sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Obsidiana

Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra... Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão... Bem, algo aconteceu... Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha "luz" extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.
Título: Obsidiana
Autor (a): Jennifer L. Armentrout
Série: Lux
Editora: Valentina
Número de páginas: 320

SKOOB - COMPARE E COMPRE - LOJA RECOMENDADA

Faz tempo que não leio um livro, com um tom mais sobrenatural,que consiga me arrancar boas risadas. Em geral, eles são um tanto mórbidos, com o tom dramático mais aflorado e aquela constante sensação de que ninguém é bem humorado. Juro que estava esperando algo parecido em Obsidiana, mas me enganei redondamente.
Katy é uma garota pacata de 17 anos que acabou de se mudar para uma cidadezinha em West Virgínia com sua mãe. Ela ainda não se recuperou totalmente da perda do pai e essa mudança é uma espécie de recomeço para ambas. Porém, no caso de Katy, é também sinônimo de desafios afinal começar numa escola nova é sempre algo que todo adolescente teme. Ainda mais em uma cidade pequena, onde todo mundo se conhece. 
Por insistência da mãe, que quer que ela se enturme com os jovens da cidade, ela vai conhecer os novos vizinhos e se depara de cara com uma verdadeira beldade. Sabe aqueles caras que você bate o olho e fica sem palavras? Esse é Daemon, um verdadeiro gato. Porém, o que ele tem de lindo tem de grosso e vai tratar Katy de uma forma extremamente mal educada, deixando-a num misto de vergonha e fúria. 
Para a sorte de Katy, a irmã gêmea de Daemon, Dee, é um amor de pessoa e as duas acabam se tornando grandes amigas. Contudo, quando coisas estranhas começam a acontecer ao redor de Katy, Daemon está sempre lá, pronto para salvá-la. E é num desses dias, quando ele a salva de ser atropelada, que ela descobre que ele não é um garoto normal. Daemon, assim como sua irmã, é um Luxen, um ser de outro planeta dotado de poderes especiais. Quando salvou Katy de ser atropelada, Daemon deixou nela um rastro forte, algo como uma luz fluorescente ao redor dela que só é percebido por eles... e por Auruns, os inimigos dos Luxens. E, para proteger Katy dos seus maiores inimigos, ela e Daemon vão precisar passar muito mais tempo juntos fazendo com que uma forte atração desperte entre eles.
Se alguém me dissesse que eu iria me divertir tanto lendo esse livro, certamente eu não iria acreditar. A história é narrada em primeira pessoa pelo ponto de vista de Katy e vamos descobrindo, junto com ela, todos os segredos a serem desvendados. Achei a trama ágil, bem desenvolta e, apesar de ser um tanto clichê, não deixa de ser surpreendente em determinadas partes. A leitura flui bem facilmente, é um daqueles livros que você inicia de forma despretensiosa e quando percebe já está envolvida da cabeça aos pés.
Katy foi uma personagem que eu gostei logo de cara e o fato dela ser blogueira não teve nada a ver com isso (ok, admito que influenciou um pouquinho, mas bem pouquinho - hahaha). Uma das coisas que mais me agradaram foi que, por mais que ela se sentisse intimidada por Daemon, nunca abaixava a cabeça pra ele. Gosto de personagens fortes, principalmente os femininos, e ela foi muito corajosa e determinada na maior parte da história. Já com Daemon as coisas não foram tão fáceis. Eu senti muita dificuldade em gostar dele, afinal suas atitudes controversas me levavam do amor ao ódio em questão de minutos. Com o tempo fui entendendo seus motivos, entendo suas atitudes e, de forma gradativa, comecei a vê-lo com outros olhos.
Obsidiana é um livro viciante, daqueles que não dá vontade de parar de ler. A história é super envolvente e o romance, muito embora não seja um foco principal da trama, é muito fofo! Terminei o livro com aquele gostinho de quero mais e estou ansiosa pelo segundo. Recomendo!

Um comentário:

  1. Neyla! A Camis já leu esse livro e não gostou muito. Você, no entanto, já está querendo o segundo. A única forma de resolver isso será lendo por conta própria. Acredito que terei alguma dificuldade com Daemon da mesma forma que você, porém gosto de saber que Katy é uma protagonista forte.
    Não acredito que lerei o livro em breve, pois tenho dezenas de outros na fila, mas quem sabe...?

    Beijos, Iza
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir