quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Escândalos na Primavera










Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braçaisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa.
Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift.
Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado?Fechando com chave de ouro a série As Quatro Estações do Amor, Escândalos Na Primavera é um presente para os leitores de Lisa Kleypas, que podem ter certeza de uma coisa: embora as estações do ano sempre terminem, a amizade desse quarteto de amigas é eterna.
Título: Escândalos na Primavera
Série: As Quatro Estações do Amor
Autor (a): Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 224


E mais uma série queridinha do coração chega ao fim. As Quatro Estações do Amor chegou de mansinho, com personagens super fofas e cativantes, e acabou me conquistando logo de cara. E agora, nesse quarto livro, não poderia ter sido melhor. Estava preparada para uma história morna, já que todo mundo que conheço me falou que essa história era a mais fraquinha de todas. Contudo, ela me envolveu de tal forma que acabou virando uma das preferidas.
Daisy é a caçula e mais sonhadora da família Bowman. Ela adora ler, se perde em seus pensamentos e está deixando seu pai de cabelos em pé, afinal já se passaram três anos de seu debut na sociedade e até hoje nenhum pedido de casamento foi formalizado. Para um pai como ele, isso chega a ser até uma afronta e ele decide que está mais que na hora de dar um ultimato a filha. Ou ela arruma um marido ou ele mesmo irá casá-la com seu homem de sua confiança, Matthew Swift.
Claro que o Sr. Swift nunca seria uma opção de casamento para a nossa mocinha. Ela tem um verdadeiro repúdio por ele, que aos seus olhos é tão frio e focado nos negócios quanto o pai. Casar-se com ele não é uma opção e ela precisa, agora mais do que nunca, encontrar um homem que seja respeitável antes que o pai decida colocar essa terrível decisão em prática. 
Tendo a ajuda da irmã e das duas amigas, Daisy tentará de todas as forma encontrar alguém que seja aceitável. Quando ela pensa em seu destino, tendo ao lado alguém como o Sr. Swift percebe que qualquer outro homem é desejável. Ele, sempre frio e distante, focado nos negócios e extremamente sério, nunca será um bom marido. Além do mais, ele nem ao menos é atraente, o que o torna menos bem quisto pela garota. Até que eles se reencontram... e ele mexe com o coração dela.
Ele ainda continua a ser o mesmo homem controlador de antes, mas algo em sua postura, antes tão série, mudou. A aparência também não é mais a mesma e onde antes ela via um homem magro e desengonçado, hoje vê um homem de belas forma, rosto atraente e um sorriso que, embora seja tão raro, faça tudo ao redor se iluminar. 
É minhas amigas, é inevitável olhar e não se sentir atraída, ainda mais quando ele se mostra tão gentil e amigável. Mas não pensem vocês que Daisy vai se render aos encantos dele com tanta facilidade. E ele, apesar de sempre ter nutrido um sentimento forte por ela, não se permite sequer sonhar com algo mais entre os dois. E o motivo disso tudo é um segredo terrível que ele carrega consigo, algo que se vier à tona irá mexer com sua vida e a da pessoa que estiver envolvida com ele. Contudo, resistir a doce Daisy não será tarefa fácil, ainda mais quando ela finalmente se der conta de seus sentimentos.
Eu adorei esse livro! Estava esperando uma história mais morna, mas o que encontrei foi uma trama apaixonante e envolvente. Na minha opinião, esse é o livro mais romântico da série e me arrancou suspiros do começo ao fim. Eu sou uma romântica sonhadora assumida e a história do rapaz apaixonado em silêncio pela mocinha, que não dá a mínima pra ele e depois acaba se apaixonando, é clássica, mas eu amo! Foi lindo acompanhar a aproximação dos dois, que aconteceu de forma mais lenta e sem forçar nada, e a descoberta do sentimento dela para com ele. Achei que Lisa foi incrível ao utilizar tão bem um clássico dos clichês dos romances. A história é leve, divertida e apaixonante.
E já que estamos falando da trama, quero deixar claro que não há nada de "uau, que história mirabolante, cheia de artimanhas e jogo de amor". É uma história simples, sem nenhum tipo de floreios e com um pequeno mistério que envolve o passado do protagonista, mas que não chega a ser tão relevante para a história toda, tanto que só é revelado no final e acaba explicando o motivo dele ser sempre tão cauteloso e as vezes ser tido como frio. Gostei do livro justamente pela forma singela que a autora conduziu o romance entre os personagens. É tudo muito agradável de ler e, tendo uma protagonista tão meiga e fofa, eu não esperaria nada diferente.
Apesar de já ter feito aparições nos três livros anteriores, Daisy ainda era um ponto de interrogação para mim. Das quatro garotas, ela era a que eu tinha menos afinidade, já que sabia tão pouco sobre sua personalidade e todas as minhas deduções eram feitas tomando por base sua irmã mais velha, Lilian. O que pude notar é que ambas são notadamente diferentes uma da outra. Lilian é mais segura de si, impulsiva, dona de uma postura mais altiva e pé no chão. Já Daisy é sonhadora, romântica, uma criatura quase etérea, que sempre preferiu a companhia dos seus livros e das histórias que eles guardavam. Foi difícil não me identificar com ela. Já Matthew é um homem adorável, que esconde por baixo de uma postura mais fria e séria, um coração caloroso e cheio de amor para dar. Me apaixonei perdidamente por ele e, na minha opinião, foi o melhor mocinho dessa série.
Escândalos na Primavera foi um excelente fechamento para uma série que é puro amor. Bem escrita, com personagens cheios de carisma e uma agilidade sem igual, ele foi um dos romances mais fofos que li ultimamente. As eternamente sonhadoras e apaixonadas com certeza vão se identificar com Daisy e sonhar com um Matthew pra chamar de seu. ❤


Um comentário:

  1. Oi Neyla, tudo bem!
    Eu já gostava de Dayse, por conta de suas aparições nos outros livros da série e pela sua resenha a história dela não fica devendo em nada em comparação as antecessoras, estou bem curiosa para conhecê-la. Ótima resenha!!

    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir