segunda-feira, 18 de maio de 2015

Círculo de Paixões











Ao receber a notícia sobre a morte do marido, Mary Mason acreditava que nada mais poderia lhe acontecer. Mal sabia ela que, antes que o dia terminasse, sua dor seria compartilhada com uma mulher cuja existência até então, ela ignorava.... Caroline também ficou chocada quando descobriu a verdade sobre seu marido, Stephen. Teria ela se enganado todos aqueles anos? E agora, como seria sua vida? A história de duas mulheres que enfrentam uma desilusão amorosa, mas que decidem se aliar, unir forças e seguir adiante. Por quê se agarrar a um passado de dissabores, quando poderão abrir seus corações para o amor e uma nova paixão?

Título: Círculo de Paixões
Autor (a): Ann Roth
Editora: Nova Cultural
Número de Páginas: 157


Que eu sou fã de romances, todo mundo já deve estar cansado de saber. Sou daquelas que suspira em cenas românticas, que se apaixona pelos mocinhos lindos (como não amá-los?) e que fica com olhos brilhando a cada final perfeito. Porém sou uma leitora chata e nem todos os romances me agradam, principalmente porque muitos não saem do lugar comum. Não me importo com um bom clichê, mas de vez em quando é bom ser pega de surpresa por um livro. E foi isso que aconteceu comigo em relação a Círculo de Paixões, um dos melhores romances de banca que já li nessa minha vida de leitora!
Mary e Stephen são casados há 20 anos e têm uma filha de 14, Aurora. A relação entre os dois já não é como antigamente, Stephen passa muito tempo viajando (é advogado) e Mary, por ter cedido aos caprichos do marido e não ter terminado sua faculdade, passa seu tempo cuidando da casa e da filha. Uma típica dona de casa. Eles possuem uma boa casa, uma vida estável e nada lhes falta. Mas um telefonema vai transformar a sua vida em uma bagunça! A ligação do hospital de Seattle diz que seu marido sofreu um infarto e, apesar da gravidade da notícia Mary não pode deixar de se atentar a um detalhe: como Stephen poderia estar em Seattle se ele havia viajado para Cingapura a negócios?
Chegando no hospital ela conhece Caroline, uma jovem mulher que, assim como Mary, está aguardando notícias do marido que também sofreu um infarto. Caroline é casada há 10 anos e tem uma filhinha, Jax, de 7. É uma mulher independente e de uma simpatia enorme, tanto que logo Mary se vê cativada por ela. O que Mary não imaginava é que essa mulher a sua frente é, nada mais, nada menos, que a outra esposa de Stephen. 
Imagine que climão, receber a notícia de que seu marido faleceu e descobrir, junto com isso, que ele é bígamo. Pode piorar? Claro que pode! Além de enganar as duas mulheres (Caroline não sabia que Stephen era casado), ele ainda deixou uma montanha de dívidas. Não dá vontade de ressuscitar um infeliz desses só para poder matar novamente? Pra coroar, além dos problemas financeiros, Mary ainda enfrenta problemas com a filha que a culpa pelo fato do pai ter uma outra família (você não leu errado, é isso mesmo que escrevi). Em meio a tantas divergências, uma centelha de amizade vai nascer entre essas duas mulheres e o que acontece daí para frente, cabe a você ler e descobrir.
Eu simplesmente amei esse livro, principalmente pela história ter fugido totalmente do clichê dos romances de banca. Tem romance? Tem, claro! Mas o foco da história é o drama vivido pelas duas mulheres, os problemas acarretados pela canalhice de Stephen e a aproximação das duas. A escrita da autora é excelente e as páginas praticamente passam sozinhas. E o desenvolver da história, minha nossa, é incrível! O que a Ann fez com esse livro foi maravilhoso, faz tempo que não encontro um romance de banca que me surpreenda como esse.
Para quem não lê esse tipo de romance por achar que as histórias são sempre iguais, precisam conhecer Círculo de Paixões. A trama é envolvente, as personagens são cativantes (impossível não gostar de Mary e Caroline e torcer pra que ambas consigam refazer suas vidas) e a história é atual, com drama na medida certa. Outro ponto a favor da autora é pelo fato dela não ter exagerado na dramaticidade, deixando a história bem natural. É fácil se solidarizar com as protagonistas e nem falo nada a respeito de odiar Stephen. Quantos homens como ele não existem por esse mundão afora?
Essa é uma leitura mega recomendada. Com certeza vai surpreender você.


7 comentários:

  1. Eu sou uma eterna apaixonada por romances, assim como você e não sei como alguém consegue resistir aos mocinhos irresistíveis! Confesso que já houve um tempo em que lia muito romance de banca, mas acabei parando com esse hábito e durante ele enfrentava o grande problema de ser realmente tudo igual. E eu já sabia que as duas estavam a espera do mesmo homem no momento em que li u.u Gostei do fato de mostrar esse lado da força, da amizade ... Realmente diferente, quanto a filha dela só digo uma coisa: vai arrumar uma louça para lavar porque tu só ta fazendo besteira, eu hein --' A culpa agora é dela se o pai da guria era um safado? Claro que não, já não gostei dessa menina u.u Irei procurar esse livro <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Neyla!
    Como você sou apaixonada pelos romances de banca e quanto mais antigos, melhores.
    Agora esse surpreendeu realmente, porque um drama desses é demais...
    Que tal me mandar de presente para que eu leia?kkkkk
    Desejo uma ótima semana!!
    “Busque sempre fazer as coisas com alegria, mesmo que sejam difíceis, dê o máximo de si, e acredite, isso muda o futuro.”(Allan Rocha)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie Neyla,
    menina eu acho muito legais essas histórias, mas confesso que dificilmente compro rsrsrs
    Não sou muito fã de livros de banca, não gosto do formato.
    Mas achei a história bem fofa.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oii querida, tudo bem?
    Adoro esses livros de banca, quando eu era mais nova, roubava da minha mãe para ler iauisuaiusa
    Um beijo.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  5. Nossa que historia acho que eu ressuscitava ele so pra matar de volta rsrs.
    Eu amo estes livrinhos e quem não gosta não sabe o que esta perdendo, este eu ainda não tinha visto.
    Vou procurar por ele,
    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oie
    Romances são com certeza os meus preferidos pensem em uma pessoa que chora sempre que ler um romance? Pode ser um clichê ou até um simples que não seja lá essas coisas parece até ritual eu chorar kk, tbm não me importo com uma historia que você já imagina o que vai acontecer, mas quando acontece algo que você não espera eu acho bem mais legal (é sempre bom mudar às vezes né?) não li ainda e já não gosto do Stephen que cafajeste além de ter outra família ainda deixa dívidas para as pobres coitadas? Pera que vou ver se o Harry ainda tem a Pedra da Ressurreição pra podermos acabar com o Stephen com nossas próprias mãos, tá parei kk ‘-‘. Fiquei muitooooooooo curiosa vou procurá-lo agora mesmo, preciso saber oq acontece *0*

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto de romances, mas eu já li tantos que meio que cansei deles no momento então estou tentando evita-lo por um tempo e ler outros tipos de livros, então por enquanto não pretendo ler esse mas vou deixar anotado para daqui um tempo talvez eu o leia.

    ResponderExcluir