quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Moana - Um Mar de Aventuras





Moana, a filha querida do chefe de uma tribo polinésia,  é escolhida pelo próprio oceano para reunir uma relíquia mística a uma deusa. Para isso ela precisará zarpar em busca de Maui, um semideus lendário, único capaz de ajudar a salvar seu povo.




Título: Moana - Um Mar de Aventuras
Título Original: Moana
Lançamento/Duração: 2016 - 1h 47 min
Gênero: Aventura/Animação/Comédia
Direção: Ron Clements, Don Hall

Elenco: Auli'i Cravalho, Dwayne Johnson, Rachel House, Temuera Morrison, Nicole Scherzinger, Jemaine Clement, Troy Polamalu


"Mais uma excelente animação da Disney" - eu poderia dizer. "Um filme cativante e encantador" eu poderia acrescentar. Contudo eu estaria sendo simplório ao afirmar tais coisas, pois Moana é isso e um pouco mais. Poxa, o filme me fez passar o dia ouvindo as canções em looping e me deu a minha protagonista Disney favorita, acho talvez qualquer coisa que diga seja pouco! Assim sendo, vamos falar um pouco mais sobre ele.

A nova animação da Disney conta a história de Moana, a adorável protagonista que desde cedo conhece bem os costumes de seu povo e o destino que a aguarda. Como filha do Chefe Tui, Moana sabe que um dia será ela a liderar e cuidar do bem dos habitantes da ilha como a nova chefe, bem como manda a tradição. Desde criança uma forte ligação com o oceano a leva pensar no que há além dos recifes, porém o seu pai é contra qualquer aventura, e tem motivos para isso.
Contudo, quando um mal assola a ilha e os alimentos se tornam parcos, a jovem obstinada - com o apoio de sua avó - parte da ilha atrás de uma lenda: Moana precisa fazer o Semi-Deus Maui devolver o Coração da Deus Te Fiti e para por fim a sombra que assola as ilhas. Juntos vão enfrentar criaturas marinhas, imprevistos, desafios quase impossíveis e o submundo. Terão que aprender a confiar mais um no outro, para enfim salvar a todos.
Esse resumo nem de longe faz jús a trama do filme, mas é quase impossível deixar tudo claro sem entregar spoilers. Moana é uma aventura, uma jornada sobre coragem, auto-descoberta e superação, mas recheada de ação, musicais e momentos cômicos.
Os personagens da animação são fantásticos e carismáticos com destaque, é claro, para a forte e determinada Moana. Como a própria faz questão de destacar, não é uma princesa, mas a filha do chefe de sua tribo e futura líder de seu povo. A jovem, por mais que tenha seus deveres e entenda a importância disso não espera que a solução venha até ela, e também não coloca seus desejos acima dos daqueles a seu redor. Moana é independente, corajosa e decidida, um protagonista totalmente Girl Power e toma a frente de tudo, mesmo sendo seu companheiro de aventuras um semi-deus.
Mas os outros personagens não ficam muito atrás no quesito carisma. Maui, a avó Tala, o porquinho Pua, e até o galo louco Hei Hei, ganham facilmente um lugar de destaque na trama.
Nos quesitos técnicos de animação Moana mantém o fator Disney elevado como deve ser. Desde o visual particular de cada personagem, passando pelas referências visuais advindas dos povos polinésios e o trabalho gráfico, o filme traz um deleite visual para o expectador, além de trazer lembranças de outras obras dirigidas pela dupla a frente do projeto como Hércules e A Pequena Sereia. Mesmo sem dar um ponto sobre qual povo, de qual ilha advêm a inspiração, podemos ver o respeito às culturas polinésias, como os ritos e tatuagens comuns aos Samoanos e os Maori.
E não dá pra falar de animações da Disney e não falar das canções. Nossa, que musicais cativantes! As canções de Moana são musicas muito bem trabalhadas e estão longe de serem infantis, repetitivas, e enfadonhas. O trabalho de composição e arranjos que receberam são notáveis. Aqui abro parenteses para incluir elogios para a versão nacional: tanto execução quanto a localização, que estão em equivalência a versão original no quesito qualidade. Os dubladores Any Gabrielly e Saulo Vasconcelos estão de parabéns, bem como o Fernando Mendonça que interpreta a canção Para Ir Além. E o mesmo pode ser dito das vozes originais de Dwayne "The Rock" Johnson e Auli'i Cravalho. (Dá para conferir ambas as versões das canções no youtube).
E por falar nisso não importa se você gosta mais de dublado ou legendado, se puder assista ambas as versões (duvido que queira ver o filme apenas uma vez, confie em mim). 
Por fim, digo com certeza absoluta é um filme cativante e divertido, que consegue dosar perfeitamente ação, dramas, comédia e aventura sem quebrar ritmo, cada qual seu devido momento. Moana entrega para o espectador uma experiência extremamente positiva de entretenimento, capaz de agradar pessoas dos mais variados gostos e colocar um novo personagem Disney entre seus favoritos. É diversão descompromissada e garantida, vale a pena conferir.



2 comentários:

  1. eu adorei o filme, achei uma racinha e além de tudo com uma mensagem bonita de amor ao meio ambiente, ao desejo de proteger e Moana é uma personagem forte, sem mimimi, empoderada
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. O filme é uma coisa mais linda, a Moana é uma princesa fora do comum isso não tenho dúvidas. A representação da cultura dela é maravilhosa, a trilha super bem construída. O visual do mar está uma coisa mais linda.

    ResponderExcluir