quarta-feira, 25 de maio de 2016

Capitão América 3: Guerra Civil











Quando o governo cria um órgão para supervisionar os Vingadores, o super time de heróis se divide em dois. Um liderado por Steve Rogers e seu desejo em manter os Vingadores livres para defender a humanidade sem interferência do governo, e o outro que segue a surpreendente decisão de Tony Stark em apoiar o governo na fiscalização de seus atos.




Título: Capitão América 3: Guerra Civil
Lançamento/Duração: 2016 - 147 minutos
Gênero: Aventura/Ação/Sci-Fi
Direção: Anthony e Joe Russo
Roteiro: 
 Christopher Markus e Stephen McFeely
Elenco: Chris Evans, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Sebastian Stan, Anthony Mackie, Don Cheadle, Jeremy Renner, Chadwick Boseman, Paul Bettany, Elizabeth Olsen, Paul Rudd, Emily VanCamp, Tom Holland, Daniel Brühl, Frank Grillo


Atrasados sim, mas aqui estamos. A essa altura é muito possível que já tenha assistido ao filme, mas só tive a oportunidade a pouco tempo e não poderia deixar de falar desse universo que tanto me agrada e continua agradar. Capitão América 3 - Guerra Civil é um filme muito bom e não precisa nem chegar ao fim da postagem para me ver falar isso.
Não estou aqui para falar apenas sobre como o filme é divertido ou para fazer comparativos com a HQ ou com o romance adaptado, isso você encontra aos montes por aí. Nós mesmos já falamos sobre Guerra Civil - Marvel quando resenhamos a adaptação literária dos quadrinhos e deixamos claros que todos esses produtos devem ser encarados de maneira separada. Agora o foco é apenas Capitão América 3 - Guerra Civil...

Após os acontecimentos de Capitão América 2 - Soldado Invernal e Vingadores 2 - Era de Ultron, os Vingadores tem atuado sob o olhar da desconfiança e sem apoio da S.H.I.E.L.D, apenas sob financiamento de Tony Stark. Contudo, após uma ação desastrosa em território nigeriano os principais governos do mundo decidem que os Maiores Heróis da Terra não devem atuar sem supervisão e permissão legal, violando leis internacionais e decidindo a quem devem salvar.
Alguns deles, como o Capitão América, não concordam com o Tratado de Sokovia e preferem não assinar algo que restrinja o direito de poder salvar o máximo de vidas possível, mesmo que para isso tenham-se baixas inevitáveis. Outros, como o Homem de Ferro acreditam que talvez essa seja a melhor opção. A cisão entre os Vingadores tem início, mas apenas na esfera psicológica e ideológica. Quando um violento atentado na ONU de suposta autoria do Soldado Invernal acontece em Viena, vitimando diversas autoridades, é que a guerra tem início...
Para algumas pessoas pode até parecer que dei spoilers, mas tudo isso que contei é visto superficialmente nos trailers. E acredite quando digo que essas informações são superficiais: há muito mais por trás do posicionamento dos personagens dentro dessa história do que os trailers deixam transparecer. 
Capitão América 3: Guerra Civil é um grande filme de ação e seu principal objetivo é entreter o público com seus combates e sequências eletrizantes, mas um dos pontos fortes do filme é a forma com que trabalha os personagens, mesmo com tantos deles tendo que dividir tempo de tela. O roteiro, embora possua alguma falhas e outras questões que ouso descordar, é bem trabalhado e atua bem para o ritmo siga bem, sem quebras bruscas e utilizando todos os recursos apresentados na trama.
A Marvel Studios tem acertado bastante em suas produções, desde sua concepção e escolha dos títulos ao produto final, não dá pra negar. É claro, existem diversos deslises e decisões não tão bem acertadas também, mas esses acabam sobrepostos pelos acertos e pela diversão proporcionada pelas superproduções. É muito improvável que na euforia, após a sessão e as cenas finais, você saia do cinema disposto a outra coisa a não ser comentar o quanto achou o filme bacana.

O elenco entrou totalmente no clima do filme, mesmo os novatos estavam muito confortáveis nos papeis dos heróis da Casa das Ideias. A interação entre os personagens é natural, fluida, sem forçação de barra. O núcleo de apoio do herói ajuda a levantar diversas piadas dos mais inesperados tipos, mas vão além de servir de escada e reforço em combate. A interação entre eles é muito boa e fundamental. O Pantera Negra e o Homem Aranha tem grandes momentos no filme e te deixam com vontade de logo ver mais sobre eles em tela. Contudo, nem tudo são flores e alguns personagens são relegados a participações menores como a Viúva Negra que tinha participado ativamente do filme anterior do Capitão América.
Apesar da trilha sonora meio morna, nada tão marcante, o filme compensa com os efeitos visuais e cenas de ação bem dirigidas e coreografadas. O filmes está recheado de sequências eletrizantes com destaque para aquela que TODO MUNDO que foi ao cinema estava esperando, que é o embate entre os grupos no aeroporto de Berlim. Não tem como não vibrar de empolgação quando esse fã-service gigante invade as telonas, é pancadaria entre amigos sim, é luta contra o inimigo errado sim, mas ninguém se importa em ver aquelas cenas de ação em tela.
O filme com certeza absoluta será um dos mais divertidos que irá assistir esse ano, pois consegue dosar perfeitamente ação, "dramas", comédia e aventura sem quebrar ritmo cada qual seu devido momento. Capitão América 3: Guerra Civil entrega para o espectador uma experiência extremamente positiva de entretenimento, capaz de agradar pessoas dos mais variados gostos. É diversão descompromissada e garantida, vale a pena conferir.




2 comentários:

  1. Aaaaaah, eu assisti no último dia antes de o filme sair de cartaz dos cinemas. Levei meu pai e lá fomos nós em mais uma sessão da Marvel. O chato é que ele parece esquecer dos filmes anteriores e não entende o que tá acontecendo. Mas eu relevei.

    Uma das melhores cenas é a abertura, com a Viúva Negra e o Capitão América descendo a porrada naqueles caras na Nigéria. Eu adorei o Homem-Formiga aparecendo! Não esperava por isso, apesar de ter suspeitado. E também tem a cena do Capitão beijando a Agente 13 (câmara mostra os amiguinhos no carro! hahaha muito boa).

    Terminei o filme com a dúvida de qual caminho a história irá seguir, iremos para Asgard? Os Guardiões irão voltar? Existe uma história na qual eles se juntam?

    Beijos, Iza
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normal Iza, até eu esqueço alguma coisas as vezes (e parece que até eles - a Marvel - vez ou outra). O importante é que aproveitaram o filme!
      Então. Sobre o futuro do MCU - Marvel Cinematic Universe: Iremos para Asgard acompanhar o que Thor estava fazendo fora da terra desde que teve a visão em Vingadores 2. Os Guardiões da Galáxia Vol.2 está em pré-produção ou produção, algo assim, e logo deve começar a aparecer em notícias. Existe sim uma história que irá uní-los, provavelmente Vingadores 3 que será em duas partes e tem o título provisório de Guerra Infinita.
      Acho que é isso.

      Excluir