segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Peter Pan Tem Que Morrer

Peter Pan tem que morrer traz de volta o detetive Dave Gurney, protagonista de Eu sei o que você está pensando, Feche bem os olhos e Não brinque com fogo. “Uma sofisticada trama de suspense que os aficionados por mistério adorarão tentar resolver. Com um enredo tenso, cheio de intrigas inimagináveis, Peter Pan tem que morrer desafia a inteligência do leitor até sua dramática e espantosa conclusão.” – Library Journal No mais tortuoso romance policial escrito por John Verdon, o especialista em mistérios David Gurney dedica sua mente brilhante à análise de um assassinato terrível que não pode ter sido cometido da forma como os investigadores responsáveis pelo caso afirmam que foi. Detetive aposentado do Departamento de Polícia de Nova York, ele precisa cumprir uma espinhosa tarefa: determinar a culpa ou a inocência de uma mulher condenada pela morte do próprio marido. Ao descascar as diversas camadas do caso, Dave logo se vê travando uma perigosa guerra de inteligência contra um investigador corrupto, um cordial e desconcertante chefe da máfia, uma jovem linda e sedutora e um assassino bizarro que tem a altura e os traços de uma criança – aparência que lhe rendeu o apelido de Peter Pan. A uma velocidade assombrosa, reviravoltas assustadoras começam a ocorrer e Dave é sugado com força cada vez maior para dentro de um dos casos mais sombrios de sua carreira.
Título: Peter Pan Tem Que Morrer
Autor (a): John Verdon
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 400



Se tem algo que muito me agrada, além de um bom romance, é uma história policial de tirar o fôlego. Conheci o John Verdon em 2013 e logo de cara me apaixonei pela sua escrita e pelo detetive David Gurney, protagonista de seus livros. Eu já imaginava que iria amar Peter Pan Tem Que Morrer, mas gente, eu não estava preparada para o que encontrei nessas 400 páginas!
Neste livros David Gurney será contatado por seu "amigo" (na falta de uma palavra melhor, inseri essa mesmo) Hardwick em um caso bem complicado que envolve, entre muitos outros aspectos, a corrupção policial e adulteração de provas incriminatórias. O caso em questão é sobre o assassinato de Carl Spalter, homem poderoso e rico, que no dia do enterro de sua mãe, recebeu um tiro na cabeça que o deixou praticamente vegetando em uma cadeira de rodas. A principal suspeita é sua esposa, Kay Spalter, única beneficiária em seu testamento e para quem apontam todas as evidências. Vejam bem: o casamento dos dois ia mal das pernas, ela tinha um amante, fez aulas de tiro, foi vista saindo do local onde o tiro foi disparado e havia ameaçado a vítima em público. Junte todos os ingredientes e tem um caso praticamente resolvido. Certo? Errado!
Por mais que o caso esteja, aparentemente, todo resolvido, existem furos que podem ajudar a provar que não foi Kay quem atirou no marido. E é com esse intuito (na verdade de conseguir uma apelação para o caso), que Hardwick procura Dave. Para quem ainda não leu os outros livros da série, David Gurney é detetive aposentado e um verdadeiro gênio, que consegue desvendar os mais difíceis casos. É claro que essa história vai chamar sua atenção e, muito embora em seu último caso tenha ficado frente a frente com a morte, ele vai acabar se envolvendo mais uma vez em uma trama onde nada é o que aparenta ser de verdade.
Surpreendente! Não poderia esperar nada menos de John Verdon, que é um dos autores que eu mais gosto e que tem o poder de me deixar atônita a cada novo livro. A trama é extremamente inteligente e apresenta ao leitor uma história aparentemente complexa, que vai sendo destrinchada e exposta de maneira clara e bem objetiva. São inúmeras as pontas soltas e fatos que simplesmente não condizem com o assassinato em questão, mas que no final acabam se encaixando perfeitamente nesse enorme quebra-cabeça. O que John Verdon conseguiu fazer neste livro foi algo excepcional! Mais uma vez ele me deixou vidrada no livro, de forma que parar a leitura foi um verdadeiro sacrifício. A narrativa é ágil e novos fatos vão sendo inseridos a cada capítulo, tornando quase impossível parar de ler.
Eu sei que sou suspeita pra falar a respeito de Dave. Ele é um dos meus personagens preferidos da vida e cultivo uma paixão nada secreta por esse detetive charmoso. Já cansei de repetir que inteligência é algo que eu considero extremamente sexy e Dave é um dos caras mais inteligentes que já tive o prazer de conhecer. Suas deduções são rápidas, a forma de agir é sempre muito discreta e ele passa aquela sensação de segurança que não tem como não se sentir protegida.
Apesar de ser o quarto livro de uma série, ele pode sim ser lido de forma independente. Porém o meu conselho é que sigam a ordem dos livros, para que possam acompanhar a trajetória dos personagens e entender um pouco mais sobre David e seu relacionamento por vezes conturbado com a esposa. Acho maravilhoso poder acompanhar a reaproximação do casal e entender um pouco do que se passa na cabeça dele em relação a família.
Peter Pan Tem Que Morrer se transformou no meu livro preferido da série (antes era Feche Bem Os Olhos) e sei que precisarei de tempinho para me recuperar do estouro que ele causou em mim. Não sei ao certo dizer o que mais gostei, o que mais me impactou ou surpreendeu. Talvez tenha sido a forma como o autor conduziu toda a trama, de forma a nos fazer crer em mil confabulações e, depois, nos mostrar a realidade de tudo ali envolvido e de quão simples era a resolução desse mistério. John Verdon é um verdadeiro mestre dos thrillers e se ele lançar mil livros, certamente os lerei e não deixarei de me surpreender com sua astúcia e perspicácia incríveis!
Se você, assim como eu, acompanha as aventuras de Dave, com certeza vai se apaixonar por mais uma história eletrizante. E se ainda não o conhece, o que está esperando? Thriller de qualidade, com uma história inteligente que vai te fazer vibrar. Recomendadíssimo!

19 comentários:

  1. Geeeeente, tô com ele há séculos e não li ainda. Será o meu próximo! :D E me surpreendi, achei que seria a assinatura de Ace.

    ResponderExcluir
  2. Oie Neyla,
    menina mesmo adorando suas dicas, acho que esta não é muito minha cara não. Gostei da resenha, mas Thriller não é muito a minha praia eseses

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Neyla,
    Já li muito livros do gênero, mas hoje em dia não mais...
    Eu já tinha visto esse livro antes e não achei o título muito original, já que há um outro do mesmo gênero que chama Branca de Neve tem que morrer e na época até achei que fosse do mesmo autor.
    Mas gostei de conhecer mais da história sob seu ponto de vista.
    Ficou bem detalhado mas ao mesmo tempo você cuidou para não dar spoilers.

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  4. Oi Neyla, tudo bem?
    Estou com esse livro aqui para ler mas vou seguir o seu conselho e ler os anteriores primeiro. Adoro ver a evolução pessoal dos personagens ao longo dos livros e estou curiosa para conhecer esse detetive tão charmoso que você adora. Adorei a sua resenha, me deixou bem mais curiosa para começar a ler os livros do autor.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Olha, já vi várias resenhas dele e achei bem interessante a premissa. Vou anotar pra poder ler, mas vou começar do primeiro mesmo, não gosto de ler me sentindo perdida.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Neyla, achei a ideia do livro bem bacana, mas como não gosto de thiller não me empolguei pela leitura.
    Mas vou dar a dica para o meu namorado que gosta bastante.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Oi Neyla, sua linda, tudo bem? Eu não li a série completa, mas já li esse livro sim!! E como você, também achei fascinante a forma como ele conduziu a trama e me surpreendi com o final :O kkkkkk Recomendo pra quem gosta de leituras inteligentes! Bjosss


