quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter

Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.
Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.
Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.
Título: Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter
Autor (a): Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 352


Vamos falar de coisa boa? Não, não vamos falar de Tekpix e sim de romances de época, mais especificamente da maravilhosa Sarah MacLean e dessa série viciante que é a Os números do amor. Quem leu a resenha de Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar, sabe que caí de amores pela história e que o Nick, irmão do protagonista, me chamou demais a atenção.  Fiquei ansiosa esperando pelo livro dele, afinal tinha certeza que me apaixonaria. E não me enganei!
Em Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter conhecemos Isabel,uma moça forte e corajosa, que acolhe garotas que estão passando por algum tipo de problema ou fugindo de seu passado. Seu falecido pai a deixou sem um tostão furado e ela precisa de fundos para custear os estudos de seu irmão, futuro conde. Dona de uma pequena coleção de valiosas pecas de arte, ela precisa encontrar alguém que possa avaliá-las e é aí que lhe aparece nosso mocinho delícia, Nick St. John, o maior bom partido de Londres. ♥
Ele está na cidade em busca da irmã de um amigo que fugiu de casa (e adivinhem só onde a mocinha está?) e acaba esbarrando em Isabel no meio de uma caminhada. Ele, um especialista em antiguidades, acaba recebendo um convite dela para ver suas peças e é aí que tudo começa a deslanchar. A casa de Isabel é formada apenas por mulheres que estão, como já disse lá em cima, se escondendo de seu passado por algum motivo, e a presença de Nick é algo que irá perturbar um pouco a rotina das moças. Muitas delas, inclusive, assumem papel de homem para não chamar atenção do visitante. Mas ele é esperto e, óbvio, percebe que algo de muito estranho acontece naquela casa. Ele sabe que Isabel guarda segredos e pretende desvendar cada um deles.
Eu adorei esse livro! Embora não tenha sido tão divertido quanto o primeiro, me senti extremamente ligada aos personagens, em especial a Isabel. Ela é uma mulher decidida,de personalidade forte e que faz de tudo para defender quem ama e o que acredita! Logo de imediato achei que ela fosse só mais uma daquelas mocinhas que são fofas, mas frágeis e sem iniciativa. Que ingenuidade a minha achar que Sarah MacLean, que sempre nos brinda com mocinhas incomparáveis, fosse capaz disso. Apesar de não ter o mesmo brilho de Callie, afinal ambas são donas de personalidades bem diferentes, ela é encantadora. Os percalços da vida fez com que ela amadurecesse muito rápido e a tornou uma mulher muito mais séria e que carrega nos ombros todo o peso das responsabilidades que lhe foram atribuídas.
Nick, que desde o primeiro livro já me encantou, se mostrou um excelente protagonista, mas em alguns momentos achei que foi ofuscado pela força de sua companheira. Ele é charmoso (e sabe bem como usar isso a seu favor) e divertido, junto com Isabel formam um casal diferente, mas que de certa forma se completam justamente por serem o oposto um do outro. Esperava um pouquinho mais dele, confesso, mas mesmo assim não fiquei imune a seu charme e me apaixonei. Ô sina essa minha de me apaixonar por mocinhos de romances de época.
Narrada em terceira pessoa, a história é leve e gostosa de ler. Achei que a trama, em alguns momentos, perdeu um pouco a agilidade, tornando-se um pouco arrastada. Existem muitas partes onde os personagens, principalmente Isabel, se perdem em pensamentos e isso quebrava um pouco o ritmo de leitura. Mas nada que tire o brilho do livro ou que tenha tornado-o maçante. 
O livro pode sim ser lido antes do primeiro, contudo fique ciente que vai encontrar alguns pequenos spoillers, mas nada que venha a prejudicar a leitura. Eu indico começar por Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar, já que nele já temos um vislumbre do nosso protagonista e da história de sua família.
Nem preciso dizer que recomendo de olhos fechados, não é mesmo? Romantismo e diversão na medida certa para as apaixonadas por romances de época.


2 comentários:

  1. oi Neyla, a autora tem um jeitinho de trabalhar questões super interessantes ao longo de sua trama em um enredo de época, mas com tantas referências atuais que fica impossível não se apaixonar

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Neyla! Você sabe que eu não sou muito chegada a romances de época, né? Mas essa série é uma exceção! Eu amei Nove Regras e, qnd tive a oportunidade de ler Dez Formas, fui sem pensar. Assim como você, gostei mais do primeiro volume, achei-o mais divertido e dinâmico. As regras foram mais legais do que as formas, por assim dizer.
    Não fui decepcionada, pq não tinha expectativas para a leituras, apenas quis acompanhar mais uma história da Sarah. Estou ansiosa para a continuação da série. Espero que possamos voltar a ter diversão!

    Beijos, Iza
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir