão curtir bastante. Vamos conferir?
Mara, a filha mais nova da poderosa Casa dos Acoma, estava destinada a uma vida de contemplação e paz. Mas quando seu pai e seu irmão são mortos, sua vida muda de um dia para outro. Apesar do sofrimento, cabe a ela a tarefa de vestir o manto da liderança e enfrentar as dificuldades e os inimigos implacáveis.
Inexperiente na arte de governar, Mara terá de recorrer a toda a sua força e astúcia para sobreviver no Jogo do Conselho, recuperar a honra da Casa dos Acoma e assegurar o futuro de sua família. Mas quando percebe que os inimigos que quase aniquilaram a sua casa vão voltar a atacar com fúria renovada, Mara só tem uma dúvida: será que ela, apenas uma mulher, ainda quase menina, poderá vencer em um jogo perigoso no qual seu pai e seu irmão falharam?

Se não fosse pela magia, Atlanta seria uma boa
cidade para viver. No momento em que a magia domina, os carros param e as armas falham.
Quando a tecnologia assume, os feitiços de proteção já não protegem sua casa dos monstros. Aqui, os arranha-céus são derrubados pelo ataque da magia; homens-lobo e homens-hiena rondam as ruas arruinadas; e os Mestres dos Mortos, necromantes impulsionados pela fome de poder, comandam vampiros com suas mentes.
Neste mundo, vive Kate Daniels. Kate gosta um um pouco demais de usar a sua espada e tem dificuldade de ficar calada. A magia em seu sangue a torna um alvo, e ela passa a maior parte da vida se escondendo no meio da multidão.
Mas quando o guardião de Kate é assassinado, ela deve optar entre não fazer nada e manter-se segura… ou perseguir o assassino sobrenatural. Esconder-se é fácil, mas a escolha certa nunca o é...
Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.
Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.
Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith.
Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?
Neste segundo livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos conquista com mais um capítulo dessa família que, em meio ao deslumbramento da alta sociedade, busca sempre o amor verdadeiro.
Jeremy Marsh é um jornalista cético que dedica a vida a investigar e desmentir fenômenos sobrenaturais. Ele está no auge do sucesso, prestes a ir trabalhar na TV, quando recebe uma carta curiosa.
Nela, uma senhora relata a ocorrência de luzes estranhas e fantasmagóricas no cemitério de Boone Creek, uma pequena cidade na Carolina do Norte. Farejando uma boa história, Jeremy sai de Nova York e vai passar uma semana lá.
Quando começa suas investigações, ele conhece a obstinada Lexie Darnell. Responsável pela biblioteca local, ela está determinada a proteger as pessoas e a cidade que tanto ama - e nem um pouco disposta a confiar no forasteiro. Depois de sofrer pelo término de dois relacionamentos, ela tem duas certezas: a primeira é de que seu lugar é em Boone Creek, e a segunda é de que não se pode acreditar num homem tão sedutor quanto Jeremy.
O que ela não imagina é que o jornalista também tem suas feridas. Ele nunca conseguiu superar completamente a dor de seu casamento desfeito e a frustração de saber que jamais poderá ser pai.
Enquanto tenta descobrir a verdade por trás das luzes do cemitério, Jeremy tem que desvendar também os próprios sentimentos e se vê diante de escolhas muito difíceis, entre elas a de voltar para a vida que conhece em Nova York ou fazer algo completamente novo: acreditar.
O milagre é um romance que explora os maiores mistérios de todos: os do coração.
Um colossal épico cômico musical romântico policial de horror sobre viagens no tempo, fantasmas e detetives. — O autor
A série O Mochileiro das Galáxias consagrou Douglas Adams por sua fina ironia e sua capacidade de elaborar histórias hilárias e inusitadas. Porém, essa não foi sua única obra-prima. Também na década de 1980, ele criou o personagem Dirk Gently, cujos elementos principais surgiram quando escrevia episódios para Doctor Who, outro ícone britânico da ficção científica.
Adams morreu em 2001, deixando dois volumes sobre as aventuras do detetive carismático e arrogante. Agora, finalmente, o primeiro livro é publicado no Brasil.
Richard MacDuff é um engenheiro de computação perfeitamente normal que sempre se comportou muito bem, obrigado, até o dia em que deixa uma mensagem equivocada na secretária eletrônica de sua namorada, Susan Way. Arrependido, toma a decisão mais natural possível: escalar o prédio dela e invadir seu apartamento para roubar a fita com a gravação.
Na vizinhança, Dirk Gently bisbilhota os arredores com seu binóculo quando presencia o ato tresloucado do antigo colega de faculdade e decide entrar em contato para lhe oferecer seus serviços investigativos. Depois de uma série de acontecimentos bizarros, o detetive percebe uma interconexão obscura entre a atitude estapafúrdia do amigo e o assassinato de Gordon Way – irmão de Susan e chefe de Richard, que passa a ser suspeito do crime.
De uma hora para outra, os dois veem-se envolvidos num caso incrivelmente estranho, com elementos díspares e desconexos que, no final, conseguem se encaixar de forma perfeita e construir uma trama típica de Douglas Adams.
Este documento, querida amiga, vai abalar a Igreja.
Ao ler essas palavras em uma carta encontrada em um arquivo empoeirado, Thomas Kelly fica cético. O documento citado na correspondência está desaparecido, mas Thomas, padre da ordem dos jesuítas, duvida que exista algo com tal poder – até ser convocado ao Vaticano para iniciar uma busca desesperada por ele.
Enquanto isso, diante de um conselho formado por seus superiores, Livia Pietro recebe instruções claras: encontrar um padre jesuíta recém-chegado a Roma e juntar-se a ele na procura da Concordata, um tratado que contém um segredo tão chocante que poderá destruir para sempre todo o povo de Livia.
Enquanto pistas cifradas do passado lançam os dois em um universo traiçoeiro repleto de obras de arte, maquinações religiosas e conspirações, eles são caçados por pessoas capazes de tudo para achar o documento primeiro. Thomas e Livia, então, precisam correr para montar o quebra-cabeça capaz de redefinir os rumos da história e evitar o caos e a destruição que a revelação da Concordata poderá causar. Livia, porém, tem um segredo: ela e seu povo são vampiros.
Com uma narrativa que remete ao estilo de Dan Brown e ao terror sobrenatural de Anne Rice, O sangue do cordeiro é uma viagem inesquecível a um passado inimaginável.

