quarta-feira, 2 de março de 2016

Mais Uma Chance



Grant Carter fez tudo em seu poder para convencer Harlow Manning que ele era um bom rapaz. Mais do que uma fala mansa e alguém em quem pudesse confiar. Ele teve de superar sua reputação como um playboy, e sua história com a meia-irmã de Harlow, Nan, uma mulher que é puro veneno. Harlow tinha agarrado a chance, caindo duro e rápido nos braços do cara que emocionou com o seu desejo que tudo consome. Depois de uma vida de evitar bad boys como Grant, ela abriu-se para as possibilidades de amor ... Mas um segredo rasgou-os, e agora Grant e Harlow devem decidir se eles podem lutar o suficiente para fazê-lo funcionar - ou se a dor da traição tem destruído permanentemente o seu futuro.

Título: Mais Uma Chance
Série: Rosemary Beach #8
Autor: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 208


Falar de Rosemary Beach é algo que sempre me deixa feliz. Se você me acompanha em alguma rede social, sabe que eu tenho verdadeiro amor por essa série viciante. É só lançarem mais um livro que minha ansiedade fica a mil. E quando o livro chega em minhas mãos, nossa, é pura felicidade! Estava em cólicas de curiosidade por Mais Uma Chance, afinal o livro anterior termina em uma parte crucial, e ele não me decepcionou. Pelo contrário, foi ainda melhor do que eu imaginava.
Em A Primeira Chance vamos acompanhando o desenvolvimento do relacionamento entre Grant e a doce Harlow. A primeira vista os dois não possuem nada em comum, mas a paixão que nasce entre eles é forte e logo se transforma em um amor puro e forte como ambos jamais imaginariam viver. Porém, nem tudo são flores na vida desse jovem casal e Harlow esconde um segredo, que quando vem a tona acaba por separá-la de seu grande amor.
Neste volume vamos encontrar um Grant devastado por ter perdido a mulher que tanto ama. Após revelar seu segredo, ela decide ir embora e deixa para trás tudo aquilo que viveu com ele. Desesperado, ele liga todos os dias para ela, na esperança de que mude de ideia e o atenda. Porém, mesmo com toda saudade que toma cota de seu ser, ela ainda prefere manter-se afastada. Ela sabe que Grant nunca irá deixá-la seguir adiante com seus planos e realizar seu maior sonho. Não quando isso pode afetar tanto a ela, podendo levá-la até a morte. Ele, por sua vez, quer se desculpar por ter agido de forma tão irracional quando soube do seu problema cardíaco. Mas nem sequer imagina que todos os seus temores estão próximos de vir à tona e nada poderá fazer para mudar o que está por vir, afinal Harlow fez uma escolha e não irá mudar de ideia tão facilmente. Por conta do seu problema cardíaco, Harlow não podia ter filhos. Contudo, por conta de um descuido, ela agora está esperando um bebê e tirá-lo não está em seus planos.
Este foi, sem sombras de dúvidas, o livro mais dramático da série até agora. A história de Grant e Harlow, que já havia virado queridinha no livro anterior, ficou ainda mais intensa e me deu uma nova perspectiva a respeito de cada um dos personagens. Grant me surpreendeu ainda mais, ao mostrar ao leitor toda fragilidade escondida por trás daquela casca de durão. Em muitas partes fiquei com os olhos marejados com a intensidade de seus sentimentos. 
Já Harlow, que foi uma mocinha que me ganhou de imediato no primeiro livro, me cansou no início deste. Boa parte disso se deve ao fato das escolhas que ela fez durante o livro, coisas com as quais eu discordava, e me fez odiá-la em algumas partes. Não conseguia entender qual a razão dela querer tanto ter um filho se havia a possibilidade dela morrer e nem sequer conhecer a criança. Passei a maior parte do livro chateada, reclamando e odiando-a. Mas quando cheguei na parte das cartas, me rendi. Gente, o que é aquilo? As cartas que ela escreve para seu bebê me deixaram sem chão e ali pude perceber que ela não estava sendo uma egoísta que só pensava em si. Chorei, sofri, quase arranco meus cabelos de frustração em muitas partes. Mas no fim, entendi o que tudo aquilo significava para ela.
Abbi, realmente, se superou. Não estava preparada ara uma história tão emocionante como foi Mais Uma Chance. Entre todos os livros da série, esse foi o que mais me tocou, que me deixou angustiada e que mexeu com minhas emoções no decorrer da leitura. Achei a trama muito bem elaborada e o drama que a personagem vive é tão delicado que dividiu a minha opinião. Tanto que, por mais que tenha entendido suas motivações, ainda não sei se concordo com sua forma de agir e pensar.
Esse foi um dos melhores livros da série e, de quebra, ainda nos mostrou um lado, até então, desconhecido de Nan. Inclusive, há um capítulo inteirinho narrado por ela, o que me fez ficar ainda mais louca para ler seu livro.
Se você ainda não conhece essa série incrível, tá esperando o que para começar a ler? Rosemary Beach é uma das minhas séries preferidas e recomendo de olhos fechados. Uma ótima pedida para os fãs de romances . <3

6 comentários:

  1. nunca li nenhum livro dela, Neyla, não sei, tinha receios baseados em algumas opiniões negativas, mas depois de uma enxurrada de comentários tão bons a trama merece atenção
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já vi outras resenhas sobre esse livro e, confesso, eu não tinha nenhum interesse em ler, mas vendo tantos elogias a série vou acabar mudando de ideia. A sua resenha foi sem dúvidas a mais positiva e você me convenceu.
    Adorei sua resenha.
    Muitas pessoas tem como um sonho na vida ter filhos. E eu acredito que muitas pensem que não importe as consequências, elas vão querer ter. Que bom que no fim você acabou entendo, eu também me pergunto isso as vezes... e acho que seja por conta disso que eu falei (de ser um sonho). Mas entender mesmo, ainda não entendi. haha

    parado-na-estante.blogspot.com.br
    facebook.com/paradonaestante

    ResponderExcluir
  3. Olá, Neyla!
    Também estou apaixonada pela série! Atualmente estou lendo "A primeira chance" e encantada pela história de Grant e Harlow!
    A forma como a autora desenvolve a história é realmente muito gostosa e, com a sua resenha, fiquei louca para saber como termina essa trama!

    Abraço!

    Karla Samira

    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Neyla, confesso que quando terminei o livro 1 do casal, já achava que a continuação seria bem superior a dos outros casais, mesmo assim a autora me surpreendeu também pela carga emocional que ela imprimiu na história. De longe o melhor desta série.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Oiee ^^
    Ainda não li o primeiro livro do Grant e da Harlow, mas vi que o pessoal está mesmo gostando da duologia do casal. Estou bastante curiosa para ler, pois amo as histórias da autora, mas primeiro quero conhecer melhor o Woods e a Della, mas estou um pouco receosa com a história deles *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. oii
    amo esse livro,adoro a escrita da Abbi..
    ansiosa pelos próximos projetos dela :)
    o meu preferido é o primeiro volume da serie!
    bjs

    ResponderExcluir