sexta-feira, 5 de maio de 2017

Opala

Ninguém é igual ao Daemon Black. Quando ele prometeu que iria provar seus sentimentos por mim, não estava brincando. Nunca mais vou duvidar dele. E agora que conseguimos finalmente aparar nossas arestas, bem... Tem rolado muita combustão espontânea. Mas nem mesmo ele pode proteger a família dos perigos de tentarem libertar aqueles que amam. Depois de tudo o que aconteceu, já não sou mais a mesma Katy. Tornei-me uma pessoa diferente... E não sei bem o que isso vai significar no final. Quanto mais nos aproximamos da verdade e nos colocamos no caminho da organização secreta responsável por torturar e testar os híbridos, mais me dou conta de que não existe limite para o que sou capaz de fazer. A morte de um ente querido continua afetando a todos, a ajuda surge do lugar mais improvável, e nossos amigos irão se tornar nossos piores inimigos, mas não podemos voltar atrás. Mesmo que com isso estejamos arriscando destruir nosso mundo para sempre. Juntos somos fortes... e eles sabem disso.
Título: Opala
Autor (a): Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina
Número de páginas: 416


Se tem uma série que, atualmente, tem me deixado de cabelo em pé, é essa aqui. Comecei a ler Obsidiana de forma bem despretensiosa. A história me chamou atenção por ser diferente de tudo que já havia lido antes e quis sair do lugar comum e me arriscar. O que aconteceu? Me apaixonei, viciei totalmente e, antes mesmo de fechar o livro, já estou ardentemente desejando o próximo.
Opala foi um dos livros mais esperados de 2017, principalmente porque Ônix terminou com acontecimentos trágicos e reviravoltas que me deixaram, simplesmente, em êxtase. A expectativa de reencontrar os personagens e descobrir o que fariam dali em diante era enorme, portanto quando o livro chegou quis deixar de lado a leitura atual para focar apenas nele, objeto de desejo de tanto tempo. Mas resisti, e quando finalmente comecei a ler não parei mais. Que livro, meu povo! Que livro! 
Após os acontecimentos trágicos que marcaram nossos amigos, o clima não está dos melhores para Katy. Sua amizade com Dee, que sempre foi tão forte e bonita, não é mais como antes e as duas acabaram se afastando de uma forma que parecem mais duas estranhas do que as melhores amigas que já foram um dia. Por mais que Katy tente consertar, sabe que nada vai fazer com que Dee mude de ideia. Ela a culpa pelo que houve e até mesmo seu comportamento, antes tão doce e gentil, foi afetado, deixando-a com um forte instinto assassino que em nada lembra a Luxen fofa que conhecemos nos livros anteriores. Nem mesmo a volta de Dawson, seu irmão a tempos desaparecido e até então tido como morto, consegue amolecer a pedra de gelo que tomou conta de seu coração.
Pra piorar a situação, Blake está de volta e com uma proposta inusitada para Katy e Daemon. Quem leu Ônix sabe que Blake ele fez muita coisa errada, inclusive foi o responsável direto pela tragédia do livro que está abalando os demais personagens. Pois bem, o bonitão quer que Katy e Daemon se unam a ele por um bem comum: salvar seu Luxen e Beth do prédio do DOD. Mas será que eles devem confiar em Blake depois de tudo que aconteceu?

Definitivamente, esse foi o melhor livro da série até agora! Estava esperando uma história muito boa, mas acabei encontrando algo ainda melhor. A trama principal continua ótima, bem ágil e com um dinamismo de colocar inveja em muitos outros livros por aí. Gosto da forma como a autora consegue mesclar a ação e o romance sem deixar pender para um lado apenas. Tem espaço para tudo, nada é precipitado e, apesar do foco da história ser no casal principal (afinal de contas a história é contada pela Katy), há espaço para todos os demais personagens.
Achei maravilhoso perceber a evolução e amadurecimento da Katy. Ela tem se mostrado melhor a cada livro e nesse se superou pela forma madura e racional com que lidou com os obstáculos que precisava contornar. O relacionamento com Daemon também melhorou muito e os dois demonstraram uma cumplicidade enorme nesse livro. Ele continua ótimo, com aquele jeito todo peculiar de ser, com suas tiradas sarcásticas e aquele sorrisinho arrogante que consegue derreter corações.
Contudo, nenhuma mudança foi mais radical do que a de Dee. A Luxen que sempre fora um amor de pessoa, que tinha sempre uma palavra amiga e gentil praticamente não existe mais. Ela deu lugar a uma garota que carrega uma enorme raiva no peito e que está disposta a tudo para ter a sua vingança. Senti bastante pelo afastamento dela e de Katy (muito embora eu já imaginasse que isso fosse acontecer), mas tenho esperanças de que as coisas se acertem no próximo livro.
A história continua leve, com aquela pegada divertida e com fatos novos sendo inseridos no decorrer dos capítulos. O ritmo se manteve constante do início ao fim, o que achei ótimo já que no segundo livro senti uma certa dificuldade com a narrativa que ficou lenta em alguns momentos. Gostei do fato da autora ter explorado os demais personagens, os quais sempre tive uma certa curiosidade, e da inserção de novos problemas. Por mais que eu goste de tudo muito bonitinho, certinho, sei que as dificuldades são o que tornam a leitura ainda maior e permitem o crescimento dos personagens.
Estou em cólicas de ansiedade pelo próximo livro ainda mais depois daquele final!O que foi aquilo, minha gente? Meu coração não aguenta essas coisas não. Ele foi arrasador, tirou meu chão e tudo que posso fazer agora é torcer para que a Valentina não demore tanto a trazer o próximo livro. Preciso saber o que vai acontecer!
Quem gosta de uma história rica em detalhes, com narrativa dinâmica e personagens cativantes, precisa conhecer a Saga Lux. E se você, assim como eu, já leu os dois livros anteriores e gostou, PRECISA ler Opala. Não vão se decepcionar!

8 comentários:

  1. Já vi esse livros algumas vezes e não tinha ideia do que se tratava. Confesso que sua resenha me deixou um tanto curiosa para conhecer a série, só não sei se me arrisco logo ou deixo mais para frente para apreciar melhor a leitura. Adorei saber mais!
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  2. Olá, já tinha ouvido falar da série, mas nunca me interessei muito pela história. Gostei da sua resenha,pois mudou minha visão sobre o livro, mesmo que esse não seja o primeiro. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá! Tenho muita curiosidade de ler essa série, justamente por parecer ser diferente de tudo que já li. Ainda não tive oportunidade de ler, mas espero que isso mude logo. Sua animação com a história me contagiou. rsrs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Tenho bastante curiosidade de ler essa série, mas quando lembro a quantidade de livros desanimo um pouco rs...

    Mas acredito que é uma série que vale a pena dar uma chance sim, até por que sua resenha foi contagiante *-*

    ResponderExcluir
  5. Oi Neyla, infelizmente ainda não comecei esta série, apesar dela está na minha lista. Bom saber que ela continua em uma boa sequência a ponto de deixar o leitor já desejando pelo próximo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Olá pelo o que entendi é uma série baseada numa série de livros não é?! Parece ser interessante ainda não conhecia não, mas me despertou o interesse. Ótima resenha!! bjs

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?
    Eu já vi muitas pessoas falando super bem dessa série, mas ainda não tive a oportunidade de a conhecer, mas pode ter certeza que todos estão na listinha rsrs. E fico muito feliz que a autora não tenha perdido a linha nesse livro, isso só me motiva a querer o ler.

    ResponderExcluir
  8. oi,Neyla :D
    Que bom que a história te deixou em êxtase.
    Particularmente a obra não funcionou comigo,não fui muito além das primeiras páginas do Obsidiana. Mas é bacana quando uma leitura se mescla sem ficar pondo em foco apenas o romance da trama...
    bjs :D

    ResponderExcluir