quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Vingadores - Todos Querem Dominar o Mundo


Quantos vilões são necessários para dominar o mundo? A Hidra desenvolve um patógeno sintético para o qual apenas ela tem a cura. Enquanto isso, a I.M.A. (Ideias Mecânicas Avançadas) está prestes a contaminar o suprimento mundial de água com um letal composto nanotecnológico. Ultron dispõe da mais avançada tecnologia da Terra nas pontas de seus dedos metálicos. O demônio Dormammu tem um plano ímpar para o planeta: reivindicá-lo para si próprio. Alto Evolucionário está reescrevendo o genoma humano, numa tentativa de transformar a humanidade numa raça eugênica de escravos. TODOS QUEREM DOMINAR O MUNDO. Mas somente os Vingadores poderão salvá-lo. Serão eles capazes de resistir quando não apenas um, mas muitos desses vilões atacarem ao mesmo tempo? Essa crise está longe de ser mera coincidência. Há alguém por trás desses ataques simultâneos. Uma grande sombra paira sobre os heróis mais poderosos da Terra, e, mais uma vez, a raça humana se encontra à beira da aniquilação.
Título: Vingadores - Todos Querem Dominar o Mundo
Título Original: Avengers - Everybody Wants To Rule The World
Série: Coleção Marvel
Autor (a): Dan Abnett
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 320


Poderia muito bem abrir essa resenha de outra forma deixando para o final a minha conclusão sobre o livro, mas não: é preciso dizer de cara que você irá encontrar ação e diversão em demasia ao ler Vingadores - Todos Querem Dominar o Mundo. Pode parecer pretensioso, mas garanto que é verdade.
Os Heróis Mais Poderosos da Terra chegam à coleção Novo Século em uma história original escrita pelo autor best-seller do The New York Times, Dan Abnett. Na trama, os Vingadores enfrentam uma série de batalhas ao redor do mundo contra alguns de seus maiores inimigos. Em Berlim, Capitão América mede forças com a Hidra, liderada pelo Barão Strucker, que tenta usar um patógeno sintético para o qual apenas ela tem a cura para controlar o mundo. Numa ilha no ártico conhecida como Terra Selvagem, Gavião Arqueiro e Viúva Negra tentam descobrir o que a I.M.A. (Ideias Mecânicas Avançadas) planeja fazer com uma grande quantidade de nanotecnologia. Em Washington, Homem de Ferro luta para impedir que Ultron tome controle da rede de comunicação e se espalhe pelo mundo. Na Sibéria Thor precisa enfrentar um mal de outro mundo, e com poderes além dos seus. E, em Madripoor, Bruce Banner é contatado pela S.H.I.E.L.D para descobrir os planos do Alto Revolucionário e as causas do aumento de radiação na ilha. Somente uma coisa é certa: nada disso é coincidência. Qual será a verdadeira e grande ameaça que está por trás desses ataques simultâneos na Terra? 
Em capítulos intercalados para narrar - em terceira pessoa - as desventuras da equipe de Vingadores espalhada pelo mundo lidando com suas ameaças, o autor nos entrega uma trama ágil, porém repleta de mistérios e pontos de virada. A narrativa é fluida, e mesmo nos momentos que envolvem termos e questões cientificas (culpa de Stark e Banner, principalmente) o leitor não fica perdido pois é tudo explicado de maneira leve, sem se arrastar em complexidades. O autor não se perde em descrições desnecessárias facilitando para o leitor imaginar as loucuras do colorido mundo da Marvel e as sempre presentes cenas de ação.
Abnett, apesar de se utilizar dos mesmos personagens que estão presentes no filme Vingadores - A Era de Ultron, mantém a sua base de referências dentro do universo dos quadrinhos. Então ao ler este livro não se apegue ao que julga conhecer (por uma mídia ou outra), apenas aproveite a leitura. A personalidade dos personagens, por mais semelhante que possa parecer em alguns momentos, advém do conceito original de cada um deles e é muito bem trabalhada durante os capítulos. Cada personagem tem seu momento durantes os capítulos em que a equipe precisa lidar separadamente das ameaças, e isso inclui os que são geralmente deixados de lado como a Viúva e o Gavião. O mesmo vale para os vilões, e coadjuvantes. Todos mesmo os menos conhecidos, são minimamente apresentados para evitar que o leitor se perca sem saber do que se trata.
A versão nacional recebeu um trabalho muito bom desde a capa à diagramação, e se não fossem uns parcos problema de revisão estaria perfeita. A ilustração de capa feita por Will Conrad conversa melhor com o tema do livro que a versão original que traz apenas os Vingadores em uma pose de ação em um fundo preto. 
Vingadores - Todos Querem Dominar o Mundo é certamente aquele que vai agradar o maior número de pessoas, entre os livros Marvel já lançados pela Novo Século. Não por ter uma trama profundida ou roteiro repleto de cliffhangers e plot-twits que vão te prender, surpreender e fazer repensar sua vida, mas por se assemelhar tanto a uma bom filme, um seriado (animado ou não) e/ou arco de histórias em quadrinhos. Não importa onde tenha conhecido os personagens, a trama não cobra de você NENHUM conhecimento prévio, e irá com certeza te entregar tudo que precisa para se divertir e aproveitar a leitura como deve ser. Ao fim da leitura certamente irá estar sorrindo ao fechar o livro e junto com os personagens proferir (mentalmente ou não) o grito de batalha dos Heróis Mais Poderosos da Terra: Avante, Vingadores!




10 comentários:

  1. Quando vi na livraria eu pensei que era uma HQ encadernada, mas não é realmente um livro.
    Eu gostei muito, achei bem interessante. E nem tem do que falar da historia ne? É Marvel não tem como não gostar.
    Essa edição esta muito linda! Fiquei louca para comprar uma pra mim.

    ResponderExcluir
  2. Cara, imagina só, é como se fosse uma quantidade de filmes dos avengers considerável em apenas um lugar. Isso deve ser muito bom, sem contar que neste livro, como você comentou ai, eles falam até sobre coadjuvantes, sem deixar nenhum sem uma apresentação, mínima que seja. O fato de não ter a necessidade de nenhum conhecimento prévio sobre os personagens é legal pra quem não conhece as histórias e tudo mais, porém fico curioso como seria a receptividade das pessoas que já conhecem né. Bom pelo menos a sua foi ótima, então já dá um ânimo a mais para ler o livro hahahaa. O fato das personalidades também me intrigou. Bom resumo da ópera foi que fiquei curioso e instigado a ler e ver como essa história se encerra. Muito boa a resenha.

    ResponderExcluir
  3. Vi esse livro na livraria e ele é muito bonito, gostei muito da capa, essa edição esta perfeita.
    Achei a ideia muito interessante de fazem esse livro, em vez de hq.
    Espero que deem mesmo mais espaço para coadjuvantes, tem alguns personagens que mal tem participações.

    ResponderExcluir
  4. Oie Ace,
    não conhecia o livro, mas deve ser bem legal hein!
    Acho que não compraria, mas gostei da história.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ace!
    E quem é fã da Marvel que não quer ler esse livro?
    Euzinha quero demais...
    Amei seus bonequinhos!!kkkk
    “A minha vontade é forte, mas a minha disposição de obedecer-lhe é fraca.” (Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  6. Oi Ace, que delícia de resenha! Fui ao encontro da editora sobre estes livros dos Vingadores, e simplesmente amei cada um deles! Agora estou querendo comprar para meus filhos, e logicamente para mim também :)
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  7. Acho que esse livro faz o gênero do meu filho. E realmente capricharam na capa. Está sensacional!
    Para os fãs é o verdadeiro paraíso. :)

    ResponderExcluir
  8. Acho que esse livro faz o gênero do meu filho. E realmente capricharam na capa. Está sensacional!
    Para os fãs é o verdadeiro paraíso. :)

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é minha próxima leitura, estou muito ansiosa, espero gostar muito dele, pois as expectativas são as melhores possíveis.

    ResponderExcluir
  10. Amei a capa, achei que o livro fosse história em quadrinhos, mas me enganei. Fiquei com vontade de ler, amo os vingadores.

    ResponderExcluir