quarta-feira, 2 de maio de 2018

Amor em Manhattan

Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um feliz para sempre? O primeiro livro da série para 'Nova York, com amor' traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.
Título: Amor em Manhattan
Série: Para Nova York, Com Amor #1
Autor (a): Sarah Morgan
Editora: Harlequin Brasil
Número de páginas: 384


Meu caso de amor com esse livro começou no dia em que entrei na livraria e dei de cara com ele, lindo e charmoso, em uma prateleira me encarando. Foi paixão à primeira vista (como que não se apaixona por uma capa linda dessa, me diz) e desde esse dia não consegui tirar o livro da cabeça. Imagine só o tamanho da surpresa quando recebi um pacotinho do amor da Harlequin com, adivinhem só? Isso aí, esse livrinho! Surtei, gritei, berrei! Tinha certeza que iria amar ainda mais a história e foi justamente isso que aconteceu.
Page, Eva e Frankie são amigas de infância e se mudaram juntas para Nova York em busca de novas oportunidades para suas vidas. Juntas, elas trabalham em uma agência de eventos e fazem um excelente trabalho, principalmente Page que é organizada, centrada e cheia de ideias criativas. Tanto é que, quando sua chefe marca uma reunião, ela tem certeza que ganhará uma promoção. Contudo, para sua surpresa, acaba sendo demitida. Não só ela como suas amigas também. 
Desolada e sentindo-se responsável pela demissão das amigas, Page fica sem saber o que fazer. E é aí que Jake, sua antiga (e ainda recente) paixão entra em ação e lhe incentiva a abrir sua própria agência de eventos. A ideia é boa e a agrada, mas tanto ela como as meninas vão precisar fazer diferença no mercado de trabalho já que agências desses tipo existem muitas. Claro que o começo não será fácil e além das dificuldades em encontrar clientes, Page ainda precisa lidar com a superproteção dos pais e do irmão, que ainda não conseguiram superar o passado e enxergá-la como uma mulher saudável e dona de si.
Percebendo a dificuldade de Page e disposto a ajudar, Jake contrata as meninas para organizarem um evento super importante. Além da oportunidade de mostrar seus talentos, elas também terão a oportunidade de conhecer pessoas influentes que podem alavancar a empresa. Porém, essa proximidade entre Jake e Page vai fazer com que sentimentos e promessas voltem à tona e seja quase impossível disfarçar o que estão sentindo.
Page sempre teve uma paixão platônica por Jake, porém quando foi se declarar para o rapaz, acabou levando um fora que a deixou de coração partido. E mesmo o tempo tendo passado, ela ainda não conseguiu se desvencilhar do amor que sente. Ele é um solteiro convicto, conquistador, que nunca passa mais de um dia com a mesma mulher e que já dormiu com quase todas as mulheres de Nova York. O sentimento por Page existe desde que a conheceu quando ainda era adolescente, porém, ele prometeu ao irmão dela (que é seu melhor amigo), que jamais se aproximaria dela e vem cumprindo isso à risca. Mas será que, com essa recente proximidade ele vai conseguir resistir ao que sente?
Que romance fofo, gente! Já pela capa e pela sinopse a gente percebe que a leitura vai ser puro amorzinho, com aquelas histórias típicas de sessão da tarde, que fazem a gente suspirar. <3 Amor em Manhattan é uma leitura ágil, leve e cheia de clichês, daqueles que a gente encontra em qualquer livro de romance. Porém, isso não é algo ruim, principalmente porque a autora soube utilizar esses clichês muito bem e, como eu sempre digo, um clichê bem escrito é muito melhor que algo inovador e mal construído.
A história me ganhou pela simplicidade. É aquele tipo de trama que começa de forma morna e vai ganhando terreno quando as páginas começam a avançar. Apesar de existir um foco muito grande no romance entre Page e Jake, a autora inseriu na trama alguns detalhes que acabaram roubando um pouco a cena. O amadurecimento de ideias e o crescimento da Gênio Urbano é um dos pontos chaves do livro e fiquei extremamente feliz em acompanhar esse grande passo na vida das três amigas.
Em relação aos personagens, não tenho nada a reclamar. Carismáticos, sonhadores e divertidos, eles me cativara completamente e, muito embora não tenha rolado aquela identificação clássica com os principais, não faltou amor por eles. Page é maravilhosa, independente, generosa e dona de uma mente brilhante. Ela tinha tudo para ser uma criatura chata justamente por conta da superproteção dos pais e do irmão, mas acabou se mostrando totalmente o contrário. 
Quanto a Jake...eu jurava que não iria gostar dele. Muito cheio de si, lindo, rico e capaz de ter a mulher que desejar sem o menor esforço, ele é o estereótipo de homem que me faz ficar receosa sempre. Mas basta conhecer um pouco da sua história e perceber suas atitudes com as pessoas que ama para que essa impressão venha a cair por terra. Além de ser um espetáculo de homem, Jake ainda é inteligente, gentil e dono de uma personalidade marcante. Confesso: estou perdidamente apaixonada! É impossível não ser atingida pelo charme desse homem, portanto preparem o coração minhas amigas.
Não vou negar: estou muito ansiosa pelos outros livros da série. Já tivemos um vislumbre dos próximos casais e minha curiosidade está a mil. Tenho certeza que, assim como esse, os próximos volumes não me decepcionarão. Leitura mais que recomendada.

Um comentário:

  1. ai Ne, eu to doida por esse livro! adoro os romances da Sarah
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir