quarta-feira, 5 de outubro de 2016

O Eterno Namorado

Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma.
A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen.
Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar. Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.
 Título:  O Eterno Namorado
Autor (a): Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 304



Nora Roberts é aquela autora que só em ver os livros na livraria meu coração dispara. A cada novo lançamento fico doida querendo ler e se o livro tem aquele tom sobrenatural, pronto, já me ganha de imediato. E foi o que aconteceu com essa nova série dela, A Pousada. A trama do primeiro livro me arrebatou a tal ponto que fiquei desejosa por mais assim que findei a leitura. É de se esperar, portanto, que quando O Eterno Namorado chegou, eu praticamente quis passar na frente de todos pra poder conferir o que aconteceria com esse novo casal.
Neste livro vamos conhecer melhor mais um irmão Montgomery, o sempre organizado Owen (meu preferido entre os três), e a Avery, uma das melhores amigas da Claire (protagonista do primeiro livro) e dona da Vesta, a badalada pizzaria que fica em frente a Pousada Boonsboro. Na infância eles tiveram aquele tão famoso "namorico" de criança e, apesar de sentirem uma certa atração um pelo outro, ambos nunca imaginavam que um dia poderiam viver um romance.
Em meio aos preparativos para a tão esperada inauguração da pousada, e graças a um empurrãozinho de Lizzy, nossa fantasminha camarada, os dois acabam descobrindo um sentimento que achavam que não existia. Avery não é o tipo de pessoa que se entrega com tanta facilidade. Abandonada pela mãe quando ainda era criança, ela ainda preserva alguns rancores e medos. Mas nada que o jeito fofo e amável de Owen não vá ajudar a superar.
Já conhecia os personagens por conta do livro anterior (que eu amei demais da conta) e não conseguia imaginar um romance entre Owen e Avery, apesar de já ter previsto que fosse acontecer porque é óbvio demais pra quem está acostumada com esse tipo de romance (o velho e bom clichê do qual já estamos acostumadas). Gostei da forma como a autora desenvolveu o relacionamento entre eles, sem pressa e colocando cada peça em seu lugar no devido tempo. A história entre os dois é uma gracinha, mas infelizmente não passa disso. Não achei tão envolvente como a de Claire e Becket, no primeiro, muito embora tenha sido gostoso de acompanhar. 
Ambos são bons personagens. Ela é forte, decidida e bagunceira. Ele é extremamente organizado e meticuloso, do tipo que chega a ser admirável (queria eu poder ser tão organizada assim). Eles funcionam bem juntos, são bem companheiros e compreensivos. Apesar de algumas atitudes extremas, totalmente justificáveis, eu gostei muito de Avery. Desde o primeiro livro já havia simpatizado com ela e seu jeito mais despojado. Sobre Owen não vou falar mais nada por que estou apaixonada. Somente! <3
Senti falta de algo além do romance. Apesar de ser uma história que cativa e que a leitura flui muito bem, achei que Nora poderia ter explorado mais o drama pessoal da Avery. O reencontro com a mãe foi bem emocionante, mas se tivesse acontecido antes teria mexido muito mais comigo. O fato de ter deixado isso acontecer somente do meio para o fim fez com que ele não tivesse aquele impacto sobre mim. 
Essa série me lembra demais Quarteto de Noivas, que detalha o dia-a-dia dos personagens, mostrando sua rotina diária, suas conquistas e o amor que cada um deles tem por aquilo que faz. Gosto da forma como a autora insere o leitor na história e acho que o toque sobrenatural embutido na trama fez toda a diferença, já que há um constante clima de mistério no ar.
Em suma, é um livro muito bom, com romance na medida para os corações apaixonados e sonhadores. Quem gosta de um romance mais leve, precisa conhecer essa série. Com certeza vai se encantar!