    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Neyla!
    Eu não acompanhava a série e confesso que fiquei com um pouco de medo de pedir esse livro e me perder na história, sabe? Mas, pela sua resenha, eu vi que é o tipo de livro que eu ficaria apaixonada, adoro thillers acho que esse iria me divertir por boas horas *---*
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Você é das minhas, adora um romance e suspense policial rs'
    Há tempos que quero ler algo do autor, sempre leio comentários positivos sobre suas obras, e isso me deixa cada vez mais curiosa. Muito bom saber mais sobre esse livro, com um título que já chama a atenção. Adoro quando o livro te prende, já vi que irei passar noites em claro com esse autor e esse detetive. Adorei a resenha!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  10. Oi Neyla,
    Thrillers e suspenses não são muito a minha praia e confesso que acabei nem me interessando muito por esse livro da Arqueiro. Inclusive, a sua é a primeira resenha que leio sobre ele. Que bom que esse foi o melhor livro da série até agora, é ótimo quando o último livro é o melhor, sinal de que o autor está ficando cada vez melhor :D
    Ótima resenha, me deu vontade de saber mais sobre o Dave e seus casos. kkk

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oiii!!

    Eu tenho uma teoria que livros independentes não existem. Sempre perdemos algo né? Eu lembro do lançamento dessa obra e queria ter solicitado pq gosto bastante dessa temática, mas acabei deixando de lado e com sua resenha me arrependi.
    Parabéns por ela, vou tentar comprar no BF.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Menina, olha. Odeio Peter Pan então esse com certeza é um bom nome kkkkkk
    Todos falam que apesar dos milhões de páginas a leitura é fluida isso é muito positivo 💗
    Nunca li nada do autor, mas, começar a conhecer pelo quarto livro do mesmo detetive não deve ser tão legal...
    Bom, não tenho curiosidade de ler ainda, mas quem sabe a black friday me dê essa vontade hahahaha
    Bjs
    Tay

    ResponderExcluir
  13. Oii, tudo bem?
    Ual da capa desse livro é bem sugestiva, né?
    Ouço falar que esse livro Peter pan tem que morrer é ótimo, mas ainda não tive tempo para conferir.
    preciso ler urgente.
    Amei o post.
    **Beijos da Mary**
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Hello!
    O titulo desse livro já nos deixa bem curiosos!
    Nossa, só de saber que se tornou o preferido da serie já é animador e saber que a forma que o autor conduziu tudo deixando o leitor surpreso com tudo.
    Ainda nao li nada do Verdon, mas tenho gostado mto de ler thrillers.
    Como vc disse, o bom de thrillers é que sempre encontramos historias inteligentes que nos fazem ficar loucos de tanta tensao e surpresa.
    Vou ler com certeza!
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  15. Que incrível esse livro! Amo histórias desse tipo e simplesmente amei a capa e o título dele <3 Fiquei muito curiosa para saber mais sobre a história e pretendo lê-lo em breve! :)

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Confesso que leio muito pouco desse gênero, mas é por falta de tempo mesmo, sempre tem tantos lançamentos de romances que acabo me embolando e não consigo ler tudo que quero.
    Fiquei muito curiosa com a história, e por você gostar tanto. Já vi várias resenhas desses livro e as pessoas não gostaram muito não, mas também nunca tinha visto falarem que era uma série, acho que isso que pode ter estragado a experiencia com o livro.
    vou anotar a indicação e os outros da série tbm

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Neyla!
    Eu li Não Brinque Com Fogo do autor. Que livro incrível! Um thriller emocionante demais. Quando acabou, eu simplesmente queria ler mais coisas escritas por Verdon... Mas não pude na época. Isso faz uns dois anos. Agora que sei do lançamento de Peter Pan Tem Que Morrer, quero muito ler. E olha que eu leria sem nem passar pela sinopse antes hahaha

    Com carinho,
    Celly - http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Olá

    Já tinha visto o livro por aí,mas resenha essa é a primeira que leio, me deixou com vontade de ler, porque pensei que a história do livro era diferente, dica anotada.

    Bjss

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bem? Já li várias resenhas sobre esse livro, todos positivas. Ainda não li, mas parece ser bem interessante. Fiquei curiosa para ler, já anotei para ler em breve. Beijos, Érika

    ~www.queroseralice.com.br~

    ResponderExcluir