sexta-feira, 31 de julho de 2015

Rush Sem Limites


Rush sem limites conta a história de Paixão sem limites sob ponto de vista de Rush.
Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan.
Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos.
Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.
Depois do sucesso da trilogia Sem Limites, Abbi Glines leva os leitores de volta ao início dessa história de amor. Em Rush sem limites, você entrará na mente do bad boy que já conquistou milhões de fãs mundo afora.
Título: Rush Sem Limites
Autor (a): Abbe Glines
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 192


Tem fãs da série Rosemary Beach aqui? Eu confesso: essa é a minha série preferida atualmente e sou completamente apaixonada por todos os livros já lançados. Meu casal preferido é Rush e Blaire (amooooo) e fiquei doida quando Rush Sem Limites chegou! Sério, eu queria ter largado o livro que estava lendo para poder ler ele na hora! É muito amor! <3
Neste volume nós voltamos para o início de tudo, quando Blaire chega a Rosemary em busca de seu pai e conhece o bad boy lindo-sarado-tudo de bom Rush Finlay. O filho de Dean Finlay, baterista do Slacker Demon é um dos caras mais desejados da região, mas não é de se apegar a nenhuma garota. Ele tem apenas casos de uma noite e todas as mulheres com quem se envolve sabem disso. Mas tudo muda quando ele conhece Blaire.
Blaire não é como as outras. Seu jeito doce e inocente cativam Rush, mas ele sabe que não pode se envolver com ela. Blaire é terreno proibido e perigoso, afinal ela é filha do marido de sua mãe e meio irmã de Nan, sua irmãzinha. Ele deveria odiá-la, mas tudo nela o atrai. Blaire é como um imã para Rush e por mais que ele tente, não consegue ficar longe dela. Ele sabe as consequências que seus atos podem causar caso decida se aproximar dela, mas manter-se afastado dela é algo praticamente impossível. Mas será que, quando o segredo que ele guarda vier à tona, ela ainda irá querer ficar ao seu lado?
Reviver a história de Paixão Sem Limites pelo ponto de vista do Rush foi uma experiência maravilhosa. Eu sei que sou suspeita para falar, afinal sou apaixonada por ele e seu jeito protetor (e isso não é segredo pra ninguém), mas preciso dizer: Abbe foi extremamente feliz em ter escrito esse livro. Nos outros livros temos alguns capítulos narrados pelo Rush, mas poder conhecer a história através de seus olhos foi algo enriquecedor e que me deixou ainda mais apaixonada por ele.
Neste livro, Rush mostra que é muito mais do que um rosto bonito, um corpo desejável e uma carteira recheada de dinheiro. O lado humano fica ainda mais visível, mostrando a generosidade por trás de seus atos e, principalmente, a sensibilidade e dedicação por aqueles que ama. Tudo aquilo que foi mostrado sem muito foco em Paixão Sem Limites (afinal estávamos acompanhando o nascimento de um grande amor), fica exposto de forma aberta em Rush Sem Limites.
Praticamente devorei as páginas como se não houvesse amanhã. Rush é um personagem muito carismático e que conquista por ser tão perfeitamente imperfeito. A falta de sutileza e a arrogância poderiam ter feito dele um homem intragável, afinal são defeitos que conseguem colocar qualquer pessoa, em sã consciência, para correr. Mas essas características, somadas a outras, o tornaram charmoso e atraente. Ele sabe que é lindo, gostoso e que 11 entre 10 mulheres dariam tudo para estar em sua cama. Mas quando Blaire entra em sua vida, somente ela importa. Como não amar?
A escrita de Abbe é sucinta, descritiva na medida e extremamente viciante! Ela criou uma trama envolvente que, muito embora já saibamos de cor, consegue cativar e emocionar. Aquele último capítulo me fez derramar uns bons litros de lágrimas. Fiquei com os olhos inchados de chorar e isso não é exagero. Abbe me fez sentir a dor de Rush e ver aquele gigante desabando conseguiu mexer com as minhas estruturas.
Se você, assim como eu, é fã dessa série, não pode deixar de ler esse livro e se apaixonar ainda mais (e eu que achava que isso não era possível) pelo Rush. Uma história de tirar o fôlego, quente e doce, que vai te conquistar! Recomendo!

7 comentários:

  1. Segunda resenha que eu leio deste livro em uma semana e estou definitivamente curiosa pra ler essa série, necessito. Principalmente porque gosto de ler livros que sejam do ponto de vista do mocinho. Já está na minha lista.

    ResponderExcluir
  2. Eu não li nenhum dos livros, mas são tantos elogios que não posso deixar de conferir e me apaixonar assim como você. Espero ler em breve e conhecer esse Rush Finlay bad boy lindo-sarado-tudo de bom kkkk
    Adorei a resenha e saber dessa sua paixão <3
    Bjs Neyla!!

    ResponderExcluir
  3. Mas que capa é essa ein???
    Eu nao curto livros com essa tematica mais "empolgada" kkk de romance nao, mas confesso que com essa capa... deu uma vontade enorme kkk
    Mas como eu ja esperava, a premissa do livro nao me deixou tao empolgada quanto :/ uma pena!

    ResponderExcluir
  4. Adoro romancesss.. é claro que é tudo um pouco clichê, mas esses são os mais apaixonantes. Como eu queria bater nele no primeiro livro rsrs, espero que nesse ele se supere.

    ResponderExcluir
  5. Neyla!
    Ganhei esse livro e estou com ele aqui para leitura, tomara que possa ser lido de forma independente, caso contrário, terei de me virar para conseguir os anteriores.
    Adorei!
    “A preguiça é a mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda.”(Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  6. Oi Neyla! Ele é meu personagem preferido da série também, eu adoro aquele jeito sexy e sedutor, mesclado com o lado protetor. Como não amar Rush? Eu quero ler este logo, afinal mesmo sabendo o final, deve ser uma grande experiência compartilhar o ponto de vista dele
    Bom domingo!
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oie Neyla.
    estou acompanhando a série e gostando.
    Li o primeiro livro e curti. Este livro esta em casa me esperando, mas ainda não consegui sentar para ler.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir