quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Quissama: O Império dos Capoeiras - Financiamento

Rio de Janeiro, 1868. Quissama é um escravo foragido que conta com a ajuda do detetive inglês Woodruff para encontrar Bernardina, a mãe desaparecida. Ao mesmo tempo, precisa fugir do Alemão Mueller e sua malta, que quer capturá-lo. Outros personagens têm objetivos variados no desenrolar do jogo. Nas praças, você enfrentará as lutas de capoeira entre Nagoas e Guaiamuns, que dividem o Rio de Janeiro da época. Enquanto o comércio floresce, no Ministério os políticos tentam se manter no poder apesar dos inevitáveis escândalos de corrupção. Escolha seus personagens e tome parte nessa trama!
Titulo: Quissama: O Império dos Capoeiras
Produtora: Independente
Criação: Ricardo Spinelli (Inspirado no livro homônimo de Maicon Teffen)
Tipo: Gerenciamento de mão, Influência em área, Poderes variáveis dos jogadores (Tabletop)


Temas históricos ou ligados a literatura de alguma forma não são novidades para quem está acostumado com jogos de tabuleiro, vez ou outra ele estão por aí dando revivendo guerras e conflitos, e dando oportunidade aos jogadores de fazer parte de seus acontecimentos. Isso é sempre bom. mas quando o jogo possui raízes nacionais pode ser melhor ainda.
Quissama - O Império dos Capoeiras é um jogo de tabuleiro com temática brasileira e mecânica europeia, para 2 a 4 (expansível para 5!) jogadores, ambientado no Rio de Janeiro de 1868, inspirado no livro homônimo, escrito por Maicon Teffen e ilustrado por Rubens Belli, lançado em 2014 pela Editora Biruta.
Nele, os jogadores assumem o papel de personagens fictícios ou históricos para cumprir seus objetivos, que podem ter facetas variadas: política (influenciando o Ministério), financeira (dominando os comércios), ideológica (libertando os capoeiras das senzalas), de busca (encontrando uma escrava foragida) ou mesmo um tanto suspeita (liderando uma malta de capoeiras). A maneira de vencer é determinada de acordo com os personagens conquistados durante o jogo. Cada jogador pode ter quantos personagens quiser e quem primeiro atingir o objetivo do personagem escolhido é o vencedor.
É importante ressaltar que, embora inspirado na trama e personagens da obra escrita, não é necessário ler o livro para jogar Quissama, pois o jogo é totalmente independente do livro.
Para que toda a idealização do projeto saía da fase de planejamento, eles precisavam de ajuda, através Catarse, para tornar o jogo uma realidade. Ou seja: seu apoio é responsável por tirar o projeto do papel.



Para quem não conhece (ou não acompanha as postagens que fazemos sobre FCs), o funcionamento de um financiamento coletivo é simples: os objetivos são esclarecidos na página da campanha e as recompensas são apresentadas, o apoiador escolhe entre as possibilidades com quanto irá contribuir já sabendo qual será a sua recompensa. Quando a meta não é alcançada o dinheiro é devolvido, e em algumas campanhas quando o valor estipulado é ultrapassado metas extras bonificam aqueles que contribuíram (as vezes não necessariamente todos, isso varia de recompensa para recompensa e de campanha para campanha). 
Na plataforma de financiamento estão disponíveis vários níveis de apoio, com valores entre R$10 e R$ 385 (especial para lojistas), que dão direito a recompensas que vão de singelos agradecimentos pelo apoio simbólico a campanha até pacotes contendo uma cópia do jogo + livro autografado, tudo com frete grátis. E se você estiver interessado apenas no jogo não irá precisar desembolsar um valor muito alto, podendo ser adquirido por menos de R$100. A campanha ficará disponível por mais 31 dias no Catarse (a contar de hoje, 27/08) e tem entrega de recompensas prevista para Novembro.
Quem quiser saber mais sobre o jogo e como ele funciona na prática, o Lucas Andrade - o Lukita do site On Board - preparou um Preview extremamente detalhado com informação sobre as mecânicas e muito mais. Para conferir basta clicar nesse link: On Preview - Quissama. Além disso o produtor do jogo e o autor produziram um gameplay - que você pode conferir aqui embaixo - e mostrando o jogo em ação.
Agora que você já está por dentro de tudo confira a página do projeto no Catarse (https://www.catarse.me/pt/Quissama) e descubra mais informações sobre o jogo: quais exatamente são as recompensas, detalhes sobre como jogar, artes, etc.
Apoie, divulgue, prepare-se para muita capoeira pelo Rio de Janeiro do século XIX!



10 comentários:

  1. Que de mais, já quero haha;

    Beijos ♥
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Diferente esse jogo.
    E espero que consigam o apoio necessário para levar esse projeto adiante.
    Gostei!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ace,
    nossa parece ser bem legal. Adoro esses jogos assim.
    Vou procurar para ver o preço rs

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ace!
    Adoro jogos de tabuleiros e esse é bem diferente, pelo menos um pouco...
    Pena que aqui nem tenho com quem jogar:(
    Vou ver se compro para meus sobrinhos, assim, quando for para lá, jogo com eles.
    “A nossa maior glória não reside no fato de nunca cairmos, mas sim em levantarmo-nos sempre depois de cada queda.”(Oliver Goldsmith)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  5. Na adolescência fui completamente viciada em jogos de tabuleiro, hoje em dia, por não ter com quem jogar, nem tempo pra jogar, parei com eles. Mas achei esse jogo muito bom, e diferente dos que existem no mercado. Porque atualmente, todo jogo lançado, tem alguma semelhança com outro jogo existente.

    ResponderExcluir
  6. Opaa, mas um jogo pra minha lista. Será mais um na coleção dos jogos de tabuleiros que tenho e não paro de jogar hahahaa.

    ResponderExcluir
  7. Adorei esse jogo.
    Eu adoro jogar jogos de tabuleiro com meus amigos, é sempre muita diversão.

    ResponderExcluir
  8. Faz um bom tempo que eu não jogo um jogo de tabuleiro. Achei muito interessante a historia dele, parece ser bom e divertido.

    ResponderExcluir
  9. Que legal!! Sempre que encontro oportunidade pra jogar um jogo de tabuleiro eu faço isso, e esse é diferente de todos que já joguei, muito bom!

    ResponderExcluir