E aí, ficou tentado por algum deles? Eu estou doido para ver o que Raimond E. Fiest aprontou depois da Saga do Mago, mas acho que conferiria o livro de Douglas Adams e o de Sam Cabot. Diz aí: qual você leria (ou não)?


12 comentários:

  1. Arqueiro como sempre trazendo novidades incríveis e eu já estou louca para conferir! A capa e a história de Sangue Mágico também me chamaram a atenção, eu quero. Tantos livros e tão pouco dinheiro chega até ser injusto ):
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Gente! A Arqueiro tá de parabéns com os lançamentos. Porém gostei mesmo de Ligeiramente Maliciosos :3
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. A arqueiro tá de parabéns tanto com os lançamentos tanto com as capas dos seus livros me interessei por ligeiramente maliciosos e sangue mágico

    ResponderExcluir
  4. Oi Ace,
    As editoras (Arqueiro e Saída Emergência) como sempre trazendo ótimos lançamentos!!
    “Ligeiramente Maliciosos” e “Sangue Mágico”, já estão na minha lista de futuras leituras.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ace!
    Eu leria todos com certeza, mas daria prioridade ao Nicholas Sparks com certeza.
    E em seguida Sangue mágico e Ligeiramente maliciosos e por último leria os outros.
    Arqueiro arrasando nos lançamentos como sempre.
    Bom final de semana!
    “O segredo da felicidade é encontrar a nossa alegria na alegria dos outros.” (Alexandre Herculano).
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Ace,

    Muita coisa boa né? Já solicitei alguns e coloquei na minha listas outros, só falta mais money e tempo....kk...abraço.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Ace!
    Estou lendo Sangue Mágico e adorando, é um livro de Fantasia Urbana de primeira qualidade, com uma protagonista inteligente e irônica. Já li O Milagre do Sparks na edição antiga e é um dos meus favoritos do autor, que bom que a Arqueiro está relançando, o livro estava esgotado. E tô ansiosa pra ler Ligeiramente Maliciosos, gostei muito do primeiro volume da série.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  8. Muita coisa... eu to com a fila cumpridaaaa, acho que por isso não fiquei tentada a ler nenhum dos lançamentos.
    Eu não curto muito o estilo da Saída de emergência, mas curto demais a Arqueiro...
    Pena que desta vez não fluiu :/

    ResponderExcluir
  9. Minha experiência com Douglas Adams não foi boa, realmente não curti O Guia do Mochileiro das Galaxias e não tenho mais interesse nos livros do autor. Já os demais eu quero haha O gênero de Sangue Mágico é meu preferido, então óbvio que quero; Ligeiramente Maliciosos e O Sangue do Cordeiro parecem ser muito bons. Antes não tinha interesse por O Milagre, mas até que estou me convencendo :)

    ResponderExcluir
  10. Olá, fiquei muito interessada em Sangue magico, porque me parece uma aventura muito boa, também quero muito o livro o milagre com essa capa do filme, geralmente gosto de tudo o que o nicholas escreve, então!!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  11. Amei sangue mágico. Embora ache que a capa tenha ficado feia kkkk
    Sempre vejo lançamentos do Nicolas mas não sou fã doa livros dele.

    Bjs
    www.notamentaal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Essas Editoras sempre trazem ótimos lançamentos a cada mês. Super de olho em: "A Filha do Império", "Sangue Mágico", "Agência de Investigações Holísticas Dirty Gently" e Sangue do Cordeiro".

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir