quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Romance Entre Rendas

Que lady Clara Fairfax é dona de uma beleza estonteante, Londres inteira já sabe. Mas a fila de pretendentes que bate à porta de sua casa com propostas de casamento já está irritando a jovem.
Cansada de ser vista apenas como um ornamento, Clara decide afastar-se um pouco da alta sociedade e se dedicar à caridade. Um dia, numa visita a uma obra social, ela depara com uma garota em perigo e pede ajuda ao alto, sombrio e enervante advogado Oliver Radford.
Radford sempre foi avesso à nobreza, mas, para sua surpresa, pode vir a se tornar o próximo duque de Malvern. Embora queira manter sua relação com Clara no campo estritamente profissional, aos poucos ele percebe que ela, além de linda, é inteligente, sensível e corajosa.
E quando a perspectiva de casamento se aproxima, tudo o que Radford pode fazer é tentar não perder a cabeça por Clara. Será que a herdeira mais adorada da sociedade e o solteiro menos acessível de Londres serão vítimas de seus próprios desejos?
Em Romance entre rendas, livro que encerra a série As Modistas, Loretta Chase nos brinda com uma história envolvente e cheia de paixão, com personagens fortes e marcantes.
Título: Romance Entre Rendas
Série: As Modistas #4
Autor: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 320



E chegou a vez de me despedir de mais uma série, dessa vez da Loretta Chase. Eu tenho um relacionamento meio difícil com essa autora e já contei aqui pra vocês. Seus livros começam sempre muito mornos e nunca me pegam de imediato. Já estava preparada para isso com esse livro, mas dessa vez tudo foi muito diferente e me vi fisgada logo nas primeiras páginas.
Lady Clara Fairfax já é uma velha conhecida de quem acompanha a série. Sua primeira aparição no primeiro livro me deixou curiosa para conhecer um pouco mais a seu respeito, já que é uma personagem que rouba atenção para si. Extremamente bela e elegante, ela é uma moça que encanta os homens ao seu redor e sempre recebe vários pedidos de casamentos. Embora casar seja algo que deseja muito, ela não quer escolher um homem qualquer e por isso sempre acaba partindo muitos corações apaixonados.
Apesar de ter nascido em berço de ouro e ser um pouco mimada, Clara é uma mulher de espírito altruísta, que vem se dedicando cada vez mais a caridade. Uma de suas instituições preferidas é a Sociedade das Costureiras para a Educação de Mulheres Desafortunadas, onde ela conheceu a jovem Bridget, que está a procura de seu irmão que acabou entrando para uma das muitas gangues de Londres. Decidida a encontrar o garoto e levá-lo para perto da irmã, ela recorre ao Corvo, um conhecido advogado que possui diversos inimigos.
O Corvo é ninguém menos que Oliver Radford. Quando criança ele frequentou muito a mansão dos Fairfax, portanto já conhecia Clara e sabia muito de sua personalidade. Mas não estava preparado para reencontrá-la tão bela e dona de uma teimosia que o tirou do sério. Nesse ponto, minhas caras leitoras, preciso dizer a vocês que Clara é muito obstinada e como enfiou na cabeça que iria ajudar a Bridget não ficaria satisfeita até cumprir com sua promessa. O Corvo era sua única esperança, afinal de contas ele lidava com esses assuntos há muito tempo, tem informantes em toda Londres e quer muito desarticular a mais famosa e perigosa gangue londrina. Já faz tempo que ele vem perseguindo o cabeça da organização e colocar as mãos nele é tudo que Radford mais deseja. Contudo, envolver uma dama como Clara está totalmente fora de seus planos. Contudo, ele vai descobrir que se livrar dela não será tarefa fácil. Ele precisará usar de todas as suas habilidades para convencê-la a não se envolver no caso e nesse tempo, precisará também lutar contra certos desejos que irão acabar tomando conta de seu ser.
Vocês sabem que sou muito sincera em relação às minhas leituras e quando não gosto de algo, sempre conto o porquê. Mas dessa vez, gente do céu, eu A-DO-REI a história do início ao fim! Já falei pra vocês em resenhas anteriores que sinto muita dificuldade com os livros de Loretta porque eles nunca conseguem me fisgar de imediato. Mas dessa vez foi diferente, a trama já começou com ação e me deixou ligada o tempo todo!
Preciso confessar que eu estava esperando MUITO de Clara. Desde o primeiro livro já tinha ficado curiosa a seu respeito e isso foi algo que se intensificou com o decorrer da leitura, afinal de contas Clara é uma personagem muito carismática e sempre que aparecia acabava roubando a cena. E em Romance entre Rendas ela mostra, mais uma vez, que carisma é algo que não lhe falta.
Teimosa e obstinada, Clara é o tipo de mocinha que me agrada por ser autêntica. Por mais irritantes que sejam algumas de suas atitudes e ela se mostre um pouco mimada, fica explícito que suas intenções são sempre as melhores. Clara tem um coração generoso, está cansada de ser vista como um ornamento e deseja pra si muito mais que uma vida pacata. Viver uma aventura é tudo que mais deseja e quando a oportunidade surge, vocês acham que ela vai deixar passar? Nunca! Clara vai lutar, com todas as suas forças, para fazer o que acha certo, mesmo que para isso acabe colocando em risco sua própria vida.
Com Radford também foi amor à primeira vista. Estava esperando um homem mais formal e um tanto caxias, mas me surpreendi quando traços de sua personalidade foram ficando mais evidentes, mostrando que apesar da fachada de seriedade, escondia um homem com um senso de humor apuradíssimo. Os embates com Clara me fizeram gargalhar e a forma segura com que lidava com tudo ao seu redor foi um dos motivos que me fizeram gostar tanto dele. Apesar de fazer parte de uma família aristocrática, ele nunca quis ser duque e acabou por seguir os passos do pai e tornado-se um advogado respeitado e conhecido por suas grandes façanhas.
Não há aqui aquele romance instantâneo que eu tanto critico. Existe a atração inicial e uma evolução nos sentimentos, que começa de forma gradativa e atinge o ápice, pegando os dois envolvidos totalmente de surpresa. Embora Clara sempre tenha sonhado em se casar com alguém que a ame e a valorize, nunca imaginou que poderia se envolver com alguém como Radford. Ele, por sua vez, não pretendia casar, mas se viu fisgado pela beleza e obstinação da moça. A química forte e a cumplicidade que esses dois apresentaram foram suficientes para que se tornassem meu casal preferido da série.
A história vai além do romance e trouxe elementos novos que fizeram toda diferença. Gostei do clima mais investigativo e da aventura que foi se sucedendo no decorrer das páginas. A leitura foi rápida e bem gostosa de acompanhar. Foi um excelente fechamento para essa série que é sexy, divertida e romântica sob medida.


10 comentários:

  1. Olá Neyla tudo bem?

    Sei que me abandonou mas sempre que puder aparecerei aqui, essa é a primeira resenha que leio desse livro, pela sua resenha achei bem interessante, tem muitos livros de romance de época da arqueiro que quero ler um dia, vamos ver o que o ano que vem nos reserva....kkkkk.

    Acabei de postar a resenha de Fuck Love e mencionei você lá....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie Ney! Que bom que você conseguiu mudar de ideia com essa leitura e se surpreendeu, é tão bom quando um livro supera nossas expectativas, eu não curto muito romance de época.

    ResponderExcluir
  3. Adorei este romance, principalmente pela inteligencia do casal. Morri de rir nos diálogos e principalmente na parte do "julgamento".
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  4. Eu tive um contato recente com essa autora e já estou apaixonada por ela, seus romances de época são maravilhosos.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu não a conheço, mas com certeza qdo quiser ler um romance vou lembrar da tua dica!
    Parabéns pela resenha .bjs

    ResponderExcluir
  6. Que resenha maravilhosa! Fiquei ainda mais empolgada para ler essa série e esse livro (já tenho os dois primeiros livros, agora preciso adquirir os demais). Achei super interessante o perfil dos protagonistas.

    ResponderExcluir
  7. Oi Neyla tudo bem?
    Que demais essa resenha menina, infelizmente eu não sou muito chegada em romances de época, mas é sempre bom sabermos a sua opinião e acho linda essas capas e os vestidos tão apaixonantes.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Oi Neyla,
    Fiquei muito feliz de ler sua resenha porque essa é uma série que pretendo adquirir inteira, infelizmente só tenho o primeiro livro até o momento e ainda não consegui ler, mas quero fazer isso em breve e saber que o último livro e um dos melhores só me fez querer mais ainda começar essa leitura.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá. Esse livro é um dos quais eu estou mais ansiosa pra começar a leitura pois só escuto coisas muito boas sobre esse livro é isso aumenta a minha expectativa é curiosidade

    ResponderExcluir
  10. Adoro a Loretta! Um dos meus primeiros contatos com romances históricos, estou indo para o terceiro volume e agora estou ainda mais ansiosa para finalizar essa série por causa dos seus comentários!
    otimos apontamentos, lerei esse título o quanto antes.
    beijos!

    ResponderExcluir