sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Antes de Tudo Acabar

Rafael nunca foi de se encaixar em padrões. Deslocado e sem muita perspectiva de vida, ele cuida da mãe alcoólatra
enquanto precisa lidar com a paixão platônica pela melhor amiga, Anne, e com os percalços causados por um pai ausente.
Acostumado desde sempre a fazer tudo com Anne, ele agora tem de aceitar que ela arrumou um namorado... e justo uma
das últimas pessoas que ele gostaria de ver com a amiga. Como se não bastasse, ele também precisa se entender com o
pai, que resolveu voltar a procurá-lo com uma surpresa: a filha que teve com a amante.
E, em meio a esse turbilhão de acontecimentos, chega Kaori, a nova aluna da turma. Com ela, as coisas começam a mudar
na vida de Rafael, e o que era só amizade pode acabar se tornando algo mais.
Antes de tudo acabar é a história de um garoto que precisa se encontrar e compreender um mundo que se move mais
rápido do que ele consegue acompanhar. Um mundo onde amizades são construídas e desfeitas, amores morrem e
nascem e caminhos sofrem desvios inesperados.
Título: Antes de Tudo Acabar
Autor (a): Mary C. Muller
Editora: Planeta
Número de páginas: 256



Janeiro foi o mês dos romances fofos e mais teens. E, minha gente, eu estava bem necessitada de uns livros mais leves pra poder começar bem o mês de Janeiro. Vou ser sincera a vocês: não estava esperando muito de Antes de Tudo Acabar. Para mim ele seria apenas um livro fofo, com história bem adolescente e com aqueles já famosos clichês que a gente já conhece. E ele realmente foi tudo isso, contudo acabou sendo muito melhor do que eu imaginava.
As coisas não andam muito fáceis para Rafael. Desde que o pai foi embora sua vida virou de pernas para o ar. Sua mãe, que antes era tão cheia de vida, agora está entregue às bebidas, mal tendo condições de cuidar de si, quanto mais do filho adolescente. Na escola as coisas também não andam tão bem e o bullying é uma constante em sua vida. E, como se não bastasse, sua melhor amiga, Anne, acabou de arrumar um namorado.
Sabe aquela velha história de quando sua amiga arruma um namorado e simplesmente acabo te deixando de mão? É o que acontece entre Rafa e Anne. Ela começa a ficar cada vez mais distante, o namorado, um cara mais velho, parece não simpatizar muito com Rafael (e vice versa) e a amizade de ambos, que era tão sólida, começa a rachar.
E é no meio dessa bagunça que chega Kaori, aluna nova na escola, que logo vai se aproximar de Rafael. Com o afastamento de Anne acaba sendo natural que a proximidade entre ele e Kaori aumente e, o que começa como uma amizade, acaba se transformando em algo muito mais forte. Esse relacionamento vai trazer um novo ânimo para esse rapaz e mudar a sua vida para sempre.
Eu não sei vocês, mas eu adoro pegar um livro e começar a recordar algum período da minha vida. E, assim que iniciei a leitura de Antes de Tudo Acabar, comecei a lembrar, com aquele saudosismo saudável, da minha adolescência e de tudo que vivi nessa fase tão gostosa. A descoberta do primeiro amor, as dúvidas, os dramas... tudo é tão intenso nessa fase, tão gostoso, impossível não sentir uma pontada de saudade.
A história é muito gostosa de acompanhar e os personagens são puro amor. Eu gostei demais de Rafael, que é um garoto que já passou por muita coisa na vida, cuida de uma mãe alcoólatra, sofre bullying na escola e ainda precisa lidar com o afastamento da melhor amiga. E aí chegamos em uma parte bem delicada da história. A história de Anne é difícil e, muito embora não haja um aprofundamento nela, já percebemos que assim como Rafa ela também passou poucas e boas na vida. A convivência com o pai é péssima e desde cedo ela sofre com os abusos em casa, sendo espancada por mínimas coisas. A história dela me sensibilizou demais e, por mais que eu tenha ficado com uma certa raivinha de suas atitudes, acabei compreendendo melhor depois que a trama se desenrolou.
O livro realmente me surpreendeu. Estava esperando uma trama mais juvenil, com o foco no romance entre os personagens e um pseudo triângulo amoroso. Pois bem, vi tudo cair por terra a partir do momento que se desenrolou uma trama que aborda relacionamento abusivo, automutilação, alcoolismo, homossexualidade e conflitos familiares. A autora abordou cada um desses temas com muita sensibilidade, mas sem tirar a leveza da trama, que mescla momentos divertidos e emocionantes.
Foi uma leitura rápida e que me prendeu do início ao fim. É muito fácil ser cativada pela trama que traz situações que, infelizmente, tem se mostrado cada vez mais rotineiras. É uma boa leitura, que vai agradar em cheio não somente o público jovem, mas também todos aqueles que gostam de livros que abordam em suas páginas assuntos mais atuais.  Leiam e depois venham me contar o que acharam.




4 comentários:

  1. Olá Neyla,
    Que bom que esse livro te surpreendeu. Eu já fiz essa leitura e gostei muito do que encontrei nele, apesar de ter algumas ressalvas em relação a forma como o tema foi trabalhado, sabe? Eu também li esse livro de forma rápida e o recomendo, mas não é uma leitura que eu faria novamente rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro, mas ainda bem que gosatste de fazer a leitura!

    Que bom que ele te surpreendeu dessa forma, e que achas que vai agradar não apenas os adolescentes!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  3. Olá! Saudações literárias, é incrível quando um livro nos faz voltar no passado e recordar muitas coisas boas. Achei o livro bem interessante, pela sua empolgação já me arrebatou em querer ler. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Nossa que dica legal. Eu também imaginava ser um romance mais bobinho, porém pelo que vi tem várias outras questões sendo tratadas com um pano de fundo muito bem estruturado. Gostei da dica e vou anotar.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir