quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Herdeiro Caído


Easton Royal tem tudo: beleza, dinheiro, inteligência. Seu principal objetivo é se divertir o máximo possível, sem nunca pensar nas consequências - porque, afinal de contas, ele não precisa.
Até que surge em sua vida Hartley Wright, balançando suas estruturas. Hartley foi a única garota que o disse “não” e Easton não consegue entende-la, o que a torna ainda mais irresistível.
Hartley não o quer. Ela diz que ele precisa crescer. E ela pode estar certa.
Rivais. Regras. Arrependimentos. Pela primeira vez na vida de Easton, se esconder sob a influência da coroa Royal não é o suficiente. Ele está prestes a descobrir que quanto mais alto você sobe, mais dura é a queda.
Título: Herdeiro Caído
Série: The Royals #4
Autor (a): Erin Watt
Editora: Essência
Número de páginas: 320


E lá vem eu de novo pra falar de quem? Quem? Quem? Dos Royals, claro! Você sabe que eu amo essa série (e se não sabe, tá sabendo agora) e estava doida pra ler o livro do Easton, afinal de contas ele é o meu Royal preferido (apesar de todas as besteiras que faz). Pois bem, devorei o livro! E esse foi o meu maior erro, sabem o por quê? Porque preciso da continuação pra ontem!
Easton Royal sempre foi o grande causador de problemas da família. Cabeça quente, o garoto está sempre se metendo em encrenca, seja por conta das brigas, do temperamento forte ou por causa de mulher.  O fato é que ele sempre está procurando uma nova aventura, algo que traga mais adrenalina pra sua vida. Para ele o céu é o limite e a grana de seu pai pode pagar por qualquer enrascada que se meter. Até que ele conhece Hartley Wright.
Após ser flagrado por ela em uma situação comprometedora com a professora de cálculo, Easton vai atrás da garota para tentar fazê-la ficar quieta e não contar a ninguém o que acabou de ver. Disposto a conseguir o que quer ele decide que jogar seu charme é algo que, com certeza, a deixará caidinha. Mas o que ele encontra acaba o deixando instigado. 
Vejam bem, Hartley não está interessada em se envolver com ninguém e, por mais que ache Easton atraente, não pretende tê-lo nem como amigo, quem dirá como um algo mais. Mas o nosso garoto Royal nunca recebeu um não na vida e isso acaba mexendo com seu ego. Ele decide se aproximar para tentar entender o motivo real dela não estar interessada nele. Mas vai acabar descobrindo muito mais que isso e, aos poucos, alguns dos segredos que ela esconde começarão a vir à tona e ele vai perceber que nada que ele imaginava poderia chegar perto da realidade de Hartley.
Vocês me desculpem se eu pareci confusa nesse resumo, mas a quantidade de vezes que eu escrevi e apaguei esses poucos parágrafos não foram poucas. E tudo isso pra não dar spoilers, já que a trama tem muitos segredos e qualquer informação a mais pode vim a estragar a experiência de quem pretende ler.
Eu adorei a história! Achei que manteve um bom ritmo, a narrativa é muito ágil e os fatos vão se desenrolando de uma forma que fica difícil parar de ler. Não tiveram enrolações e as autoras foram direto ao ponto, trazendo uma trama mais enxuta e gostosa de acompanhar. Vocês sabem que não sou muito fã de descrições excessivas e de leitura arrastada, né? Ponto para as autoras por manterem o dinamismo constante durante a leitura.
Easton e Hartley são incríveis juntos. Apesar de, inicialmente, não notar nenhum tipo de química entre os dois, fui me apegando a história de ambos e percebendo que, embora eles fossem bem diferentes, traziam uma bagagem emocional forte. Nos livros anteriores já dava pra perceber que Easton é um personagem difícil de lidar, afinal de contas ele tem um temperamento muito forte, explode por qualquer motivo e é um poço de egocentrismo. Como se não bastasse, junte a tudo isso o vício em bebidas alcoólicas, que faz com que ele sempre aja feito um imbecil. Eu não estava esperando atitudes maduras, mudança de comportamento e um jeito mais sereno de levar a vida. Mas não esperava que ele fosse fazer tanta besteira! Não foram poucas as vezes em que pausei a leitura com raiva, sentindo uma vontade imensa de pegar o livro e dar na cabeça dessa criatura. Porém, ele não seria Easton se não fosse desse jeito, não é mesmo?
Já Hartley foi mais difícil de lidar e ainda estou tentando descobrir o que achei dela. Sem dúvidas ela é uma excelente protagonista, já passou por muita coisa na vida e comeu o pão que o diabo amassou. Aprendeu cedo o que é responsabilidade, carrega consigo uma carga emocional fortíssima e sua história me deixou bastante comovida. Porém, achei que faltou carisma, simpatia e isso é o fator principal para que eu me sinta conectada a algum personagem. E, infelizmente, não consegui me sentir próxima a ela.
Apesar do foco no pseudo romance entre Easton e Hartley, temos também espaço para os antigos personagens e seus dramas pessoais, o que achei maravilhoso já que é sempre bom reencontrar quem a gente gosta e ter acesso a algumas informações que ainda ficaram pendentes dos livros anteriores. Temos também uma maior participação dos gêmeos o que, para mim, foi outro ponto positivo já que eles mal apareciam.
O final foi algo devastador e eu fiquei sem palavras para o que aconteceu. Não estava esperando por nada daquilo e, de verdade, fiquei desesperada pelo próximo livro já que ele termina em uma parte muito emocionante! Se você gostou dos livros anteriores, precisa ler Herdeiro Caído.

Um comentário:

  1. aaaaaaaaaaaaa to louca pra ler essa serie!!!! que pensei que era de fantasia kkkkkkkkkkkkkkk descobrir no seu evento que não era!!

    ResponderExcluir