sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Na Mira do Serial Killer







Sexy, independente e obstinada. Esta é Rachel Morgan, uma das bruxas mais talentosas do mundo pós-Virada, no qual vampiros, lobisomens e outras criaturas da noite convivem abertamente com humanos. Caça-recompensas talentosa, Rachel protege as ruas de criminosos e pratica seu passatempo favorito: quebrar regras. Agora, ela precisará lutar para sobreviver ao enfrentar um perigoso serial killer de bruxos especialistas em magia negra. Em sua missão, Rachel reencontra rivais de longa data, como o chefão das drogas Trent Kalamack e o demônio que a atacou, e encara o vampiro mais poderoso da cidade enquanto tenta manter Ivy sob controle e longe de seu pescoço. Segundo volume da série Hollows.
Título: Marcada Para Morrer
Série: Holows
Autor: Kim Harrison
Editora: Pavana

Páginas: 392



Rachel Morgan está de volta e mais atrapalhada do que nunca. Em Marcada Para Morrer, primeiro volume da série, acompanhamos as aventuras e trabalhadas dessa caçadora das sombras divertidíssima e que se mete em uma fria atrás da outra.
Este segundo volume já começa com mais ação e com Rachel e Jenks investigando um suposto sumiço de um peixe, mascote de um time de beisebol em um escritório cheio de lóbis. Parece furada? Com certeza! Mas quem disse que Rachel tem esse senso apurado para perceber esse tipo de coisa? O que importa realmente é conseguir a grana que precisa para se manter e pagar o aluguel.
Como você já deve ter imaginado, a missão do resgate do peixe se mostra um fiasco e, enquanto foge dos lóbis uma ajuda inesperada surge. Resgatada por Glenn, um agente da FIB, Rachel e Jenks são levados à presença do capitão Edden que está investigando o desaparecimento de alguns bruxos que trabalham com linha de ley. O caso é um verdadeiro mistério e Edden acredita que Rachel pode vir a ajudar nas investigações, afinal ela é extremamente sagaz e boa no que faz (mesmo sendo atrapalhada). 
De imediato o caso não lhe chama muita atenção, mas ao descobrir que o namorado da secretária de Trent Kalamack também desapareceu, ela começa a se interessar. Trent é a grande pedra no sapato de Rachel. O conselheiro municipal é um cara misterioso, que se mostra ser uma pessoa agradável, mas que é uma das pessoas mais cruéis e maquiavélicas que Rachel já teve a falta de sorte de conhecer. E o pior: nem ela ou Jenks foram capazes de descobrir o que ele é de verdade. Rachel faria qualquer coisa para desmascarar Trent e incriminá-lo por esses sumiços, mesmo que para isso ela precise arriscar sua pele novamente.
No segundo volume dessa série, encontramos uma história muito mais extensa e sólida, com uma trama mais elaborada, um mistério que ronda todas as páginas e a pitada de humor característica que a autora insere ao longo da leitura. Na Mira do serial Killer é divertido, intrigante e, apesar das descrições excessivas que muitas vezes quebram o ritmo mais ágil da trama, a história empolga.
Rachel é uma ótima protagonista. Ela foge do estereótipo das heroínas modernas e apesar de ser durona, esperta, ter um humor ácido e um talento nato para se meter em confusões, é também sensível e um pouco frágil (quem não é?). Apesar do foco central do livro ser o sumiço dos bruxos, outras subtramas e novos personagens são inseridos na história deixando-a mais interessante.
A autora, como sempre, ousou e conseguiu me agradar. Minha única ressalva é quanto as descrições em excesso que deixam a leitura um pouco arrastada em algumas passagens. Não me incomodo quando elas são essenciais, mas algumas coisas eu achei desnecessária. Mas nada que tirasse o brilho do livro. Achei a escrita da autora muito mais desenvolta e é visível o seu amadurecimento, fato esse que se refletiu até no desenvolvimento dos personagens.
Se você, assim como eu, gostou do primeiro livro, precisa ler este segundo. E se você ainda não conhece e gosta de livros com uma pegada sobrenatural, essa é a sua chance de se aventurar por aí em excelente companhia.


10 comentários:

  1. Eu até gostei um pouco da levada desse livro, mas não gosto dos livros sobrenaturais, e não conhecia essa série também.

    ResponderExcluir
  2. Neyla!
    Estava lendo a resenha e já gostando, porque um bom livro policial com humor ácido e uma protagonista durona, sempre me atraem e fiquei ainda mais interessada quando i que tem fantasia e bruxos no meio, aí me pegou de vez.
    Bom final de semana!
    “Cada qual sabe amar a seu modo; o modo, pouco importa; o essencial é que saiba amar.”(Machado de Assis)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente ainda não conhecia essa série. E me interessei bastante pelo enredo.
    Parece ser uma história original e diferente.
    Se é cheia de ação e divertida,melhor ainda. :)

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia essa serie mas gostei dessa premissa. Achei a historia engraçada, esse mistério deve ser bem divertido.
    Gosto muito de livros sobrenaturais

    ResponderExcluir
  5. Oi Neyla! Acredita que não consegui ler o primeiro ainda? Eu tenho muita vontade de conhecer a série, parece ser uma fantasia urbana das melhores e mais divertidas. Pena que a série é enorme, mas mesmo assim vou arriscar,

    Bom domingo.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Como sempre, ameeeei a resenha! Estou curiosa para iniciar essa série!
    O segundo volume parece acompanhar bem o estilo, apesar da sua opinião opostas às descrições (no primeiro, você gostou, já nesse, não muito).

    Espero poder começar minha jornada por essa série em breve. Obrigada pela dica!

    Beijos, Iza
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia esse livro. Gostei muito dessa premissa, adoro livros com investigações e esse parece ser muito engraçado. Estou muito curiosa para saber como a autora desenvolveu esse livro. Acho que vou me divertir muito com essa leitura.
    Foi uma boa dica pra mim.

    ResponderExcluir
  8. Olá Neyla,

    Não conhecia esse livro, mas confesso que não me despertou muito interesse e também não gostei da capa, mas que bom que você gostou....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia a autora nem o livro.
    Gostei de sua resenha me animou bastante para conhecer essa serie. O livro policial sobrenatural parece ser bem divertido e serio ao mesmo tempo.
    Fiquei animada com essa leitura.

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse série, a resenha está excelente, mas algumas que contém no livro não fazem meu estilo literário, não curto livro com vampirose lobisomem

    ResponderExcluir