quarta-feira, 18 de abril de 2018

Bem Atrás de Você

Após uma tragédia que o separou por oito anos de sua irmã mais nova, Sharlah, o jovem Telly ressurge como o principal suspeito de uma onda de assassinatos.
Só uma pessoa é capaz de desenhar o perfil do criminoso: o hábil ex-agente do FBI Pierce Quincy, que é convocado para colaborar no caso. Mas seu envolvimento como pai adotivo de Sharlah pode obscurecer sua linha de raciocínio ou levá-lo para um emaranhado de pistas desconexas, mostrando que o caso pode ir muito além do que parece ser.



Título: Bem Atrás de Você
Série: Quincy & Rainie # 7
Autor (a): Lisa Gardner
Editora: Gutenberg
Número de páginas: 352


Se tem uma autora que eu AMO demais e considero a diva dos thrillers é a Lisa Gardner. Eu a descobri há alguns anos quando três de seus livros foram lançados aqui no Brasil pela Novo Conceito e foi amor à primeira lida. Essa mulher arrasa demais, brinca com nossa mente de uma forma única e no final sempre consegue me surpreender. Quando soube do lançamento desse livro pela Gutenberg fiquei eufórica e comecei a leitura cheia de expectativas. E, adivinhem só? Ela, mais uma vez, me surpreendeu.
Quando Quincy e Rainie entraram com o processo de adoção de Sharlah já sabiam que ela havia passado por uma situação traumática quando era mais jovem. Vinda de uma família desestruturada, ela e o irmão mais velho, Telly, aprenderam desde cedo a cuidar um do outro. Ele, que é mais velho que ela, sempre buscou protegê-la e nas muitas surras que levou tentava ser forte para evitar o sofrimento da menininha, que na época tinha 5 anos. Porém, um dia as coisas saíram do controle e ao ver a mãe ser esfaqueada e o pai, ensandecido, partir pra cima deles pronto para agredir, Telly o acerta com um bastão de beisebol, o que o leva a morte. Depois desse episódio, os irmãos são separados e é como um não existisse para o outro. Mas tudo muda quando acontece um assassinato.
Duas pessoas são encontradas mortas em uma loja de conveniência e, ao vasculharem as gravações feitas pela câmera, conseguem ver o rosto do atirador. E é aí que começa toda a história já que o atirador é Telly. O que o levou a fazer isso é um mistério, mas novos crimes vão sendo descobertos e é traçado uma rota seguindo os passos dele. Tudo indica que o garoto está em uma espécie de surto e encontrá-lo passa a ser prioridade tanto para a polícia como para Quincy e Rainie, já que ele parece estar indo atrás da irmã.
Que coisa maravilhosa reencontrar Lisa Gardner em mais um thriller de tirar o fôlego. Já comecei a leitura sabendo que viria coisa boa por aí e não me decepcionei. A história é muito boa, daquelas que a gente só larga se não tiver jeito. Foram 352 páginas que eu devorei de um dia para o outro sem achar monótono ou cansativo. Fiquei apaixonada e meu amor e admiração pela autora só aumentou após mais uma experiência positiva.
Uma das coisas que mais gosto nos livros de Lisa é como ela consegue descrever, com uma riqueza de detalhes incrível, cada situação sem deixar a leitura enfadonha. Me sinto dentro da história, investigando e descobrindo novas pistas junto dos personagens. O livro apresenta capítulos mesclados entre os personagens e dois tipos de narrativa: em primeira pessoa quando é a voz de Sharlah e em terceira, mostrando o trabalho da xerife e dos detetives. Também são inseridas algumas lembranças de Telly, o que serviu para dar uma maior profundidade ao personagem e trazer mais informações à trama.
Não sei dizer do que mais gostei e acho que serei bem repetitiva quanto a isso, mas vamos lá. Achei os personagens bem construídos e profundos. Estava esperando um foco maior nos dois adolescentes e, por mais que isso tenha realmente acontecido (afinal de contas é a história da vida deles que acaba desenrolando tudo isso), ela encontrou espaço para inserir informações adicionais sobre Quincy, Rainie e até mesmo da xerife Shelly. Acabo me sentindo íntima de cada personagem, como se já os conhecesse por toda uma vida.
A trama é bem moldada, com vários fatos sendo inseridos, crimes acontecendo e uma lista, no meu caso, interminável de motivações que poderiam ter culminado naquela tragédia toda.Em suma: é um grande quebra-cabeças pronto pra ser montado, porém com peças que parecem não se encaixar em lugar algum. A leitura é fluída, as páginas praticamente voaram enquanto eu lia e, ao chegar no final, me vi surpreendida. Sabe quando um fato está ali na sua cara e você simplesmente não percebe porque está focada demais em uma teoria pra se dar conta disso? Foi o que aconteceu comigo e, mais uma vez, fiz papel de trouxa (o que vem sendo algo bem normal nessas minhas leituras de thrillers).
Esse é o sétimo livro de uma série, mas a leitura dos livros anteriores não influencia em nada nessa história já que são casos completamente diferentes. Foi uma leitura instigante, repleta de reviravoltas e que me deixou vidrada do início ao fim. se você gosta de um bom thriller, fica aqui minha recomendação: leiam! E conheçam também os outros livros da autora que valem muito a pena serem lidos (tem resenha de todos aqui no blog).

6 comentários:

  1. Olá!
    Já li várias resenhas sobre esse livro e a cada uma delas fico com mais vontade de conhecer o trabalho dessa autora. Algo que você escreveu e me agradou muito foi a construção das personagens. Adoro quando os autores sabem como apresentar as personagens e torná-las o mais reais possível. Não vejo a hora de fazer essa leitura!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá Neyla!
    Raramente leio suspenses, mas depois de ler muitos comentários a respeito dos livros dessa autora, tenho de vontade de conhecer um pouco mais as obras dela. É bom saber que a trama é bem construída e com personagens elaborados, além da vontade de investigar os fatos. Vou colocar na minha lista de desejados.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    É tão bom quando a gente encontra um autor que sempre consegue nos surpreender positivamente né? Sempre vejo muitos elogios para essa autora e fico feliz por saber que os livros dela nunca te decepcionam.
    Eu ainda não conheço a escrita dela e não tenho o hábito de ler thrillers. No entanto, estou curiosa para conferir este livro que tem sido bastante elogiado.
    Adorei saber que os personagens são complexos e a trama é bem construída. Acredito que seja uma leitura realmente envolvente.
    Gostei muito da resenha e a dica já está anotada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá Neyla, tudo bem ?
    Já li algumas resenhas sobre esse livro e cada vez que leio tenho ainda mais vontade de ler.Adoro quando os autores sabem como apresentar as personagens para seus leitores e torná-las o mais reais possível.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Depois de conferir a sua ótima resenha, eu PRECISO correr pra ler os livros dessa autora. Eu amo livros do gênero e estou curiosíssima para descobrir como será o desfecho dessa história.

    ResponderExcluir
  6. nossa! o sétimo livro?? Ainda bem que não tem influência a leitura sem ter lido previamente os demais.
    Eu curto suspense policial, mas pouco leio.
    A premissa dessa história me deixou bastante curiosa, e como nunca li nada da autora, vou anotar essa dica!!!

    Parabéns pela resenha!!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir