terça-feira, 7 de março de 2017

Bidu: Caminhos & Juntos



Bidu: Caminhos - Os autores Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho reimaginam de modo belíssimo a forma como Bidu e Franjinha, os dois primeiros personagens criados por Mauricio de Sousa, se tornaram melhores amigos. Uma aventura cheia de problemas, surras, desvios de rota, chuva, cachorros, decisões difíceis e ternura.
Bidu: Juntos - De repente, Bidu deixou as ruas e passou a ter um dono. Mas essa nova emocionante realidade vai trazer muitas dúvidas e problemas, tanto para ele quanto para o pequeno Franjinha. E é isso que os autores Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho contam em Juntos, mais uma divertida e emocionante Graphic MSP do cãozinho azul criado por Mauricio de Sousa.
Título: Bidu - Caminhos & Bidu - Juntos
Autor: Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho 
Série: Graphic MSP
Editora: Panini Comics/ Maurício de Sousa Produções
Número de Páginas: 80



Hoje teremos uma postagem um pouco diferente do habitual. Tudo bem, não tão diferente assim. Contudo essa não será apenas uma simples resenha, mas uma analise dupla das Graphic Novels do Bidu, personagem do Maurício de Sousa. Porquê não falar delas individualmente? Porque ambas as edições merecem os mesmos elogios e comentários, e não acabaríamos tendo duas postagens muitíssimo parecidas. Fundamental mesmo é conhecer essas histórias deliciosas!


Em Bidu - Caminhos somos levados para a história de como as histórias de Bidu e Franjinha se cruzam, ou como dito por nosso narrador canino: "Quando conheci o meu melhor amigo". É assim, partindo de um plot simples que Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho nos levam entre os caminhos que ligam esses pontos. De um lado acompanhamos as idas e vidas de Bidu, até então um cão de rua, sem nome ou lar, enfrentando intempéries, procurando comida, fazendo amizades e evitando problemas. Nada muito diferente de diversos cães e gatos que nos deparamos todos os dias por aí. Do outro lado temos o pequeno Franja, um garoto inventivo que quer de sua mãe apenas um cãopanheirinho para suas aventuras, um amigo de quatro patas para brincar e amar. Mas até que esse encontro aconteça, muitas coisas vão acontecer, personagens conhecidos vão aparecer e diversas emoções vão ser despertas no leitor.
Já em Bidu - Juntos acompanhamos o desenvolver dessa relação entre cão e humano, a adequação ao novo lar, a aprendizagem sobre o que pode e não pode fazer,conhecer e entender um ao outro. Quem tem ou já teve um animal, principalmente na infância, algum dia sabe bem o que é isso. Aqui temos um Bidu tentando se adequar a nova vida, a nova casa e aprendendo que as coisas não são sempre como lhe parecem. Já o Franjinha precisa aprender a cada instante a lidar com a responsabilidade de se ter um animalzinho. Nem tudo se resume a brincar e levar para passear. É claro que somos agraciados com novas participações e com um belo desenvolvimento de personagens, e a cada virada de página rimos e choramos com essa dupla. 
Os autores, em ambas as narrativas, souberam trabalhar muito bem a questão da leitura imagética e reforçaram a máxima que diz "Uma imagem vale mais que mil palavras". Mesmo com pouco, ou nenhum texto, as histórias contadas atingem seus objetivos de fazer-se entender, entreter e emocionar o leitor. E mesmo tratando-se de tramas simples elas são belas e bem trabalhadas.
O trabalho artístico da dupla Damasceno e Garrocho é simplesmente encantador. Cada detalhe da composição - o modo como as onomatopeias são inseridas como partes naturais dos quadros, as imagens que representam os diálogos entre os animais - colaboram para passar ao leitor as emoções desejadas. O traço é sensível e expressivo, e o design dos personagens apaixonante.
Os extras sobre a produção das obras só nos fazem querer cada vez mais de Bidu (por favor MSP, tragam capas alternativas como extras!!!).
A série Graphic MSP vai muito além das homenagens aos personagens e da obrigatoriedade de criar clássicos com os personagens da nossa infância. Ela se torna essencial na estante de qualquer fã da Turma da Mônica e de quadrinhos pela qualidade empregada no trabalho e pela capacidade de causar diversas emoções mesmo nas histórias mais simples. E tanto Bidu - Caminhos quanto Bidu - Juntos, não fogem a essa regra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário