quarta-feira, 4 de novembro de 2015

A Primeira Chance


Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil... Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan.
Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan.
Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la...

Título: A Primeira Chance
Autor (a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 222



Antes de começar deixo meu aviso: você com certeza verá milhões de corações em volta dessa resenha. Quem acompanha o blog já deve saber (e caso você tenha chegado aqui por um acaso do destino, vai ficar sabendo agora) que eu sou apaixonada por essa série da Abbi Glines. Rosemary Beach é, para essa pobre leitora, uma das séries mais tops do momento. Sei que tem muita gente que não gosta, que acha a história ruim... mas eu tô aqui, amando cada dia mais e ansiosa por cada um dos livros que faltam.
Em A Primeira Chance vamos acompanhar a história de Grant e Harlow. Já tínhamos tido alguns vislumbres do relacionamento dos dois em Simples Perfeição, mas é somente neste livro que conhecemos mais a fundo a história do casal. Grant é como um irmão para Rush desde que os pais de ambos tiveram um breve relacionamento. Harlow é filha preferida do vocalista do Slaker Demon e, por consequência, meio-irmã de Nan (que falta de sorte a dessa garota). Ele é um playboy, acostumado a ter a garota que quiser na hora que bem entender. Ela é super na dela, não é chegada a badalações e está sempre em seu quarto lendo.
Por serem tão diferentes, nenhum dos dois imaginava que algo poderia vir a acontecer. Mas bastou um sorriso para que Grant ficasse encantado. Com ela também não foi diferente, afinal como se manter indiferente ao charme e a beleza dele? Em meio a flashbacks somos remetidos ao presente e passado, descobrindo com isso o que aconteceu na vida do jovem casal. No presente temos Harlow em meio a um furacão: ela vai passar 9 meses morando na mesma casa com Nan enquanto seu pai sai em uma turnê com a banda. Pra completar a situação caótica, ela descobre logo no primeiro dia, que Grant passou a noite com a víbora. Com isso as coisas ficam insustentáveis.
Se apaixonar por Grant não era algo que Harlow desejava, mas ela se permitiu acreditar em suas palavras e agora se vê com o coração destroçado. Ele também não está bem com essa situação, afinal Nan não significa mais nada na vida dele desde que Harlow entrou em sua vida. Mas como ele pode provar isso à ela? E o que é esse sentimento que assoma seu corpo a cada vez que a vê?
Eu não tenho palavras para descrever o que foi esse livro. Romantismo e sensualidade se misturam de uma forma que tornam a história simplesmente irresistível. Grant é um excelente protagonista, daqueles que arrancam suspiros, que tem atitude e que, apesar de todas as dúvidas que permeiam sua mente, nunca desiste daquilo que realmente deseja. Lembro que em sua primeira aparição, em Paixão Sem Limites, eu já tinha ficado encantada por ele (a ponto de cogitar a hipótese dele e Blaire formarem um casal - quando eu ainda não havia sido fisgada pelo furacão Rush Finlay) e agora, que pude finalmente conhecê-lo melhor, fiquei apaixonada. Dono de uma personalidade marcante e de um sorriso capaz de derreter icebergs, Grant mostrou a que veio e a química entre ele e Harlow é fantástica.
Por tudo que já tinha lido sobre Harlow imaginava que esse seria o livro mais morno da série, mas fui surpreendida. Apesar da suposta inocência, ela se mostrou sensual em boa parte do livro, mesmo que fosse de forma involuntária. Harlow é o tipo de mulher que não tem noção da beleza que possui, o que a torna ainda mais encantadora. Um dos fatores mais interessante foi notar o crescimento dela no decorrer da trama, que conseguiu deixar para trás uma imagem pré estabelecida de mulher frágil, mostrando que tem garra e determinação.
A história segue o padrão das demais, com aquele foco no romance, cenas sensuais (embora não tanto como nas outras) e uma história paralela que envolve Harlow e seu passado. Gostei muito do rumo que a Abbi deu ao livro e nem preciso dizer que necessito do próximo para descobrir o que vai acontecer. Ainda tem muitas coisas que ficaram em aberto, não só com o casal mas com personagens presentes no livro. 
A escrita de Abbi é maravilhosa, extremamente ágil e dinâmica. Eu praticamente devoro seus livros em tempo recorde. Sei que as histórias são extremamente clichês, mas não consigo cansar delas. Para mim, um clichê bem feito é muito melhor que muitas histórias originais que nos dão mais sono que empolgação. A cada nova leitura me sinto mais envolvida, mais apaixonada! Cada personagem construído por Abbi é único e dono de um carisma sem igual, não tem como não amar! <3
Agora resta-me aguardar o próximo livro para continuar acompanhando a trajetória desse casal feito um para o outro. Se você, assim como eu, também é fã de Rosemary Beach, com toda certeza vai amar esse livro! Recomendadíssimo.

16 comentários:

  1. HAHA
    Encontrei minha alma gêmea literária rsrs
    Amo demais os livros da Abbi clchê sim, mas perfeito!
    A cada dia mas sou gamada na Abbi e seus personagens
    To louca pra ler o segundo livro do Casal.
    E só eu acho que Nan deviria morrer nesse livro que ela vai lançar dela rsrs.

    Amei sua resenha

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!!!
      Bate aquiiiii o/ Como não amar essa série, me diz? É tudo tão perfeitamente lindo, quero ir para Rosemary conhecer cada um deles. <3
      Olha, eu quero que a Nan se apaixone e sofra muito! A Abbi não pode amolecer com ela, tem que botar ela pra sofrer em dobro tudo que fez com os outros. Prevejo que esse seja um dos melhores livros da série!
      Beijos e obrigada! Também amei a sua resenha! <3

      Excluir
  2. Olá!

    Já li algumas resenhas dele. Realmente parece ser ótimo, mas ainda assim não me chamou a atenção. Excelente resenha, bem escrita e concisa, parabéns!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olha só tenho uma dúvida...Esse livro é independente? É outra série?
    Porque eu estou lendo as resenhas e todo mundo comentando das obras anteriores da autora e estou assim meio em dúvida de comprar entende? Mas espero poder gostar, porque me parece ser um livro muito bom. Adorei a sua resenha. Espero poder ter na estante em breve. Mas por favor, se vc puder, me procura inbox e me fala, porque tenho minhas dúvidas sobre isso.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/resenha-em-busca-do-amuleto-de-aloni.html

    ResponderExcluir
  4. nunca li nada da Abbi, mas também nunca tive muita vontade, é bom saber o que esperar, mas sério não coloco expectativas
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Neyla, a mesma coisa acontece comigo. Sei que são cheios de clichês e tudo o mais, mas como resistir a escrita da autora? Este casal ficou sendo o meu favorito por enquanto.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Deixa eu te contar uma coisa, leio as resenhas com a sua voz, kkkkkkkk Ainda não li nenhum livro da Abbi, qual seria o melhor para começar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Rindo eternamente com isso!!!!!

      Então, eu recomendo começar pelo começo! XD Apesar de ser uma história diferente, vc pega pequenos spoillers dos outros livros. Começa por Paixão Sem Limites e vai seguindo na ordem. Acho que vc vai gostar!

      Excluir
  7. Oi Neyla,
    Menina, nunca li nada da autora, mas desde que vi essa capa pensei : Preciso ler
    Adorei sua resenha e me deu ainda mais vontade de conhecer a história.
    Como você bem disse um clichê traz a empolgação que outros mais "sérios" por assim dizer, tiram.
    Como não sou fã do erótico explicito curti esse pois você disse que também tem foco no passado do protagonista, então espero um pouquinho mais de drama.

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  8. Oi Neyla, tudo bem?

    Não tenho muita vontade de ler essa série, não sou exatamente fã de New Adult, apesar de gostar, e o tamanho, e a quantidade de subséries me desanimam um pouco... mas que bom que você gosta tanto. É ótimo quando sentimos isso com uma série de livros... dá vontade que cresça cada vez mais para não termos que nos despedir dos personagens.

    Acho que me identificaria com a Harlow, também sou bem na minha e prefiro ficar em casa lendo um livro... mas que bom que a personagem vai crescendo, amadurecendo, e mostrando que ela não é aquela personagem toda frágil. Nossa, eu nunca li os livros, mas imagino que essa Nan seja insuportável, porque todas as resenhas que eu leio falo isso.

    Eu não tenho nada contra clichês, desde que sejam bem trabalhados, como você disse.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  9. Oieee, nunca li nenhum livro da autora, acho que preciso ler logo, vejo tanta gente curtindo os livros.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  10. Olá

    Eu nunca li nada da autora, gosto de new adult, mas tenho o pé atrás com os livros da autora, vou ver se consigo ler algum, mas concordo com você em relação aos clichês, o importante não é se a estória é clichê e sim como a autora a conduz.

    Bjss

    ResponderExcluir
  11. Oi! Eu nunca li nada dela acredita, fico curiosa, mas ponho outras prioridades na frente.
    Não sei se leria esse no momento, mas talvez no futuro em uma maratona de romances.
    http://k-secretmagic.blogspot.com/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  12. Oii essa é a primeira resenha que leio desse livro e simplesmente amei!
    Perfeita!!!
    Amo essa serie... Amoooo a Abby e estou louca para ppoder lê-lo em breve

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Primeira resenha que leio do livro.
    Preciso terminar de ler a série Sem limites, eu adoro a escrita da Abbi e não vejo a hora de conhecer mais esses personagens.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bom?
    Vou ter que discordar de você, pois esse foi o casal mais sem química da série, na minha opinião. Eu tinha altas expectativas com o Grant desde o primeiro livro, mas o que eu vi foi uma narrativa sem tantos elementos interessantes e um casal sem sal. Além disso, o Grant teve atitudes de moleque várias vezes. Me disseram que o segundo livro do casal é melhor e espero que seja verdade.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir