segunda-feira, 1 de abril de 2019

Uma Dama Fora dos Padrões


Primeiro livro da nova série de Julia Quinn, Os Rokesbys.
Julia Quinn já vendeu mais de 850 mil livros pela Editora Arqueiro.
Às vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados...
Esta não é uma dessas vezes.
Todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito... algum dia.
Às vezes você se apaixona exatamente pela pessoa que acha que deveria...
Ou não.
Há apenas um irmão Rokesby que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente.
Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso...
Porque quando Billie e George são obrigados a ficar juntos num lugar inusitado, um novo tipo de faísca começa a surgir. E no momento em que esses adversários da vida inteira finalmente se beijam, descobrem que a pessoa que detestam talvez seja a mesma sem a qual não conseguem viver.
Título: Uma Dama Fora dos Padrões
Série: Os Rokesbys #1
Autor (a): Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 272


E cá estamos nós pra falar de Julia Quinn. Se você lê o blog com uma certa frequência sabe que eu amo romances de época e tenho uma pego enorme pela Julia, que é uma das minhas autoras preferidas. Quando a Arqueiro anunciou o lançamento dessa nova série, fiquei ansiosa, afinal teríaos a presença dos tios dos Bridgertons, série que é amorzinho da minha vida. O que eu achei desse primeiro volume você fica sabendo agora.
Billie Bridgerton é realmente uma dama fora dos padrões. Ela não se porta como uma dama, não participa das temporadas londrinas e uma das poucas certezas que tem em sua vida é que vai acabar se casando com um dos Rokesbys. Tanto Edmund quanto Andrew são seus amigos e, para ela, casar-se com um deles seria satisfatório já que se conhecem desde pequenos e suas famílias são amigas de longa data. O único Rokesby com quem Billie não se dá bem é com George.
A relação entre os dois está longe de ser chamada de amigável e isso se dá não apenas pela diferença de idade entre ambos, mas também por conta do jeito mais sério e um tanto sisudo do rapaz. Os dois passam pouco tempo juntos, mas quando isso acontece nunca termina de uma maneira muito agradável. Porém, eles vão acabar passando por uma situação bem inusitada e que vai acabar aproximando-os. 
De início não parece nada de mais, mas com o tempo eles vão começar a perceber que um sentimento começa a nascer. O que acontece, minha gente, é que ao passarem um tempo juntos e sozinhos, eles vão percebendo fatos sobre o outro que sequer imaginavam que poderia existir. E agora, será que eles conseguirão evitar se envolver? Ou será que irão se entregar a esse sentimento e viver uma ardente paixão? Isso só lendo para descobrir.


"Mas e aí, Neyla, o que você achou do livro?". Então gente, vou ser bem sincera com vocês e espero que ninguém se chateei comigo por conta disso. Se você já leu algo da Julia antes, sabe que uma das características fortes dela é a agilidade e nesse livro não foi diferente. A leitura flui muito bem, a história é divertida e romântica como todos os livros anteriores da autora. Porém, eu me senti tendo uma sensação de deja vu.
Já faz um tempo que venho falando que, toda vez que leio algum livro da Julia Quinn, sinto como se já tivesse lido aquilo antes e isso se dá pelo fato de que a autora não inova e traz histórias quase sempre iguais. Tirando a duologia Agentes da Coroa, que traz histórias bem diferentes, nas demais eu me senti lendo uma versão dos Bridgertons com outros personagens. Sinto falta de algo mais nas histórias, de um toque diferente, de uma situação que tire a trama do mais do mesmo. Por mais que eu tenha gostado do livro, achei que ele poderia ter sido melhor e algumas cenas achei bem desnecessárias.
Os personagens são muito bons e, embora eu tenha achado Billie um pouco chata, lá pela metade do livro já estava totalmente encantada por ela. O mesmo aconteceu com George, que tinha um jeito mais pedante, que me soava muito chato e que, quando contou sua história, acabou me ganhando. E nesse ponto preciso dizer que o casal tem uma química muito forte que fica explícito logo que de imediato. É visível o quanto eles formam um casal incrível, só mesmo ambos não são capazes de enxergar isso.
Na minha opinião, Uma Dama Fora dos Padrões é um livro bom, com personagens que se destacam e que deixa um bom gancho para o próximo livro, Um Marido de Faz de Conta, já lançado pela editora Arqueiro. Muito embora ele não tenha superado as minhas expectativas, foi uma leitura agradável e que me rendeu bons momentos de diversão. Estou curiosa pelo próximo, que parece ter uma história que me agradará mais que esse primeiro.
Se eu recomendo a leitura? Com certeza. Embora ele não tenha sido tudo que eu esperava, foi uma leitura boa e acredito que tem muitos elementos que agradarão as leitoras dos romances de época.

3 comentários:

  1. oi!
    Adorei o livro :D Parece ser uma história leve e gostosa de ler, ótima para relaxar.

    ResponderExcluir
  2. Oi Neyla,

    Tenho duas séries completas da Julia na estante, mas só li até o quarto volume dos Bridgertons e gostei bastante, preciso ler o restante. É uma pena que você esteja se sentindo com essa sensação de dejavú ao ler as obras da autora, é realmente triste quando sentimos que um autor não consegue inovar nos temas e sempre apresenta mais do mesmo, principalmente se tratando de romances de época. Mesmo assim, ainda quero ler!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. A impressão que você teve com esse livro é o que, infelizmente, eu tenho com todos os romances de época! =/ por esse motivo não consigo me ligar a essas narrativas, mas faço votos que a autora te surpreenda positivamente já que você gosta tanto desse gênero e da escrita dela =)

    ResponderExcluir