segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Top 5: Personagens Chatas



Quem aqui nunca teve vontade de dar uns tabefes em determinado personagem que era, no mínimo, chato? Eu já, claro. Infelizmente, é algo que acontece constantemente em minha vida, seja com mocinhas ou com mocinhos. Vamos conferir?
1- Meara
Eu amo a trilogia dos Primos O'Dwyer da Nora Roberts e, desde o primeiro volume, fiquei curiosa para conhecer melhor a Meara, uma mulher forte, batalhadora e que sabia muito bem o que queria de sua vida. E eu acabei descobrindo que ela era, realmente, tudo isso. Porém, ela também era chata e logo nas primeiras páginas já me vi olhando torto pra ela. Toda imagem que construí dela no primeiro livro, foi desconstruída nesse e não consegui me sentir cativada por ela.
Um fato curioso: quando li o terceiro, e último livro da trilogia, a antipatia simplesmente sumiu. Acho que o problema mesmo era quando o foco estava nela.
2- Gabby
Essa me tirou do sério! Eu amo os livros do Nicholas Sparks, acho as histórias maravilhosas e os personagens sempre me encantam. Mas dessa vez não deu e acabei criando antipatia por ela. Num primeiro momento eu a achei bem normalzinha, não cheirava e nem fedia, portanto não tinha muito o que dizer. Mas depois que conheci o Travis melhor e me apaixonei por ele, comecei a ver como a Gabby era sem graça ... e chata! Não conseguia sentir emoção da parte dela e, até mesmo o amor que ela dizia ter pelo Travis, não me convenceu. Achei tudo muito superficial e a intensidade eu só sentia mesmo da parte dele.
Só para vocês terem uma ideia, esse é o livro do Nicholas que tinha tudo para ser um dos meus favoritos. Mas acabou entrando para a lista dos que menos gostei. É a vida!
3- Megan
Eis aí um "serumaninho" que eu quis dar uns bons tabefes. Se com as duas moças aí de cima a questão ficou apenas na antipatia, nessa a coisa evoluiu. Esse livro tinha tudo para ser o melhor. Gente, ele começa cheio de ação, com uma história que me prendeu logo de cara e personagens que pareciam ser ótimos! Mas aí a coisa desandou e comecei a passar raiva por causa da Bella (que transformou uma história que tinha tudo pra ser boa em um clichê chato) e da Megan, que é uma chaaaata sem limites.
A questão inteira é que eu não gosto daquelas personagens que não sabem bem o que querem, que ficam em cima do muro e acabam testando a paciência do leitor. Megan é viúva e seu marido morreu em um acidente de trabalha (se não me engano ele era piloto de avião). Ela não queria mais sofrer e mimimi. Daí conhece o bombeirão do Gabe, que a salvou de um incêndio junto com sua filha, e se sente atraída. Porém, ela não quer se envolver pra não sofrer. Ok, eu entendo os motivos da garota. Mas aí começou a chatice inteira e eu já vou logo pedir desculpas  a vocês pelo termo pejorativo que usarei. A bonita da Megan dá pro cara, depois diz que não quer mais ele. Ok, super entendo. Ela não quer sofrer e mimimiZzzZZZzZz. Mas aí acontece de novo e ela fala a mesma coisa. Olhei meio torto, mas tá, beleza! Quando chegou na terceira eu já estava querendo dar com o livro na cara dela, da Bella Andre, do Gabe, da vida! Lembro que dei um grito de: Se decida, minha filha! e quis parar a leitura na hora. Terminei o livro revoltada, querendo que o Gabe deixasse a chata e seus questionamentos tão chatos quanto ela, de lado e viesse ser feliz em Salvador.
Eis exposta minha indignação, por favor não me apedrejem (hahahaha).
4- Line
Ai, ai, ai, ai, ai! Esse livro foi uma decepção enorme e essa mocinha aí, nossa, chega me dá umas coisas só de lembrar dela. Line é uma garota chata, sem iniciativa, que não tem nenhum tipo de perspectiva de vida e que é uma iludida. Eu sei que você deve estar pensando: "Neyla, tô achando que a chata da história é você, viu linda? Acabou com a garota!". Mas é sério: eu passei raiva com ela.
A menina era muito sem noção, trabalhava em um hotel em troca de alimentação e dormida, tinha tempo livre e não usava pra fazer um curso ou o que quer que fosse pra tentar melhorar de vida e, pra piorar, conhece um cara em um dia e no outro já está fazendo juras de amor eterno.
Line não tem carisma e suas crises de chatice me deixaram espumando de raiva. Li o livro numa sentada e não consegui desenvolver simpatia/empatia ou qualquer outra "ia" por ela. Chata sem tirar nem pôr!
5- Mason
Por mais que tenha tido os meus problemas com a Megan ali em cima, nada se compara a repulsa que senti pela Mason. Pense numa criatura chata. Pensou? Multiplique por 10 e temos ela como resultado. Comecei a ler o livro cheia de expectativas, mas logo de cara percebi que teria sérios problemas com ela.
Mason é aquele tipo de menina que o mundo está desabando bem embaixo do nariz e ela não toma uma atitude. É chata, imatura, insegura e sem graça, como é que eu poderia vim a gostar de uma criatura dessas? Não rolou química, li o primeiro livro a pulso e nem quis me arriscar a ler o segundo pra não morrer com um enfarto fulminante. Até hoje, é a mais chata que já encontrei em livro!

Agora que você chegou ao fim dessa post, é a sua vez de me contar: quais são as personagens que você acha chata? Conta aqui nos comentários e vamos bater um papinho. ;)
Beijos


3 comentários:

  1. Desses só li o de Bella Andre, e concordo com vc. Megan era chata demais
    Adorei esse top 5

    ResponderExcluir
  2. Não li nenhum, mas acrescentaria o Jack da Lente de Marbury. Não existe criatura mais chata no mundo literário. Aquele foi criado para ser chato. Ainda não perdi a vontade de afogá-lo no próprio vômito.

    Essa trilogia da Nora estou louca para ler. Tentei ler um livro da Bella e achei chato. Historia mais ou menos, escrita mais ou menos.Tudo o mesmo e nada novo. Parei no primeiro daquela série imensa dos irmãos, primos e ascendentes.

    ResponderExcluir
  3. ainda não me encontrei com essas personagens chatinhas, mas vamos combinar, ninguém merece gente sem graça, seja literária ou na vida real
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir