terça-feira, 22 de novembro de 2016

Financiamento Coletivo: Contos de Òrun Àiyé


Titulo: Contos de Òrun Àiyé
Produtora: Manjericcão Estúdio
Criação: Hugo Canuto
Artistas: Pedro Júnior, Hugo Canuto e Marcela Kina
Tipo: Literatura - Historia em Quadrinhos


Recentemente Hugo Canuto chamou atenção na mídia quando em uma homenagem ao ilustre quadrinista Jack Kirb criou uma releitura da capa da revista Os Vingadores Nª 4 (The Avengers #4) substituindo os heróis por figuras do panteão afro-brasileiro. Assim surgiu The Orixas e também a vontade de trabalhar melhor a ideia em um projeto com essa temática.
O autor, até então radicado em São Paulo, retornou a Bahia para aprofundar suas pesquisas e, com o auxílio de estudiosos e adeptos, construir uma obra que respeitasse a tradição e o mito de criação da cultura Yorubá mas que permitisse uma abordagem artística da história dos Orixás. Esse é o projeto Orixás – Contos de Òrun Àiyé, que chega para trazer aos quadrinhos um pouco dessa cultura que ainda sofre de muito preconceito. E não poderia ter sido lançado em período mais significativo que não o mês da consciência negra!
Conheça mais sobre o projeto:
"Era um tempo em que reis e heróis caminhavam na terra... Ali, entre o oceano seco de areia e as florestas de chuva, havia um mosaico de povos cujas cidades, feitas de marfim e bronze, amavam a guerra e o comércio com a mesma intensidade... Artesãos, sábios, feiticeiros, que marcaram para sempre o destino de dois continentes.”
Esse é o universo dos Contos de Òrun Àiyé, construído a partir dos Itan, as histórias contadas oralmente por séculos nas tribos Yorubás, situadas hoje entre a Nigéria e o Benin, cujos filhos espalhados pela diáspora criaram raízes no Brasil.
No princípio, quando céu e o terra estavam unidos, os Orixás viviam entre os mortais. Influenciando os caminhos, lutando juntos ou ensinando o domínio dos elementos, entidades como Xangô, Yemanjá, Ogum e Iansã deixaram um legado capaz de triunfar sobre o tempo, seus feitos chegando aos nossos dias com o mesmo encantamento com que eram contados nas velhas cidades da África Ocidental.
Para poder tornar esse projeto real, formamos uma equipe criativa que conta com roteiro e lápis meus, arte final e diagramação do Marcelo Kina, e as cores incríveis do Pedro Júnior, ambos profissionais dos quadrinhos e animação.
Contos de Òrun Àiyé será publicada em formato americano - 17 x 26 cm - com 80 páginas entre história e extras,  com edição colorida. Serão duas histórias completas, tramas fechadas.
Além das histórias, haverão esboços do projeto, design de personagens e cenários, assim como uma Galeria com Artistas convidadas que serão divulgados ao longo da campanha. Alguns nomes confirmados: Flávio Luíz Nogueira (O Cabra, Aú o Capoeirista), Oliver Borges (Aurora Comics), Ricardo Cidade, Rafael Oliveira, Jefferson Costa, Hari Jan, Mikael Quites, Bruno Marcello.
Além disso algumas ilustrações estarão como extra do álbum, e caso seja possível ultrapassar a meta, mais serão inclusas.

Para quem não conhece (ou não acompanha as postagens que fazemos sobre FCs), o funcionamento de um financiamento coletivo é simples: os objetivos são esclarecidos na página da campanha e as recompensas são apresentadas, o apoiador escolhe entre as possibilidades com quanto irá contribuir já sabendo qual será a sua recompensa. Quando a meta não é alcançada o dinheiro é devolvido, e em algumas campanhas quando o valor estipulado é ultrapassado metas extras bonificam aqueles que contribuíram (não necessariamente todos, isso varia de recompensa para recompensa e de campanha para campanha).
Para participar do financiamento de Contos de Òrun Àiyé, basta escolher um dos pacotes de recompensas disponíveis, com valores entre R$10 e R$ 1000 (mais voltado para Comic Shops), que dão direito a recompensas variadas como agradecimentos, exemplar da obra, camiseta, coleção de posteres exclusivos, página original até sua marca estampada na capa como patrocinador. Basta escolher o apoio que contemple aquilo que seja do seu interesse e caiba no seu bolso.

A campanha ficará disponível por mais 52 dias no Catarse (a contar de 22/11) e tem entrega de recompensas prevista para Junho de 2017. Agora que você já está por dentro de tudo confira a página do projeto no Catarse (https://www.catarse.me/contos_de_orun_aiye_edd8) e descubra mais informações sobre o quadrinho: quais exatamente são as recompensas, detalhes sobre como seu dinheiro será investido, artes, etc.
Apoie, divulgue, e ajude Contos de Òrun Àiyé a alcançar o seu objetivo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário