segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Querido Vizinho


Depois de tomar um pé na bunda, a última coisa que eu precisava era me tornar vizinha de alguém que me lembrasse do meu ex-namorado, Elec. Damien era uma versão mais sexy do meu ex. O vizinho que eu chamei de “artista irritado” também tinha dois cachorros enormes que me mantinham acordada com seus latidos. Ele não queria nada comigo. Ou era o que eu pensava até que uma noite eu ouvi risadas vindo através de um aparente buraco na parede do meu quarto. Damien estava ouvindo todas as minhas sessões de telefone com o meu terapeuta.
O artista sexy agora conhecia todos os meus segredos mais profundos e inseguranças. Nós começamos a conversar. Ele me deu dicas para superar meu rompimento. Tornou-se um bom amigo, mas deixou claro que não poderia ser nada mais. O problema era que eu estava me apaixonando por ele. E por mais que ele me afastasse, eu sabia que ele sentia algo por mim... porque seu batimento cardíaco não mentia. Eu pensei que meu coração havia sido destruído por Elec, mas estava vivo e batendo mais forte do que nunca por Damien. Eu só esperava que ele não o destruísse para sempre.
Título: Querido Vizinho
Autor (a): Penelope Ward
Editora: Essência
Número de páginas: 304



E lá vamos nós!!!
Hoje trago para vocês “Meu querido Vizinho” de Penelope Ward.
Vamos começar por Chelsea que depois do término com Elec, seu ex-namorado, resolveu se mudar. Todo término é muito doloroso e o dela não foi diferente. Mesmo já tendo passado um ano, Chels se consultava por telefone com um terapeuta para tentar amenizar a dor e saber como seguir em frente. E é aí que ela conhece o querido vizinho. Na verdade não bem por isso, mas sim pelo babys que não param de latir na casa dele: os “D’s”, Dudley e Drewfus, uns amores sério!!!
Um belo dia Chelsea foi reclamar do D’s e conheceu Damien dono, proprietário e síndico do prédio além muito sexy. Logo de início sentiram aquela atração difícil de deixar pra lá e com isso foram se tornando amigos! Sim galera, nosso Querido Vizinho Damien não queria saber de relacionamento sério de forma alguma, mas o motivo vocês vão saber quando lerem o livro e esse motivo é o grande drama da história dos dois…. Mas vamos voltar pra atração. Mesmo sendo amigos eles não conseguiam ignorar o que sentiam um pelo outro e ficava cada vez mais difícil de esconder a paixão pelo bem da amizade. Damien era sempre muito atencioso e não cansava de demonstrar o quanto gostava dela. Chelsea ficava cada vez mais confusa, porém não conseguia ficar longe dele o que atraía os dois era forte demais! E eles ficaram um bom tempo assim somente na amizade, brigavam de vez em quando mas nada que realmente atrapalhasse o relacionamento dos dois, afinal eram perfeitos juntos!!
Eu gostei bastante da trama, porém esperava um pouquinho mais dela. O motivo pelo qual Damiens não queria um relacionamento era muito bom porém, na minha opinião, não foi o suficiente e fiquei decepcionada quando descobri, afinal a paixão dos dois já era evidente e dava pra saber que se não fosse uma barreira realmente muito boa poderia ser ultrapassada facilmente pelo dois!
Eu amei a personalidade deles. Ele tem aquele jeito sexy, que sabe seduzir somente com um olhar, e é muito atencioso sempre. Ela, apesar de ser um pouco medrosa por conta do término de seu antigo relacionamento, é um amorzinho de pessoa, super gentil e carinhosa. Ela tem lá os seus problemas em relação a relacionamentos, mas é aquele tipo de protagonista que a gente acaba se apegando por ser bem autêntica.  
Achei os diálogos entre eles ótimos, bem inteligentes e repletos de bom humor. Existe uma química muito boa entre os personagens, o que torna a leitura ainda mais agradável. A história é realmente boa, um pouco melosa demais para mim, mas mesmo assim boa. As cenas também são legais e as partes hots, que demoraram a chegar, não deixaram a desejar. Porém, muito embora tenha gostado muito de tudo, achei que em determinadas partes tudo aconteceu rápido demais e, alguns dos personagens secundários que tanto me chamaram atenção, não receberam tanta atenção da autora. Entendo que o foco seja em Damien e Chelsea, mas queria saber mais sobre alguns personagens que apareceram e fiquei um pouquinho decepcionada por não ver minhas expectativas atendidas.
Acho que nem preciso falar que quem roubou meu coração nessa história toda foram os “D’s” com toda aquele tamanho e fofura. Eu não li o primeiro ainda o que não atrapalha nadinha, você pode ler “Querido vizinho” de forma independente como eu fiz, porém fui dá uma olhada e vi que o primeiro se tratava de Elec e Greta. Não vou mentir: estou tomando coragem pra ler porque já criei um ranço mortal deles e principalmente de Elec.
De uma forma geral, gostei muito do livro. Minha nota foi 4 e ele só não levou nota máxima por que eu realmente esperava mais.
Como de costume deixarei uma frasezinha que aparece bastante durante a leitura:“Mude a História”
Beeeijos

Mayana Dórea

3 comentários:

  1. Oi Mayana, pelo menos o livro não ficou tão aquém do que você queria, o que seria pior. Eu já vi o livro por aí, mas não tive oportunidade de ler ainda
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Gostei da sinceridade de sua resenha, mas não sou fã desse gênero literário, então vou passar a dica. Contudo, fico feliz que, de um modo geral, você tenha se divertido com essa narrativa. =)

    ResponderExcluir
  3. pena que os personagens secundários nao tiveram tanto destaque, gosto de tramas que dão a devida importância a personagens que - embora não sejam o foco, contribuem de maneira significativa com o enredo...

    nunca tinha ouvido falar da história, mas é porque o gênero não me atrai mesmo...

    bjs...

    ResponderExcluir