9 comentários:

  1. Oie

    Adoro a Nora e fico doida a cada lançamento dela!!
    Essa série ainda não li nada mas quero muito, e você falando que faz lembrar Quarteto das Noivas, adorei mais ainda.
    Eu gosto muito desse toque sobrenatural, faz uma diferença enorme na história.
    Vou tentar ler o mais breve.
    Excelente resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Neyla, tudo bem?
    Acredita que ainda não li nada da Nora Roberts? Ainda não encontrei algum livro dela que me encantasse ao extremo, ou que despertasse o meu interesse súbito. Sempre leio grandes elogios a escrita da autora e como os livros dela que possuem um toque sobrenatural são bons, portanto ainda pretendo conhecer a escrita da autora, provavelmente irei iniciar por algum que não faça parte de uma série.
    Uma pena mesmo a autora não ter explorado mais o relacionamento do protagonista com a mãe, gosto quando os livros de romance abordam dramas pessoais. Fico feliz em saber que os personagens são bem construídos e possuem uma personalidade distinta.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que bom que eu li sua resenha! Eu recebi esse livro, e achei que não poderia ler antes do primeiro, mas pelo jeito cada um conta a história de um casal, então não tem problema, né? Eu ainda não li nenhum desses tipo de romance da autora, só policial e sobrenatural. Estou curiosa para conferir.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Neila, eu não gosto dos livros da Nora, na verdade nunca me conectei muito com suas histórias e de O Quarteto das Noivas li apenas o primeiro livro e foi o melhorzinho e olhe lá. Achei interessante a parte sobrenatural apesar de você não ter falado muito sobre ela, mas tenho a impressão que existe uma fantasma na história que é tipo um cupido, certo? Bom, eu não vou ler, mas sua resenha me deixou um tantinho curiosa mesmo que não tenha sido tão bom quanto o primeiro!

    ResponderExcluir
  5. OOi!!
    Acredita que nuuunca li nada da Nora?! KKKK Pois é!
    Antes não tinha nenhum interesse, mas hoje já morro de vontade. Gostei bastante de premissa desse. Sem contar que, só por sua resenha também já me apaixonei pelo Owen ! Hahah Dica anotada!

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga!

    Conheço por cima essa série, por conta da parceria que temos com a editora, mas não cheguei a ler, mas agora fiquei curiosa, gosto de livros com essa pegada sobrenatural, mesmo que em um romance, fico encantada, sei lá, acho diferente, e saber que uma fantasma ajuda o casal é bem curiosos, só acho uma pena que a autora não tenha se aprofundado em alguns pontos e deixou o livro um pouco inferior aos outros, não passando aquela emoção maior, mas isso é algo que as vezes acontece, né? Enfim, acho que vou ler sim, tenho a sensação que vou gostar!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Neyla!

    Você acredita que li poucos livros da Nora Roberts? Lendo sua resenha eu percebi que preciso mudar isso, pois gostei da história e mesmo que a autora não explorou profundamente a história do casal, ainda sim despertou interesse e vou adicioná-lo na minha lista de desejados.

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Neyla!
    Os elogios à Nora e seus livros são tantos que, inclusive, já peguei o primeiro do Quarteto de Noivas emprestado para ler assim que possível, rs. Essa nova série dela parece interessante também, mas que pena que o romance não te conquistou tanto quanto no primeiro, mas faz parte, acontece. Se o mocinho conseguiu te conquistar e ao menos ser uma relação fofa, já vale, ao menos para mim, rs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Neyla também amoooooo Nora Roberts! Faz séculos que não leio algo dela e nao quis começar essa história ainda por ser uma série, quero esperar pra ver quantos livros serão :)
    Não imaginava que tinha esse toque sobrenatural, acho que isso eu não cheguei a pegar nos livros dela, só li os romances puro romance até agora. Uma pena vocÊ nao ter achado esse tao envolvente quanto o primeiro, mas pelo menos, sempre é uma boa história de se ler né?
    Agora que sei melhor do que se trata fiquei bem curiosa!

    ResponderExcluir